Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Artrite psoriática: O que é, Sintomas e Tratamento

A artrite psoriática, comumente chamada de psoriásica ou psoríaca, é uma artrite inflamatória crônica que pode aparecer nas articulações de pessoas com psoríase, que é uma doença que normalmente afeta a pele, caracterizando-se pelo aparecimento de placas avermelhadas que coçam e descamam. Os principais sintomas da artrite psoriática, além da presença de placas vermelhas na pele, são a deformação das articulações e a dificuldade em movimentá-las.

A artrite psoriática pode aparecer em qualquer idade, no entanto é mais frequente em adultos entre os 30 e 50 anos, sendo que quase 30% das pessoas diagnosticadas com psoríase na pele desenvolvem esse tipo de artrite.

Entenda quais são os primeiros sinais de psoríase.

Artrite psoriática: O que é, Sintomas e Tratamento

Sinais e sintomas de artrite psoriática

Os sinais e sintomas que podem indicar que se está desenvolvendo artrite psoriática incluem:

  • Inchaço e deformidade nas articulações afetadas;
  • Dor e dificuldade para movimentar as articulações afetadas;
  • Tendinite;
  • Presença de manchas vermelhas na pele, unhas ou couro cabeludo que coçam e descamam;
  • Alterações a nível ocular, cardíaco, pulmonar e renal.

Muitas vezes, os primeiros sinais deste tipo de artrite são a dor e dificuldade para movimentar as articulações, especialmente as mãos, sem que seja necessário existir inchaço ou a presença de manchas na pele. Assim, pessoas que sofrem de psoríase e apresentam sintomas relacionados com problemas articulares devem consultar o médico que está fazendo o tratamento da psoríase, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado.

Que exames confirmam o diagnóstico

O diagnóstico da artrite psoriática normalmente é feito através da avaliação do histórico clínico, observação das lesões na pele causadas pela psoríase e exame de raio X que ajude a confirmar a artrite.

No entanto, o exame do fator reumatoide também é importante para diferenciar da artrite reumatoide, sendo que o que indica que a artrite pode ser consequência da psoríase é se o fator reumatoide for negativo e os sintomas de artrite estiverem presentes. Caso o resultado do fator reumatoide esteja positivo, geralmente indica que é um artrite reumatoide, e não relacionada à psoríase.

Tipos de artrite psoriática

Existem 5 tipos principais de artrite psoriática:

  • Simétrica: Este tipo afeta as articulações de ambos os lados do corpo.
  • Assimétrica: Neste tipo os sintomas são moderados, geralmente, afetam no máximo 4 articulações de qualquer lado do corpo.
  • Artrite Mutilante: Este é o tipo mais agressivo e tende a destruir as articulações das mãos e dos pés, afetando especialmente os dedos;
  • Espondilite: Este tipo é caracterizada pela rigidez do pescoço e coluna.
  • Interfalangeal distal predominante: Este tipo é caracterizada por rigidez nas articulações dos dedos das mãos e pés. Deformações nas unhas podem ser desenvolvidas.

O médico reumatologista poderá identificar qual o tipo de artrite que a pessoa possui e indicar o melhor tratamento para cada caso.

Quais as opções de tratamento

A psoríase ainda não tem cura e, por isso, o tratamento é direcionado para reduzir e controlar os sintomas sendo importante para evitar que a doença se agrave.

Assim, uma das primeiras diretivas de tratamento passa por fazer alterações do estilo de vida que ajudem a prevenir fatores de risco como obesidade, hipertensão ou diabetes, incluindo o abandono do fumo e outras drogas, assim como a pratica regular de exercício físico leve e alimentação equilibrada.

Além disso, outras opções de tratamento passam por:

1. Uso de anti-inflamatórios

Os principais medicamentos utilizados para a doença são anti-inflamatórios não esteroides como o Ibuprofeno ou o Naproxeno, que permitem uma melhora nos sinais e sintomas da doença a curto prazo, aliviando o desconforto.

Nos casos mais graves, ou quando o tratamento com anti-inflamatórios não tem sucesso, podem ser usados outros tipos de medicamentos, principalmente corticoides e modificadores do curso da doença, como é o caso da sulfassalazina, do metotrexato ou da ciclosporina.

2. Cirurgia 

A cirurgia para a artrite psoriática é indicada quando a doença é muito agressiva e causa danos nas articulações. O objetivo da cirurgia é melhorar ou substituir a articulação lesionada, melhorando a qualidade de vida.

3. Sessões de fisioterapia

A fisioterapia é outra parte muito importante do tratamento, já que existem exercícios que podem ser feitos para  que ajudem na melhora dos movimentos das articulações, alívio dos sintomas de tendinites e melhora da qualidade de vida em geral. Confira quais os tipos de exercícios que podem ajudar.

Assim, o ideal é que o tratamento seja feito com uma equipe multidisciplinar, constituída pela equipe médica, com reumatologista, ortopedista e clínico geral, assim como fisioterapueta, psicólogo e qualquer outro profissional de saúde que possa ajudar na melhora da qualidade de vida.

Bibliografia >

  • NATIONAL PSORIASIS FOUNDATION. About Psoriatic Arthiritis. Disponível em: <https://www.psoriasis.org/about-psoriatic-arthritis>. Acesso em 24 Set 2019
  • NARCISO, LURDES. Manual Informativo para o doente com Artrite Psoriática. 2013. Disponível em: <https://www.spreumatologia.pt/upload/Manual_DT_PsA_01.pdf>. Acesso em 24 Set 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem