Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais complicações da dengue

As complicações da dengue acontecem quando a doença não é identificada e tratada logo nos estágios iniciais, ou quando os cuidados necessários durante a doença não são seguidos, como repouso e hidratação constante. Algumas das complicações que podem ser causadas pela dengue são desidratação grave, problemas no fígado, no coração, neurológicos e/ou respiratórios, além da dengue hemorrágica, que é uma reação grave ao vírus da dengue que leva à ocorrência de sangramentos.

A dengue é uma doença causada pelo vírus, conhecido como dengue vírus, que é transmitido para as pessoas por meio da picada do mosquito Aedes aegypti, levando ao surgimento de sintomas como dor em todo corpo, aparecimento de pintinhas vermelhas na pele, cansaço extremo, enjoos e febre alta.

Principais complicações da dengue

Algumas das complicações que podem acontecer como consequência da dengue são:

1. Dengue Hemorrágica

A dengue hemorrágica é um tipo de dengue que geralmente surge, na maioria das vezes, quando se é infectado mais do que 1 vez pelo vírus, levando a alterações na coagulação sanguínea. Esta doença causa sangramentos especialmente nos olhos, gengivas, ouvidos e nariz, assim como o aparecimento de sangue nas fezes, pintinhas vermelhas na pele, vômitos e pulso fraco e rápido.

Este tipo de dengue se não for tratada com rapidez pode levar à morte e o seu tratamento tem de ser feito no hospital para que possam ser controladas as hemorragias e a hidratação do corpo. Saiba como identificar a dengue hemorrágica.

2. Desidratação grave

A desidratação é uma das consequências mais comuns da dengue e pode ser percebida através de alguns sinais e sintomas como cansaço extremo, sede, fraqueza, dor de cabeça, boca e lábios secos, lábios rachados e pele seca, olhos encovados e fundos e aumento da frequência cardíaca.

A desidratação pode ser tratada e prevenida através da ingestão e soro caseiro, sucos de frutos, chás e água enquanto se está doente, porém nos casos mais graves pode ser necessário ir no hospital para que o tratamento da desidratação seja feito com soro fisiológico administrado diretamente na veia.

Aprenda a preparar soro caseiro apenas usando água, sal e açúcar no vídeo a seguir:

COMO FAZER SORO CASEIRO

1.4 milhões visualizações

3. Problemas no Fígado

A dengue, quando não tratada corretamente, pode causar hepatite e/ou insuficiência hepática aguda, que são doenças que acometem o fígado, levando a alterações no funcionamento do órgão. Nos casos mais graves, estas doenças podem levar a danos irreversíveis no fígado, podendo ser necessário um transplante.

Quando existem problemas no fígado, geralmente estão presentes sintomas de vômito, náusea, dores fortes na região da barriga e abdômen, fezes claras, urina escura ou pele e olhos amarelados.

4. Problemas Neurológicos

Algumas das complicações que surgem quando o vírus da dengue atinge o cérebro são encefalopatia, encefalite e a meningite. Além disso, a dengue também pode causar Mielite, uma inflamação na medula espinhal, e Síndrome Guillain-Barré, uma inflamação que afeta os nervos e resulta em fraqueza e paralisia muscular, o que pode ser fatal. Entenda mais sobre a Síndrome Guillain-Barré.

Estas complicações podem acontecer porque o vírus da dengue pode passar diretamente para a corrente sanguínea, podendo atingir o cérebro e o Sistema Nervoso Central, causando inflamação. Além disso, o vírus pode também provocar uma reação exagerada do sistema imune, fazendo com que este produza anticorpos contra o vírus que acabam atacando o próprio organismo.

Quando o vírus da dengue acomete o Sistema Nervoso Central há o surgimento de sintomas específicos como sonolência, tontura, irritabilidade, depressão, convulsões, amnésia, psicose, falta de coordenação motora, perda de força de um dos lados do corpo, nos braços ou pernas, delírio ou paralisias.

5. Problemas Cardíacos e Respiratórios

A dengue também pode levar ao derrame pleural, quando atinge os pulmões, ou à miocardite, que é a inflamação do músculo do coração.

Quando existem problemas respiratórios ou cardíacos, alguns dos sintomas que podem ser sentidos incluem falta de ar, dificuldade em respirar, mãos e pés frios e com cor azulada, dor no peito, tosse seca, dores musculares ou tonturas.

Todos estes problemas devem ser tratados no hospital, pois tratam-se de complicações mais graves que necessitam de tratamento adequado e acompanhamento clínico constante. Além disso, é muito importante estar sempre atento ao sintomas apresentados, pois quando não tratada adequadamente a dengue pode evoluir para a morte.

Saiba como manter o mosquito que transporta o vírus da dengue bem longe de sua casa:

PARA A DENGUE NÃO TE PEGAR

14 mil visualizações

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem