Grávida pode tomar cefalexina?

Revisão médica: Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
maio 2022

A cefalexina é um antibiótico que pode ser indicado para o tratamento de infecção urinária, como uretrite, cistite, pielite durante a gestação. Além disso, esse medicamento também é indicado para tratar infecções respiratórias, como faringite, sinusite e bronquite; infecções da pele, dos ossos e articulações.

De acordo com a classificação da FDA, a cefalexina possui risco B quando usada durante a gravidez. Isto quer dizer que foram realizados testes em animais e não foram encontradas alterações significativas neles ou nos fetos. No entanto, não existem estudos controlados em mulheres grávidas.

Por isso, o uso da cefalexina durante a gravidez e amamentação deve ser feito somente sob recomendação e orientação de um médico, que irá avaliar os benefícios e os riscos desse remédio para a saúde da mulher e do bebê.

Para que serve

A cefalexina é indicada para tratar infecções urinárias durante a gravidez, que são infecções causadas principalmente pela entrada da bactéria Escherichia coli no sistema urinário, podendo causar cistite, uretrite ou pielonefrite.

Como tomar

Durante a gravidez a cefalexina só deve ser usada sob a recomendação de um médico. A dosagem desse medicamento varia de acordo com a doença a ser tratada, sendo geralmente indicado o uso de 1 comprimido de 250 mg a 500mg, de 2 vezes a 4 vezes ao dia. Entenda melhor como tomar a cefalexina.

Quem amamenta pode tomar cefalexina?

A cefalexina possui pouco para o bebê quando usada durante a amamentação. No entanto, o uso da cefalexina durante a amamentação deve ser feito somente sob orientação de um médico, pois o medicamento é excretado no leite materno.

Caso a mulher tenha que usar a cefalexina, o ideal é ingerir esse medicamento no mesmo momento em que o bebê mama, porque desta forma a concentração do antibiótico no leite materno será menor durante as mamadas. Outra possibilidade é a mãe tirar o leite antes de tomar o medicamento e oferecer esse leite ao bebê enquanto não puder dar de mamar.

Possíveis efeitos colaterais e contra-indicações

O uso da cefalexina pode causar sintomas, como náuseas, diarreia, má digestão, urina escura, cansaço, tontura, dor no estômago, dor de cabeça, vômitos, diarreia, dor abdominal, candidíase oral ou vaginal

Além disso, esse medicamento pode causar reações alérgicas graves em algumas pessoas, causando sintomas e sinais, como diarreia intensa, inchaço do rosto, lábios, língua e pálpebras, dificuldade para respirar, febre e urticária.

A cefalexina não é indicada para pessoas com alergia ao medicamento e a outros medicamentos da classe das cefalosporinas. Além disso, pessoas com doenças renais ou que estejam usando outros medicamentos antibióticos, diuréticos, hipoglicemiantes, devem sempre consultar um médico antes de usar a cefalexina.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em maio de 2022. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução da diretoria colegiada - RDC nº 60, de 17 de dezembro de 2010. 2010. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2010/rdc0060_17_12_2010.pdf>. Acesso em 03 mai 2022
  • UK TERATOLOGY INFORMATION SERVICE. Best use of medicines in pregnancy: Cephalosporin antibiotics. Disponível em: <https://www.medicinesinpregnancy.org/Medicine--pregnancy/Cephalosporins/%5C>. Acesso em 03 mai 2022
Mostrar bibliografia completa
  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA - FEBRASGO. Infecções do trato urinário durante a gravidez. 2018. Disponível em: <https://sogirgs.org.br/area-do-associado/infeccoes-do-trato-urinario-durante-a-gravidez.pdf>. Acesso em 03 mai 2022
  • MAYO CLINIC. Drugs and supplements: Cephalexin (Oral Route). Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/drugs-supplements/cephalexin-oral-route/description/drg-20073325>. Acesso em 03 mai 2022
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.

Tuasaude no Youtube

  • INFECÇÃO URINÁRIA NA GRAVIDEZ: O que comer para Curar e Evitar

    04:39 | 296817 visualizações