Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alergia na pele do bebê

A alergia na pele do bebê é muito comum porque a pele dos bebês é mais fina e sensível tendo maior suscetibilidade a infecções por microrganismos.

Sintomas de alergia na pele do bebê

Os sintomas de alergia na pele do bebê podem ser coceira, manchas vermelhas ou vermelhidão áspera, úmida, seca ou escamosa com formação ou não de pequenas bolhas.

A alergia na pele do bebê, em geral, pode ser causada por contato com:

  • Tecido, como roupas de lã, sintético, náilon ou flanela;
  • Agentes químicos como talco, shampoo ou creme hidratante;
  • Sol e calor.

A alergia na pele do bebê por causa do calor pode ser brotoeja, em que ocorrem erupções muito vermelhas no pescoço, debaixo dos braços, ou na região da fralda do bebê com coceira, pois quando faz calor os poros da pele do bebê entopem devido ao suor, impedindo de o sair. Esta é a alergia na pele do bebê recém-nascido mais comum.

A alergia na pele do bebê por causa da fralda, não é verdadeiramente uma alergia, mas sim uma irritação devido à amônia, que é uma substância presente na urina que agride a pele sensível do bebê.

Como tratar a alergia na pele do bebê

Para tratar a alergia na pele do bebê, o pediatra pode indicar medicamentos anti-histamínicos e corticoides, assim como pomada para alergia na pele própria para o bebê com corticoides e um hidratante de pele especial.

O que fazer na alergia na pele do bebê também inclui, principalmente, identificar e evitar o agente causador da alergia. Por exemplo, se a reação alérgica ocorrer devido a um shampoo ou creme hidratante específicos, o tratamento consiste especialmente em não usar esses produtos e trocá-los por outros.

A alergia na pele do bebê deve ser tratada rapidamente para evitar complicações, como infecção das lesões.

Fotos de alergia na pele do bebê

Alergia na pele do bebê
Alergia na pele do bebê
Mais sobre este assunto:
Carregando
...