Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Catarata: o que é, sintomas, causas e tratamento

A catarata é uma doença caracterizada pelo comprometimento do cristalino do olho o que leva à perda progressiva da visão e pode acontecer ao longo da vida ou logo ao nascimento, sendo denominada catarata congênita.

A principal causa dessa doença é o envelhecimento do cristalino, por isso que é muito frequente na população idosa, porém pode ser causada por fatores secundários, como diabetes, uso indiscriminado de colírios ou medicamentos com corticóides, pancadas, infecção ocular e tabagismo. A catarata tem cura, porém a cirurgia deve ser realizada assim que for feito o diagnóstico para evitar comprometimento total da visão.

Fonte: Centers for Disease Control and Prevention
Fonte: Centers for Disease Control and Prevention

Principais sintomas 

Os principais sintomas da catarata são:

  • Diminuição da visão;
  • Visão embaçada;
  • Aumento da sensibilidade à luz;
  • Alteração da visão das cores;
  • Alteração da cor do olho.

Estes sintomas podem aparecer juntos ou separados, devendo ser avaliados por um médico oftalmologista para que seja feito o diagnóstico e o tratamento adequado possa ser estabelecido. 

Causas da catarata 

A principal causa da catarata é o envelhecimento do organismo, porque o cristalino do olho começa a se tornar mais grosso e o corpo é menos capaz de nutrir este órgão. Porém existem outras causas, como:

  • Exposição excessiva ao sol;
  • Pancadas no olho;
  • Diabetes ou hipotireoidismo;
  • Infecções e processos inflamatórios;
  • Glaucoma, miopia ou cirurgia ocular;
  • Uso excessivo de remédios ou álcool;
  • Malformações fetais;

Dependendo da causa, a catarata pode ser considerada adquirida ou congênita, porém as congênitas são muito raras e surgem, geralmente, em indivíduos com o mesmo caso na família.

Como é feita a cirurgia

A cirurgia é a única alternativa para a catarata e não depende da idade da pessoa, mas sim do grau de comprometimento da visão, podendo ser feita tanto para a catarata congênita quanto para a adquirida.

A cirurgia para catarata é feita a partir da retirada do cristalino do olho, substituindo-o por uma lente ocular que diminui as alterações da visão. Geralmente, a cirurgia dura cerca de 30 minutos, não provoca dor e os pacientes podem voltar as suas atividades normais no dia seguinte. Entenda como é feita a cirurgia para catarata.

Catarata congênita

A catarata congênita corresponde a uma malformação do cristalino durante o desenvolvimento do bebê, podendo afetar um ou os dois olhos. A catarata congênita pode ser facilmente diagnosticada logo após o nascimento, ainda na maternidade, através do teste do olhinho. Assim que houver o diagnóstico, é importante realizar a cirurgia o mais rápido possível para evitar o comprometimento total da visão ou outros problemas de oculares durante o crescimento. Saiba mais sobre a catarata congênita.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...