Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentos energéticos

Os alimentos energéticos são representados principalmente por alimentos ricos em carboidratos, como pães, batatas e arroz. Os carboidratos são os nutrientes mais básicos para dar energia às células, sendo fáceis e rápidos de usar.

Assim, fazem parte desse grupo alimentos como:

  • Cereais: arroz, milho, cuscuz, macarrão, quinoa, cevada, centeio, aveia;
  • Tubérculos e raízes: batata inglesa, batata doce, mandioca, macaxeira, inhame;
  • Alimentos à base de trigo: pães, bolos, macarrão, biscoitos;
  • Leguminosas: feijão, ervilha, lentilha, soja, grão-de-bico;
  • Mel de abelha.

Além dos alimentos energéticos, existem também os alimentos reguladores e construtores, que desempenham outras funções no organismo como cicatrização, crescimento de novas células e regulação da produção hormonal.

Alimentos energéticos

Gordura como alimento energético

Enquanto 1 g de carboidrato fornece cerca de 4 kcal, 1 g de gordura fornece 9 kcal. Assim, ela também é bastante utilizada pelo organismo como fonte de energia para manter o bom funcionamento das células. Nesse grupo estão incluídos alimentos como azeite de oliva extravirgem, castanhas, amêndoas, nozes, manteiga, abacate, semente de chia, semente de linhaça, gergelim, óleo de coco e a gordura natural encontrada nas carnes e no leite.

Além de fornecer energia, a gordura também participa da membrana que delimita todas as células, transporta nutrientes no sangue, forma a maior parte do cérebro e participa da produção dos hormônios sexuais.

Alimentos energéticos

Alimentos energéticos no treino

Os alimentos energéticos são muito importantes para manter o pique e a qualidade do treino, devendo ser consumidos em boas quantidades principalmente por pessoas que desejam ganhar massa muscular.

Esses alimentos devem ser incluídos no pré-treino, podendo-se fazer combinações como: banana com aveia e mel, sanduíche de queijo ou vitamina de fruta com aveia, por exemplo. Além disso, eles também devem ser consumidos no pós-treino, juntamente com alguma fonte de proteína, para estimular a recuperação muscular e a hipertrofia.

Assista ao vídeo a seguir e saiba o que comer antes e depois do treino:

Veja mais dicas sobre o que comer no pré e no pós-treino.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar