Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas da reação alérgica

Os sintomas do choque anafilático ou reação alérgica aparecem quando o indivíduo apresenta sensibilidade a alguma substância que pode ser inalada, engolida ou injetada.

Os sintomas caraterísticos de reação alérgica são:

  • Mal-estar geral;
  • Palpitações;
  • Formigamento;
  • Coceira e vermelhidão na pele;
  • Pulsação nos ouvidos;
  • Tosse;
  • Espirro;
  • Urticária em que aparecem manchas vermelhas e inchadas na pele do indivíduo;
  • Inchaço local, na boca, na língua ou por todo o corpo;
  • Dificuldade em engolir;
  • Dificuldade em respirar;
  • Parada cardíaca.

Além destes, os sintomas da reação alérgica medicamentosa podem ainda ser febre, dores musculares e nas articulações.

Sintomas da reação alérgica alimentar

Os sintomas da reação alérgica alimentar, além dos referidos, podem incluir:

  • Rápido inchaço da língua e garganta;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Irritação na boca, garganta, olhos ou pele;
  • Náuseas;
  • Falta de ar;
  • Cólicas estomacais;
  • Vômitos.

Os sintomas da reação alérgica podem começar imediatamente após o contato com o agente que provoca a reação, e até 2 horas após a exposição à substância agressora ou do uso do remédio que causou alergia.

As reações alérgicas graves têm o nome de anafilaxia ou reações anafiláticas e afetam todo o corpo, podendo provocar inchaço e obstrução das vias aéreas, que pode levar à morte se o paciente não for atendido rapidamente.

O que fazer em caso de reação alérgica

O que se deve fazer em caso de reação alérgica é:

  • Acalmar o indivíduo;
  • Aplicar compressas ou gaze frias se a pele estiver vermelha, inchada e com coceira;
  • Ir ao hospital.

Em reações alérgicas leves ou moderadas, normalmente o médico prescreve medicamentos anti-histamínicos, como Polaramine, para reverter a situação.

O que fazer em caso de reação alérgica grave

Em caso de reação alérgica grave, que é quando o indivíduo tem dificuldade de respirar, deve-se:

  • Ligar imediatamente para o 192;
  • Verificar se o indivíduo respira;
  • Se não respirar, fazer massagem cardíaca e respiração boca a boca;
  • Ajudar o indivíduo a tomar ou injetar o medicamento de emergência contra alergia;
  • Não dar medicamentos orais se o indivíduo estiver com dificuldade em respirar;
  • Deitar o indivíduo, levantando os pés e cobrindo com um casaco ou cobertor, exceto se suspeitar que há lesão na cabeça, pescoço, costas ou pernas.

​​Se o indivíduo já teve uma reação alérgica a uma substância, mesmo que tenha sido leve, ao ficar exposto novamente a essa substância pode desenvolver uma reação alérgica ainda mais grave.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...