Dieta para hipertrofia e perda de gordura (com cardápio de 3 dias)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
fevereiro 2022

Para perder gordura e ganhar massa muscular ao mesmo tempo, é preciso praticar atividade física diariamente e ter uma dieta equilibrada, com aumento na quantidade de proteínas e gorduras boas.

O exercício física deve ser focado especialmente em exercícios de força, como musculação e crossfit, que irão estimular o ganho de massa muscular. Por outro lado, adicionar cerca de 30 minutos de exercícios aeróbicos, como caminhadas leves e andar de bicicleta, ajuda a estimular a perda de gordura sem afetar a massa muscular.

Para que exista a perda de gordura corporal, é importante gastar mais calorias do que é consumida, no entanto caso não seja consumida ao longo do dia a quantidade ideal de energia, é possível haver perda de massa muscular e piora do desempenho na atividade física. Por isso, é importante que o nutricionista seja consultado para que seja indicado um plano alimentar adequado à pessoa e para perder gordura e ganhar massa muscular.

Como deve ser a dieta

Para ganhar massa muscular e perder gordura, é importante ter uma dieta equilibrada, devendo incluir os seguintes alimentos:

  • Alimentos ricos em proteínas, como carnes vermelhas sem gordura, peixes, frango, peru, ovos, tofu, queijos e iogurtes desnatados. Para ganhar massa muscular, a dieta deve conter alimentos ricos em proteína em todas as refeições, incluindo nos lanches;
  • Cereais integrais e legumes, como grão de bico, feijão, lentilha, soja, quinoa, aveia, pão integral, arroz, macarrão e biscoitos integrais. Estes são alimentos são ricos em carboidratos, vitaminas e minerais, que funcionam como fonte de energia e ajudam a repor a energia para o músculo logo após o exercício físico;
  • Frutas, como kiwi, laranja, maçã, mamão, toranja, uvas, banana, melancia, pêra, abacaxi, pêssego, morango e mirtilo. É importante consumir todo tipo de fruta, preferencialmente inteiras e com casca, aproveitando, assim, todos os seus nutrientes, como vitaminas, minerais e fibras;
  • Vegetais, como espinafre, brócolis, cenoura, aspargos, berinjela, abobrinha. Os vegetais são ricos em vitaminas e minerais, que são importantes para o crescimento muscular, ajudando a diminuir a quantidade de gordura acumulada;
  • Gorduras de boa qualidade, como amendoim, castanha de caju e do Pará, amêndoa, nozes, atum, sardinha, salmão, chia, linhaça, abacate, coco e azeite de oliva. Estes alimentos ajudam a reduzir a inflamação do corpo e fornecem os nutrientes necessários para estimular a hipertrofia.

Além disso, é importante fazer pequenas refeições ao longo dia, ingerir bastante líquidos ao longo do dia e praticar atividade física de forma regular, assim como beber pelo menos 2,5 litros de água, já que ajuda a aumentar o estímulo de ganho de massa muscular e a combater a retenção de líquidos, ajudando a desinchar o corpo.

Suplementos nutricionais

Na maioria dos casos, um plano alimentar adequado e a prática de atividade física são suficientes para promover a diminuição da gordura e aumento da massa muscular. No entanto, em algumas situações, pode ser indicado o uso de suplementos alimentares para favorecer o ganho de massa muscular e o desempenho nas atividades físicas, devendo ser orientado por um médico ou nutricionista. Conheça os suplementos para ganhar massa muscular.

Alimentos que devem ser evitados

Para garantir a hipertrofia e perda de massa muscular, é importante evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar, que geralmente não fornecem qualquer nutriente, além de poderem provocar o aumento da gordura acumular no corpo, como sorvete, bolo, bebidas ricas em açúcar, biscoitos e produtos de confeitaria.

Outros alimentos que devem ser evitados são alimentos fritos e ricos em gordura saturada, como salsichas, embutidos e presunto, por exemplo, que aumentam a inflamação do organismo e acúmulo de gordura no corpo, além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares.

Além disso, o álcool não é recomendado, já que pode afetar o crescimento da massa muscular uma vez que favorece a deposição de gordura.

Cardápio para ganhar massa muscular

A tabela a seguir mostra um exemplo de cardápio de 3 dias para ajudar na hipertrofia e perda de gordura:

Refeições principais

Dia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã1 xícara de leite desnatado ou de bebida vegetal + 1 panqueca de aveia com pasta de amendoim + 1 fruta1 iogurte natural desnatado + 2 fatias de pão integral com ovo e queijo + 1 fruta1 xícara de café com leite desnatado + 1 panqueca integral com queijo + 1 fruta
Lanche da manhã1 torrada integral com queijo + 1 fruta1 fruta + 10 unidade de castanha de caju

1 iogurte com um punhado de frutos secos + 1 colher de chá de sementes de chia

Almoço/ Jantar

150 gramas de carne + 4 colheres de arroz integral + 2 colheres de sopa de feijão + salada de alface, tomate e beterraba + 1 colher de sopa de óleo de coco

Macarrão integral com atum e molho de tomate natural + salada de repolho refogado, cenoura ralada e milho + 1 colher de chá de linhaça + 1 colher de sopa de azeite de oliva + 1 fruta150 gramas de frango + purê de batata + cenoura, abobrinha e vagem refogados com 1 colher de azeite + 1 fruta 

Lanche da tarde

1 iogurte natural desnatado + sanduíche de frango com requeijão lightCafé ou chá + wrap de frango e queijo1 xícara de chá de leite desnatado ou de bebida vegetal + 2 torradas integrais com queijo, abacate e tomate

As quantidades do cardápio podem variar de pessoa para a pessoa de acordo com a sua idade, peso, altura, grau de tolerância aos alimentos e atividade física realizada. Por isso, é importante consultar o nutricionista para que seja feita uma avaliação completa e seja elaborado um plano nutricional de acordo com as necessidades da pessoa.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em fevereiro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • Gomez Victoria, Sabina da. silva, Eduarda Moreira. A importância da alimentacão na hipertrofia. Research Society and Development . 2021
  • Anita Bean. LA GUÍA COMPLETA DE LA NUTRICIÓN DEL DEPORTISTA . 5ta ed. : Paidotribo, 2016.
Mostrar bibliografia completa
  • Martinez-Sanz, J.M. Necesidades nutricionales y planificación dietética en deportes de fuerza . Asociación Española de Ciencias del Deporte . vol. 29. 95-114, 2012
  • Asker Juekendrup. Sport Nutrition . 3 ed. United States: 2018.
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentos para aumentar a TESTOSTERONA · com receita

    12:17 | 710765 visualizações
  • A melhor receita para AUMENTAR A TESTOSTERONA

    05:30 | 121394 visualizações
  • Como saber o Melhor Suplemento para você

    03:58 | 31346 visualizações
  • Alimentos Ricos em Proteína para SECAR e GANHAR MASSA MUSCULAR

    04:06 | 1000594 visualizações
  • Índice glicêmico certo para TREINAR MELHOR

    02:44 | 41848 visualizações