Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é uretrite, sintomas e como tratar

A uretrite é uma inflamação na uretra que pode ser causada por um traumatismo interno, externo ou pela infecção com algum tipo de bactéria, que pode afetar tanto homens como mulheres.

Existem 2 tipos principais de uretrite:

  • Uretrite gonocócica: surge por infecção com a bactéria Neisseria gonorrhoeae, responsável pela gonorreia e, por isso, existe risco de também ter gonorreia;
  • Uretrite não-gonocócica: é causada pela infecção por outras bactérias, como a Chlamydia trachomatis ou E. coli, por exemplo.

Dependendo da sua causa, os sintomas podem variar e, da mesma forma, o tratamento também deve ser feito de forma diferente, para garantir a cura. Assim, sempre que surgem sintomas de problemas urinários deve-se consultar o ginecologista ou o urologista para iniciar o tratamento adequado.

O que é uretrite, sintomas e como tratar

Principais sintomas

Os sintomas da uretrite gonocócica incluem:

  • Corrimento amarelo-esverdeado, em grande quantidade, purulento e com mau cheiro proveniente da uretra;
  • Dificuldade e ardor em urinar;
  • Vontade de urinar frequente com pouca quantidade de urina.

Os sintomas da uretrite não-gonocócica incluem:

  • Pouco corrimento esbranquiçado, que se acumula após urinar;
  • Ardor ao urinar;
  • Coceira na uretra;
  • Discreta dificuldade em urinar.

Geralmente a uretrite não-gonocócica é assintomática, isto é, não gera sintomas.

Veja outras causas comuns de dor ao urinar e de coceira no pênis.

Como confirmar o diagnóstico 

O diagnóstico da uretrite pode ser feito pelo médico urologista ou ginecologista através da observação dos sintomas e da análise das secreções que deverão ser enviadas para análise laboratorial. Na maioria dos casos, o médico pode aconselhar iniciar o tratamento mesmo antes do resultado dos exames, com base nos sintomas apresentados.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a uretrite deve ser realizado com o uso de medicamentos antibióticos, no entanto, o antibiótico varia de acordo com o tipo de uretrite:

No tratamento da uretrite não-gonocócica, normalmente é utilizado:

  • Azitromicina: dose única de 1 comprimido de 1 g ou;
  • Doxiciclina: 100 mg, Via oral, 2 vezes ao dia, por 7 dias.

Já para tratar a uretrite gonocócica, geralmente é orientado o uso de:

  • Ceftriaxona: 250 mg, por injeção intramuscular em dose única.

Os sintomas de uretrite podem ser muitas vezes confundidos com os de outro problema chamado Síndrome Uretral, que é uma inflamação da uretra, que causa sintomas como dor abdominal, urgência urinária, dor e irritação ao urinar e sensação de pressão no abdômen.

Possíveis causas

A uretrite pode ser causada por traumatismo interno, que pode acontecer ao usar uma sonda vesical para retirar a urina, como no caso de pessoas internadas num hospital. Além disso, também pode ser causado por bactérias como Neisseria gonorrhoeae, Chlamydia trachomatis, Mycoplasma genitalium, Ureaplasma urealyticum, HSV ou adenovírus.

A uretrite infecciosa é transmitida pelo contato íntimo desprotegido ou pela migração de bactérias vindas do intestinos, neste caso as mulheres estão mais propensas pela proximidade entre o ânus e a uretra.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem