Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas e tratamento para Alergia nas Mãos

A alergia nas mãos é uma dermatite de contato, também chamado de eczema, que ocorre quando há contato de um agente agressor com as mãos. Os sintomas incluem vermelhidão e coceira nas mãos, e pode surgir imediatamente ou até 12 horas do contato com a substância agressora.

Os agentes agressores mais comuns são detergentes e produtos de limpeza mas outras situações que também podem causar alergia são fazer uma tatuagem com henna; usar bijuterias, como anéis e pulseiras, ou mergulhar as mãos em baldes de tinta ou solvente, por exemplo.

Sintomas de alergia nas mãos

Alergia nas mãos leveAlergia nas mãos leve
Eczema nas mãos grave Eczema nas mãos grave
Dermatite de contato após uso de tapeDermatite de contato após uso de tape
Dermatite de contato com sinais de infecção nos dedos Dermatite de contato com sinais de infecção nos dedos

Os sintomas de alergia nas mãos são coceira, vermelhidão, inchaço e descamação da pele da palma da mão e entre os dedos. Esta alergia pode ser localizada numa parte das mãos, em apenas uma mão, ou ser igual nas duas mãos ao mesmo tempo. Nos casos menos graves as mãos podem ficar apenas um pouco secas e com uma leve descamação, mas nos casos mais graves esses sintomas são mais intensos.

A alergia nas mãos pode ser confundida com a psoríase, que se manifesta com descamação da mão e ressecamento, mas por vezes, também pode ser confundida com disidrose, que causa bolinhas e intensa coceiras nas mãos, sendo por isso importante consultar o médico sempre que os sintomas de alergia nas mãos estiverem presentes.

O médico mais indicado para avaliar esse alteração é o dermatologista que pode chegar ao diagnóstico de dermatite ou eczema somente ao observar a aparência das mãos.

Tratamento para alergia nas mãos

O tratamento para alergia nas mãos, deve ser indicado pelo médico, mas em geral, aconselha-se:

  • Usar sempre luvas de borracha sempre que for lavar a louça, a roupa ou usar outros produtos de limpeza para evitar o contato direto da pele com este tipo de produtos;
  • Evitar lavar as mãos com muita frequência, mesmo se lavar somente com água, mas se for extremamente necessário, sempre aplicar uma camada de creme hidratante nas mãos logo a seguir;
  • Nos casos menos graves, quando ainda não há inflamação, usar sempre cremes hidratantes com uréia e óleos calmantes que diminuam a irritação local, nos dias em que a pele estiver mais irritada e sensível;
  • Nos casos mais graves, onde há sinais de inflamação, pode ser necessário passar alguma pomada para alergia nas mãos ou creme anti-inflamatório com corticosteroides, como betametasona, que deverá ser prescrito pelo dermatologista;
  • Quando há sinais de infecção nas mãos, o médico pode prescrever remédios como prednisona por 2 a 4 semanas;
  • Nos casos de alergia crônica, que não melhora com tratamento por 4 semanas, outros remédios podem ser indicados como azatioprina, metotrexato, ciclosporina ou alitretinoína.

Algumas complicações que podem ocorrer quando a alergia nas mãos não é devidamente tratada são a infecção bacteriana por estafilococos ou estreptococos, que podem formar pústulas, crostas e dor. Quando há dermatite nas pontas dos dedos as unhas podem ser afetadas, ficando deformadas, e além disso, a alergia pode se espalhar afetando também os antebraços e até mesmo os pés. 

O que pode causar alergia nas mãos

Geralmente a alergias nas mãos não é causada por apenas um fator, mas uma combinação de vários fatores como, a pré disposição genética, contato com produtos de limpeza potencialmente irritantes como sabão, detergente, cloro, tinta, solúveis, exposição frequente ao frio ou ao calor, e a fricção frequente da pele.

Nesse caso, os produtos removem a proteção natural da pele, levam à desidratação da pele e eliminam a camada lipídica, e tudo isso deixa a pele das mãos mais seca e desprotegida, facilitando a proliferação de microorganismos, e por isso pode haver sinais de agravamento.

As pessoas que tem maiores chances de desenvolver a dermatite de contato nas mãos são as que trabalham como pintores, cabeleireiros, em açougues, profissionais da área da saúde por terem que lavar as mãos com muita frequência, empregados de limpeza e serviços gerais pelo contato frequente com produtos de limpeza. No entanto, qualquer pessoa pode ter um quadro de alergias nas mãos ao longo da vida.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...