Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cirurgia para Catarata

A cirurgia para catarata é feita para tratar todos os tipos de catarata; a catarata congênita, que é aquela em que o bebê já nasce com dano no cristalino, ou a adquirida, que é caracterizada pela perda progressiva da visão, sendo consequência do envelhecimento em sua maioria. Saiba mais sobre a catarata.

A cirurgia é um procedimento geralmente rápido e, devido ao desenvolvimento técnico tanto dos aparelhos como dos médicos oftalmologistas, apresenta altas taxas de sucesso, lembrando que não é isento de complicações, entre elas infecções que podem levar à cegueira definitiva. A recuperação em geral é rápida e, em torno de 1 semana a pessoa já pode fazer grande parte de suas atividades rotineiras. 

A cirurgia para catarata custa em média R$ 5000,00 por olho, que pode variar de acordo com a gravidade do caso, da técnica utilizada, da lente a ser implantada e/ou da clínica em que será realizado o procedimento. Também ocorre a realização pelo SUS em hospitais públicos e em instituições privadas e/ou filantrópicas conveniadas ao SUS. 

Cirurgia para Catarata

Como é feita a cirurgia

A cirurgia é feita, geralmente, sob anestesia local, que pode ser tanto por injeção quanto pela utilização de colírios anestésicos. O procedimento, geralmente, é rápido, durando cerca de 30 minutos e não provoca dor durante o ato cirúrgico. A recuperação em geral é rápida e, em torno de 1 semana a pessoa já pode fazer grande parte de suas atividades rotineiras. 

A cirurgia acontece a partir de um corte na córnea que permite que seja retirado o cristalino danificado, que é substituído por uma lente artificial transparente capaz de restaurar a visão da pessoa.

Uma opção mais recente e moderna de cirurgia consiste em um laser capaz de realizar várias etapas do procedimento cirúrgico. Sabe-se, entretanto, que o laser na cirurgia de catarata habitual não se mostra melhor que um cirurgião experiente. Em casos de alterações anatômicas significativas, o laser mostra um diferencial importante, pois auxilia o cirurgião em algum passo que pudesse ser mais desafiador para o mesmo. Saiba mais sobre os novos tratamentos para catarata.

Riscos da cirurgia para catarata

A cirurgia é um procedimento geralmente rápido e, devido ao desenvolvimento técnico tanto dos aparelhos como dos médicos oftalmologistas, apresenta altas taxas de sucesso, lembrando que não é isento de complicações, entre elas infecções que podem levar à cegueira definitiva. A recuperação em geral é rápida e, em torno de 1 semana a pessoa já pode fazer grande parte de suas atividades rotineiras. 

No caso da catarata congênita, o risco de é maior, pois a cirurgia é mais desafiadora, além de todo o processo de cicatrização da criança ser diferente do adulto. O acompanhamento após a cirurgia é fundamental para que a visão da criança possa ser estimulada da melhor forma possível e que sejam corrigidos sempre que necessário os problemas de refração (grau dos óculos) para uma melhor visão. 

Como é a recuperação

A recuperação em geral é rápida e, em torno de 1 semana a pessoa já pode fazer grande parte de suas atividades rotineiras. Para um cuidado adequado, deve-se:

  • Utilizar óculos de sol sempre que sair na rua, pelo menos durante 24 horas;
  • Repousar nos primeiros 2 dias, evitando fazer esforços excessivos;
  • Colocar os colírios anti-inflamatórios, de acordo com a indicação do médico. 

Para maiores detalhes, sempre pergunte ao seu médico assistente.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem