9 remédios caseiros para alergia na pele e como fazer

Os remédios caseiros para alergia na pele, como tomar banho de imersão com sais de Epsom, aplicar compressa de óleo essencial de hortelã-pimenta ou lavar a pele com chá de tanchagem, por exemplo, ajudam a acalmar e hidratar a pele reduzindo os sintomas de coceira, vermelhidão, irritação ou inchaço.

A alergia na pele é uma reação inflamatória que pode surgir em diferentes regiões do corpo, como pescoço, pernas, mãos, barriga, boca, axilas ou costas. Pode estar relacionada a diversos fatores como picada de inseto, secura da pele ou mesmo alergia ao tecido das roupas. Saiba como identificar a alergia na pele.

Os remédios caseiros para alergia na pele devem ser usados apenas quando a pele não tem feridas e depois de lavar e secar a região. Se os sintomas não desaparecerem completamente após 1 ou 2 dias ou se piorarem, é recomendado consultar um dermatologista para identificar a causa da alergia e iniciar o tratamento adequado.

Algumas opções de remédios caseiros para alergia na pele são:

1. Pasta de bicarbonato de sódio e óleo de coco

A pasta de bicarbonato de sódio e óleo de coco ajuda a equilibrar o pH da pele e tem ação anti-inflamatória e hidratante, ajudando a aliviar os sintomas de alergia como irritação, coceira, vermelhidão ou inchaço na pele.

Ingredientes:

  • 4 colheres (de sopa) de bicarbonato de sódio;
  • 12 colheres (de sopa) de óleo de coco.

Modo de preparo

Em um recipiente limpo e seco, misturar os ingredientes até formar uma pasta. Colocar a pasta de bicarbonato de sódio e óleo de coco em um algodão ou gaze, e aplicar suavemente na região da pele com alergia e deixar agir por 10 minutos. Em seguida enxaguar suavemente em água fria. 

No caso de não ter o óleo de coco para preparar a pasta, pode-se substituir por 12 colheres de sopa de água.

2. Compressa de amor-perfeito

O amor perfeito, conhecido cientificamente como Viola tricolor, possui propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e antialérgicas, sendo uma ótima opção de remédio caseiro quando usado na forma de compressa para uso tópico preparada a partir da infusão desta planta medicinal para ajudar a diminuir os sintomas de alergia na pele como vermelhidão, coceira ou inchaço.

Além disso, devido suas propriedades, a compressa de amor perfeito também pode ser usada para auxiliar no tratamento de psoríase ou eczema.

Ingredientes:

  • 20 a 30 gramas de flores frescas ou secas de amor-perfeito;
  • 500 mL de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar as flores de amor-perfeito na água fervente e deixar repousar por cerca de 15 minutos. Esperar amornar, coar, molhar uma gaze na infusão de amor perfeito e passar na região da pele com alergia 2 vezes ao dia.

3. Compressa de camomila

A camomila é uma planta medicinal que possui substâncias na sua composição, como azuleno, bisabolol e farneseno, com ação anti-inflamatória e antialérgica, sendo uma boa opção de remédio caseiro para alergia na pele, que pode ser usada na forma de compressa, ajudando a aliviar os sintomas de vermelhidão, inchaço ou coceira.

Ingredientes:

  • 20 a 30 g de flores frescas ou secas de camomila;
  • 500 mL de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar as flores frescas ou secas de camomila na água fervente e deixar por 15 minutos. Em seguida, coar, molhar a gaze, o algodão ou o pano e passar na área da pele com alergia pelo menos duas vezes por dia.

4. Óleo essencial de hortelã-pimenta

O óleo essencial de hortelã-pimenta é rico em mentol e mentona, com propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antissépticas que ajudam a combater a coceira ou vermelhidão causadas pela alergia na pele. 

Ingredientes:

  • 2 a 3 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo

Adicionar as gotas do óleo essencial de hortelã-pimenta no copo com água e misturar. Em seguida, molhar um algodão ou uma gaze na solução e colocar na região da pele com alergia, pelo menos 2 vezes ao dia.

5. Banho de imersão com sais de Epsom

Os sais de Epsom são ricos em sulfato de magnésio que é facilmente absorvido pela pele, melhorando a barreira de proteção da pele, aumentando a umidade e reduzindo o inchaço e a inflamação causados pela alergia na pele.

Este banho de imersão é muito fácil de preparar e permite aliviar o inchaço e a vermelhidão rapidamente, além de relaxar.

Ingredientes:

  • 1 copo de sais de Epsom;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo:

Colocar os sais de Epsom em um recipiente com água morna, mexer até que os sais estejam bem diluídos. Adicionar essa solução na água da banheira e ficar imerso por aproximadamente 15 a 20 minutos. Em seguida, enxaguar o corpo, secar e passar um hidratante na pele. Este processo pode ser feito até 3 vezes por semana.

6. Tônico de rosas e babosa

O tônico de rosas e babosa ajuda a acalmar a pele porque tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e cicatrizantes, que ajudam a aliviar os sintomas de alergia na pele como coceira ou irritação, além de cicatrizar feridas e hidratar a pele. 

Ingredientes:

  • Pétalas de rosa vermelhas frescas;
  • Gel transparente da folha de babosa fresco.

Modo de preparo:

Cortar uma folha de babosa, lavar e retirar o gel que tem dentro da folha. Lavar as pétalas de rosa vermelha fresca. Colocar tudo no liquidificador e bater, ou usar um mixer. Coar e armazenar em um frasco de vidro limpo e seco. Colocar um pouco do tônico em um algodão limpo ou gaze e aplicar na região da pele com alergia 1 vez ao dia.

Ao preparar esse tônico, é importante não usar a casca da folha da babosa, que tem efeitos tóxicos, mas apenas o gel transparente que tem dentro da folha.

7. Cataplasma de infusão de calêndula

A calêndula, conhecida cientificamente como Calendula officinalis, possui propriedades anti-inflamatórias sendo uma ótima opção remédio caseiro quando usada na forma de cataplasma para uso tópico, preparado a partir da infusão desta planta, e ajuda a diminuir a inflamação e a reduzir coceira causados pela alergia na pele.

Ingredientes:

  • 1 a 2 colheres de chá de flores de calêndula;
  • 150 mL de água fervente.

Modo de preparo:

Colocar as flores de calêndula na água fervente e deixar repousar por 5 minutos. Esperar amornar, coar e molhar uma compressa limpa e seca na infusão de calêndula, como uma gaze ou algodão, por exemplo. Aplicar a compressa na área da pele com alergia, 3 vezes ao dia, deixando agir por 30 minutos. 

8. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã possui propriedades anti-inflamatórias e alcalinizantes, sendo outra boa opção de remédio caseiro para alergia na pele, pois ajuda a aliviar vermelhidão, inchaço e coceira e pode ser aplicado diretamente na pele. 

Ingredientes:

  • 1 colher (de sopa) de vinagre de maçã;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo:

Adicionar o vinagre de maçã no copo de água e misturar. Colocar um pouco dessa solução em um pedaço de algodão ou em uma gaze e passar na área da pele com alergia. Deixar agir por 5 a 20 segundos, lavar a pele, secar e aplicar um creme hidratante de uso diário. 

O vinagre de maçã pode ser feito em casa com ingredientes naturais ou comprado em supermercados. Saiba como fazer o vinagre de maçã em casa.

9. Chá de tanchagem

O chá de tanchagem possui propriedades antialérgicas naturais que ajudam a combater a coceira e vermelhidão da pele causadas pela alergia. 

Além disso, a tanchagem também possui propriedades que diminuem a irritação na pele e, por isso, pode ser utilizada após a exposição solar prolongada ou queimaduras causadas pelo sol, por exemplo.

Ingredientes:

  • 30 g de folhas de tanchagem;
  • 1 litro de em um litro de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar as folhas de tanchagem na água fervente. Tampar, deixar esfriar, coar e lavar a região da pele com alergia de 2 a 3 vezes por dia.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • SHENEFELT, P. D. Herbal Treatment for Dermatologic Disorders. In: Benzie IFF, Wachtel-Galor S, editors. Herbal Medicine: Biomolecular and Clinical Aspects. Chapter 18. 2nd edition. Boca Raton (FL): CRC Press/Taylor & Francis, 2011.
  • LEE, Noo Ri; et al. Application of Topical Acids Improves Atopic Dermatitis in Murine Model by Enhancement of Skin Barrier Functions Regardless of the Origin of Acids. Ann Dermatol. 28. 6; 690–696, 2016
Mostrar bibliografia completa
  • WU, Jun; et al. Effective symptomatic treatment for severe and intractable pruritus associated with severe burn-induced hypertrophic scars: A prospective, multicenter, controlled trial. Burns. 42. 5; 1059-1066, 2016
  • ELSAIE, Lotfy T.; et al. Effectiveness of topical peppermint oil on symptomatic treatment of chronic pruritus. Clin Cosmet Investig Dermatol. 9. 333-338, 2016
  • LEE, Soon-Hee; et al. Effect of German chamomile oil application on alleviating atopic dermatitis-like immune alterations in mice. J Vet Sci. 11. 1; 35-41, 2010
  • LIN, Tzu-Kai; et al. Anti-Inflammatory and Skin Barrier Repair Effects of Topical Application of Some Plant Oils. Int J Mol Sci. 19. 1; 70, 2018
  • AGERO, Anna Liza C.; VERALLO-ROWELL, Vermén M. A randomized double-blind controlled trial comparing extra virgin coconut oil with mineral oil as a moisturizer for mild to moderate xerosis. Dermatitis. 15. 3; 109-16, 2004
  • DAWID-PAC, Renata. Medicinal plants used in treatment of inflammatory skin diseases. Postepy Dermatol Alergol. 30. 3; 170–177, 2013
  • HELLINGER, Roland; et al. Immunosuppressive activity of an aqueous Viola tricolor herbal extract. J Ethnopharmacol. 151. 1; 299–306, 2014
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • 6 causas de COCEIRA e como tratar - com Dr. Aline Bressan Dermatologista

    08:27 | 21728 visualizações