Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Principais sintomas da alergia ao látex e o que fazer

Maio 2020

A alergia ao látex é uma reação anormal do sistema imunológico que pode acontecer em algumas pessoas quando entram em contato com esse material, que é uma substância que está presente em materiais feitos de borracha, como luvas, balões ou preservativos, por exemplo, causando alterações na pele da região do corpo que contactou com o material.

Uma forma simples para testar se se tem alergia ao látex consiste em cortar um dedo de uma luva de látex e, depois, vestir esse pedaço de luva no dedo, por cerca de 30 minutos. Depois desse tempo, deve-se observar se surgiram alguns dos sintomas típicos de alergia, como vermelhidão e inchaço.

Quando se tem alergia ao látex, o ideal é que se evite o contato prolongado com objetos que sejam feitos desse tipo de material.

Principais sintomas da alergia ao látex e o que fazer

Principais sintomas da alergia

Os sintomas da alergia ao látex na maioria dos casos são sentidos no local da pele que esteve em contacto direto com o produto. Desta forma, alguns sintomas podem ser:

  • Pele seca e áspera;
  • ​Coceira e vermelhidão;
  • Inchaço da região afetada.

Além disso, também é comum que a pessoa com alergia apresente olhos avermelhados, sensação de nariz irritado e coriza, devido à reação alérgica que pode acabar afetando um pouco todo o organismo.

Geralmente, quem é alérgico ao látex também tem alergia a alimentos como abacate, tomate, kiwi, figo, mamão papaia, noz e banana. Além disso, também é frequente ter alergia a poeira, pólen e pelo de animais.

Como confirmar a alergia

Para confirmar o diagnóstico, além de avaliar os sintomas e verificar o histórico de saúde, o médico também pode pedir alguns exames de sangue para avaliar a presença de alguns tipos específicos de anticorpos. Saiba mais sobre os exames para identificar alergias.

Quem tem maiores chances de ter esta alergia?

Qualquer pessoa pode desenvolver sensibilidade ou alergia ao látex, porém algumas pessoas têm maiores chances como enfermeiros e médicos que contactam diariamente em luvas e material de proteção individual feiros com látex.

Além disso, jardineiros, cozinheiros, profissionais da área de beleza e da construção civil também contactam frequentemente com esse material e por isso também têm maiores chances de desenvolver o problema.

O que fazer se for alérgico ao látex?

Pessoas com alergia ao látex devem, sempre que possível, evitar o contato com esse tipo de material, especialmente por longos períodos, dando preferência para equipamentos que sejam feitos de outros materiais como luvas de polietileno ou polivinil, por exemplo. No caso da camisinha deve-se optar por preservativo sem látex, que é vendido nas farmácias.

Além disso, nos casos em que existe uma reação mais severa ao látex, o médico também pode receitar alguns medicamentos corticoides e anti-histamínicos, para aliviar os sintomas sempre que aparecem.

Principais produtos com látex

Alguns produtos que contém látex e que, por isso, devem ser evitados por quem tem a alergia incluem:

  • Luvas cirúrgicas e de limpeza;
  • Brinquedos com borracha flexível;
  • Balões de festa;
  • Preservativos;
  • Bicos de mamadeira;
  • Chupetas.

Além disso, alguns tipos de tênis e roupas de ginástica também podem conter látex.

O ideal é que sempre se leia o rótulo dos produtos para verificar se contêm látex. Geralmente, produtos sem látex possuem um selo informando que são "sem látex" ou "latex free"

Bibliografia >

  • AMERICAN COLLEGE OF ALLERGY, ASTHMA & IMMUNOLOGY. Latex Allergy. Disponível em: <https://acaai.org/allergies/types/latex-allergy>. Acesso em 08 Mai 2020
  • ASTHMA AND ALLERGY FOUNDATION OF AMERICA. Latex Allergy. Disponível em: <https://www.aafa.org/latex-allergy/>. Acesso em 08 Mai 2020
  • GOSH NHS. Latex allergy. Disponível em: <https://www.gosh.nhs.uk/conditions-and-treatments/conditions-we-treat/latex-allergy>. Acesso em 08 Mai 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem