8 sintomas de reação alérgica e o que fazer

Atualizado em agosto 2023

A reação alérgica pode causar sintomas como coceira ou vermelhidão na pele, espirros, tosse e coceira no nariz, olhos ou garganta. Normalmente, estes sintomas aparecem quando a pessoa apresenta uma resposta exagerada do sistema imunológico a alguma substância como ácaros, pólen, pelos de animais ou certos tipos de alimentos como leite, camarão ou amendoim.

As reações alérgicas leves a moderadas muitas vezes podem ser resolvidas com medidas simples como evitar o contato com a substância que causa a alergia ou o uso antialérgicos como dexclorfeniramina ou desloratadina, por exemplo. No entanto, deve-se procurar ajuda médica sempre que não ocorrer melhora dos sintomas em 2 dias, mesmo com o uso de antialérgicos, ou ocorrer piora dos sintomas.

Nos casos de reação alérgica grave ou choque anafilático os sintomas são mais graves, incluindo dificuldade para respirar, tonturas e inchaço na boca, língua ou garganta, e neste caso deve-se procurar atendimento médico o mais rápido possível ou o pronto-socorro mais próximo.

Imagem ilustrativa número 1

Principais sintomas

Os principais sintomas de reação alérgica incluem:

1. Espirros e coriza

Os espirros e a coriza são sintomas comuns da rinite alérgica, podendo ser desencadeados pelo contato com pó, ácaros, mofo, pólen, algumas plantas ou pelo de animais, por exemplo, já que essas situações provocam irritação e inflamação da mucosa nasal.

2. Nariz entupido

Em alguns casos de alergia, principalmente as respiratórias, há a inflamação das estruturas do nariz, de forma que pode haver a sensação de nariz entupido, além de haver maior quantidade de muco produzido, que fica acumulado.

3. Vermelhidão nos olhos ou lacrimejamento

A vermelhidão nos olhos ou lacrimejamento são sintomas de reação alérgica que pode ser causada por contato com fungos, pólen ou grama. Geralmente, esses sintomas são comuns na conjuntivite alérgica e podem ser acompanhados de coceira ou inchaço nos olhos.

4. Tosse

Em caso de alergia a fumaça, poeira, perfume ou pelos, por exemplo, é comum que exista tosse, já que há irritação na garganta.

5. Sensação de falta de ar

A sensação de falta de ar é mais comum de acontecer em caso de reação alérgica grave, em que pode haver o inchaço da garganta e inflamação do nariz, interferindo na passagem do ar e provocando a sensação de falta de ar, além de também poder haver tosse, chiado no peito e maior produção de catarro.

6. Manchas vermelhas na pele

As manchas vermelhas na pele podem aparecer em caso de alergia alimentar ou de contato, podendo acontecer em qualquer parte do corpo. As manchas podem ter formato e tamanho diferentes, além de poderem estar em alto relevo ou provocarem coceira e sensação de queimação.

7. Coceira na pele

A coceira na pele é um sintoma frequente de reação alérgica a alimentos, suor, picada de inseto, contato com ácaros, calor e ao látex, por exemplo. É comum também que além da coceira, sejam notadas pequenas manchas vermelhas no local, que podem estar inchadas e haver aumento de temperatura.

8. Dor abdominal

A dor abdominal é normalmente um sintoma de reação alérgica a alimentos, como amendoim, camarão, peixes, leite, ovo, trigo ou grão de soja, por exemplo, e podem começar imediatamente após o contato com o alimento ou até 2 horas após a sua ingestão.

Além da dor abdominal, em alguns casos, é possível também haver diarreia, náuseas, vômito e coceira na pele. Confira outros sintomas de alergia alimentar.

Sintomas de reação alérgica grave

As reações alérgicas graves, também chamadas de anafilaxia ou choque anafilático, alguns minutos após o contato com o agente responsável pela alergia, podendo afetar todo o corpo. Os principais sintomas de reação alérgica grave são inchaço da boca, língua e/ ou garganta, batimentos cardíacos acelerados, tontura, desmaio, dificuldade para respirar e suor frio. Confira outros sintomas de anafilaxia.

O que fazer

Em caso de reação alérgica, é importante identificar o agente responsável pelos sintomas e evitar o contato. Em alguns casos, pode ser interessante consultar o alergologista para que sejam realizados testes que permitem identificar mais especificamente a causa da alergia.

Para identificar melhor a causa da alergia, marque uma consulta com o alergologista mais próximo usando a ferramenta a seguir:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Alergologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Para aliviar os sintomas, é indicado lavar o nariz e os olhos com soro fisiológico e fazer uso de medicamentos anti-histamínicos de acordo com a orientação do médico. Nos casos mais intensos de alergia, o médico pode indicar o uso de medicamentos corticoides para ajudar a diminuir a inflamação mais rapidamente e, assim, melhorar os sintomas.

Em caso de reação alérgica grave, é importante que a pessoa seja encaminhada rapidamente para o hospital para que sejam tomadas as medidas necessárias para evitar complicações, sendo normalmente feito por meio da injeção de adrenalina para promover a desobstrução das vias aéreas e, assim, permitir que a pessoa volte a respirar normalmente.