Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dengue hemorrágica: o que é, sintomas e tratamento

A dengue hemorrágica é uma reação grave do organismo ao vírus da dengue, que leva ao aparecimento de sintomas mais sérios que a dengue clássica e que podem colocar em risco a vida da pessoa, como alteração dos batimentos cardíacos, vômitos persistentes e sangramentos, que podem ser nos olhos, gengiva, ouvidos e/ou nariz.

A dengue hemorrágica é mais frequente em pessoas que apresentam dengue pela 2ª vez, e pode ser diferenciada dos outros tipos de dengue por volta do 3º dia com o surgimento de hemorragias após o aparecimento dos sintomas da dengue clássica, como dor no fundo dos olhos, febre e dor pelo corpo. Veja quais os outros sintomas comuns da dengue clássica.

Apesar de grave, a dengue hemorrágica tem cura quando é identificada ainda na fase inicial e o tratamento envolve principalmente a hidratação através de injeção de soro na veia, sendo necessário para isso que a pessoa fique internada no hospital, pois assim também é possível que seja monitorada pela equipe médica e de enfermagem, evitando o surgimento de complicações.

Dengue hemorrágica: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas da dengue hemorrágica são inicialmente os mesmos da dengue comum, no entanto após cerca de 3 dias podem surgir sinais e sintomas mais graves:

  • Manchas vermelhas na pele
  • Sangramento da gengiva, boca, nariz, ouvidos ou intestinos
  • Vômitos persistentes;
  • Dor abdominal intensa;
  • Pele fria e úmida;
  • Boca seca e sensação constante de sede;
  • Urina com sangue;
  • Confusão mental;
  • Olhos vermelhos;
  • Alteração dos batimentos cardíacos.

Apesar dos sangramentos serem característicos da dengue hemorrágica, em alguns casos podem não acontecer, o que acaba dificultando o diagnóstico e atrasando o início do tratamento. Por isso, sempre que forem percebidos sinais e sintomas indicativos de dengue, é importante ir ao hospital, independente do seu tipo.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da dengue hemorrágica pode ser feito através da observação dos sintomas da doença, mas para confirmar o diagnóstico o médico pode pedir um exame de sangue e a prova do laço, que é feita através da observação de mais de 20 pintinhas vermelhas num quadrado de 2,5 x 2,5 cm desenhado na pele, após 5 minutos do braço ligeiramente apertado com uma fita.

Além disso, também pode ser recomendada a realização de outros exames de diagnóstico com o objetivo de verificar a gravidade da doença, como hemograma e coagulograma, por exemplo. Confira os principais exames para diagnosticar a dengue.

Como é feito o tratamento

O tratamento da dengue hemorrágica deve ser orientado por um clínico geral e/ou pelo infectologista e deve ser feito no hospital, já que é necessária hidratação diretamente na veia e monitorização da pessoa, já que além da desidratação é possível que aconteça alterações hepáticas, cardíacas, respiratórias ou no sangue.

É importante que o tratamento para a dengue hemorrágica seja iniciado nas primeiras 24 horas após o surgimento dos sintomas, podendo ser necessária a realização de oxigenioterapia e transfusões sanguíneas. 

Recomenda-se evitar o uso de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico, como AAS e os anti-inflamatórios como o Ibuprofeno, em caso de suspeita de dengue.

6 dúvidas comuns sobre a dengue hemorrágica

1. Dengue hemorrágica é contagiosa?

A dengue hemorrágica não é contagiosa, pois como qualquer outro tipo de dengue, é necessária a picada do mosquito Aedes aegypti infectado com o vírus para desenvolver a doença. Assim, para prevenir a picada de mosquitos e o surgimento da dengue é importante:

  • Evitar os locais de epidemia da dengue;
  • Usar repelentes diariamente;
  • Acender uma vela aromática de citronela em cada cômodo da casa para afastar o mosquito;
  • Colocar telas de proteção em todas as janelas e portas para evitar a entrada do mosquito dentro de casa;
  • Consumir alimentos com vitamina K que ajudam na coagulação sanguínea como brócolis, repolho, nabiça e alface que ajudam na prevenção da dengue hemorrágica.
  • Respeitar todas as orientações clínicas em relação à prevenção da dengue, evitando os locais de procriação do mosquito da dengue, não deixando água limpa ou suja parada em nenhum local.

Estas medidas são importantes e devem ser seguidas por toda a população de forma a diminuir os casos de dengue no país. Confira no vídeo a seguir algumas outras dicas para afastar o mosquito da dengue:

2. A dengue hemorrágica mata?

A dengue hemorrágica é uma doença muito grave que deve ser tratada em internamento hospitalar porque é necessária a administração de medicamentos diretamente na veia e máscara de oxigênio em alguns casos. Caso o tratamento não seja iniciado ou não seja feito corretamente, a dengue hemorrágica pode levar à morte.

De acordo com a gravidade, a dengue hemorrágica pode ser classificada em 4 graus, em que no mais leve os sintomas são mais brandos, podendo não ser verificados sangramentos, apesar da prova do laço ser positiva, e nos mais graves é possível que exista a síndrome do choque associada à dengue, aumentando o risco de óbito.

3. Como se pega a dengue hemorrágica?

A dengue hemorrágica é causada pela picada do mosquito Aedes aegypti que transmite o vírus da dengue. Na maioria dos casos de dengue hemorrágica, a pessoa já havia tido dengue anteriormente e quando é novamente infectada pelo vírus, desenvolve sintomas mais graves, resultando nesse tipo de dengue.

4. A primeira vez nunca é dengue hemorrágica?

Apesar de ser mais raro a dengue hemorrágica pode surgir em pessoas que nunca tiveram dengue, sendo que neste caso os bebês são os mais afetados. Embora ainda não se saiba exatamente porque isso pode acontecer há conhecimento de que os anticorpos da pessoa conseguem se ligar ao vírus, mas não consegue neutralizá-lo e por isso ele continua se replicando muito rapidamente e causando graves alterações no organismo.

Na maioria dos casos, a dengue hemorrágica surge em pessoas que forma infectadas pelo vírus pelo menos uma vez.

5. Pode ser causada pelo uso do remédio errado?

O uso inadequado de remédios também pode favorecer o desenvolvimento da dengue hemorrágica, já que alguns medicamentos à base de ácido acetilsalicílico, como AAS e Aspirina, podem favorecer sangramentos e hemorragia, complicando a dengue. Confira como deve ser o tratamento da dengue para evitar complicações.

6. Tem cura?

A dengue hemorrágica tem cura quando é identificada e tratada rapidamente. É possível ficar completamente curado, mas para isso é preciso ir ao hospital logo que surjam os primeiros sintomas de dengue, especialmente se houver muita dor abdominal ou sangramento pelo nariz, ouvidos ou boca.

Um dos primeiros sinais que podem indicar dengue hemorrágica é a facilidade de ficar com marcas roxas pelo corpo, mesmo em pequenas pancadas, ou o aparecimento de uma marca escura no local em que foi administrada uma injeção ou tirou sangue. Saiba reconhecer os sintomas da dengue hemorrágica.

Bibliografia >

  • ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE. Folha informativa – Dengue e dengue grave. Disponível em: <https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5963:folha-informativa-dengue-e-dengue-grave&Itemid=812>. Acesso em 06 Nov 2019
  • SECRETARIA DE SAÚDE DO PARANÁ. Vigilância epidemiológica - Dengue. Disponível em: <http://www.dengue.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=14>. Acesso em 06 Nov 2019
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA DA FAMÍLIA E COMUNIDADE. Dengue. Disponível em: <https://www.sbmfc.org.br/dengue/>. Acesso em 06 Nov 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem