Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alergia a camarão

A alergia a camarão pode acontecer imediatamente ou horas após a ingestão do camarão, com sintomas como olhos, lábios, boca e garganta inchados ou coceira na pele, por exemplo.

A alergia a camarão pode ser de dois tipos e um alergologista é o melhor médico para descobrir o tipo de alergia.

  1. Alergia à proteína dos crustáceos, que é a tropomiosina;
  2. Alergia ao conservante usado nos congelados, metabissulfito de sódio, que é um conservante utilizado na indústria alimentar para evitar o escurecimento da casca e aumentar a validade do camarão congelado.

Para indivíduos alérgicos à proteína dos crustáceo, além de ter alergia ao camarão há também grandes chances de ser alérgico a outros frutos do mar, como lagosta, lagostim, caranguejo, siri e frutos do mar e basta a ingestão de um pequeno pedaço desses alimentos para desencadear os sintomas de alergia, sendo em muitos casos necessário o encaminhamento ao pronto socorro, porque esta pode ser uma situação grave.

Quem é alérgico ao conservante nem sempre apresenta sintomas de alergia ao comer camarão fresco porque o aparecimento dos sintomas depende da quantidade ingerida do conservante. Se o camarão tiver pouca quantidade desse conservante, os sintomas podem ser muito leves ou nem mesmo se percebe. 

Sintomas de alergia a camarão

Os sintomas de alergia a camarão aparecem, geralmente, alguns minutos ou horas após o indivíduo comer o camarão e podem ser:

  • Coceira,
  • Placas vermelhas na pele,
  • Mal estar,
  • Inchaço nos olhos, lábios, boca e garganta.

Em casos mais raros a alergia pode evoluir de forma grave surgindo uma reação extrema chamada de anafilaxia, popularmente conhecida como choque anafilático. Nesses casos, o paciente tem sintomas como vermelhidão na pele, cansaço, tosse, espirro, náusea, dor abdominal, vômitos, coceira no corpo, dificuldade para respirar e queda na pressão arterial, podendo ameaçar à vida e, por isso, é necessário o atendimento de emergência.

Tratamento para alergia a camarão

O tratamento para alergia a camarão mais indicado é não comer qualquer tipo de camarão, mas o uso de anti-histamínicos e corticoides ajudam a controlar os sintomas da alergia. Em casos mais graves, de anafilaxia, são necessárias doses de adrenalina, no hospital.

O diagnóstico da alergia ao camarão é feito tendo em consideração os sintomas do paciente e é confirmado com exame de sangue ou testes de alergia na pele. Ainda não existe cura para alergia a camarão.

Veja também: Como saber se é intolerância alimentar.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...