Celulite ocular: o que é, sintomas, causas e tratamento

A celulite ocular ou celulite orbitária é a infecção dos músculos e gordura localizados na órbita da face, causando sintomas como dor e dificuldade para movimentar o olho ou visão dupla e, nos casos mais graves, pode levar à perda da visão, além de colocar a vida em risco. 

Normalmente, a celulite ocular acontece devido a infecções, como sinusite e otite média, especialmente quando não são tratadas adequadamente e em crianças, mas também pode ser causada por ferimentos e cirurgias no olho.

Em caso de suspeita de celulite ocular é importante procurar uma emergência para uma avaliação. O tratamento normalmente é feito com o uso de antibióticos diretamente na veia e, algumas vezes, também pode envolver cirurgia.

Conteúdo sensível
Esta imagem pode apresentar conteúdo desconfortável para algumas pessoas.
Imagem ilustrativa número 1

Principais sintomas

Os principais sintomas da celulite ocular são:

  • Dor no olho, especialmente ao movimentar o olho afetado; 
  • Dificuldade para movimentar o olho;
  • Visão dupla; 
  • Dificuldade para enxergar;
  • Vermelhidão no olho;
  • Inchaço das pálpebras do olho envolvido;
  • Um olho mais saliente que o outro;
  • Febre.

Nos casos mais graves, a celulite ocular pode prejudicar a visão permanentemente. Além disso, a infecção também pode se espalhar para regiões próximas do olho, podendo surgir complicações, como abscesso cerebral e meningite, colocando a vida da pessoa em risco.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da celulite ocular normalmente é confirmado pelo oftalmologista levando em consideração os sintomas apresentados, exame oftalmológico e resultados de exames como tomografia computadorizada ou ressonância magnética. Entenda melhor para que serve o exame oftalmológico.

Além disso, também podem ser indicados outros exames como o hemograma e a hemocultura, para identificar a presença de microrganismos no sangue que possam estar causando a infecção.

Possíveis causas

A celulite ocular é pode ser causada por:

  • Sinusite bacteriana;
  • Ferimentos ou pancadas no olho;
  • Infecções na região da face, como celulite periorbital;
  • Infecções dentárias;
  • Otite média;
  • Cirurgias no olho.

Nestes casos, especialmente em crianças e quando existem infecções não tratadas adequadamente, os microrganismos podem se espalhar, afetando os músculos e gordura ao redor do olho, provocando a celulite ocular. 

Como é feito o tratamento

Para tratar a celulite no olho, é necessário receber antibióticos na veia, como ceftriaxona, vancomicina ou amoxicilina/clavulonato, por exemplo, por cerca de 3 dias, e continuar o tratamento com antibiótico por via oral em casa, complementando um total de 8 a 20 dias de tratamento, de acordo com a gravidade da infecção. 

Além disso, algumas vezes cirurgia também pode ser indicada, especialmente em caso de abscesso orbitário ou cerebral, compressão do nervo óptico e quando a infecção continua a piorar após o tratamento inicial.