Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ajinomoto faz mal?

O uso de ajinomoto como tempero na cozinha não faz mal, pois estudos recentes não provaram malefícios causados pelo uso dessa substância. Em geral, o ajinomoto é visto como um vilão na cozinha por ser ligado ao surgimento de efeitos colaterais como dores de cabeça, náuseas e fome excessiva, que até o momento não foram comprovados.

Ajinomoto é o nome comercial de um tempero alimentar composto exclusivamente de glutamato monossódico, um aditivo que serve para intensificar o sabor dos alimentos, dando o gosto diferente que se pode traduzir como "saboroso" e que é característico das comidas japonesa e chinesa.

Ajinomoto faz mal?

Possíveis efeitos colaterais do Ajinomoto

Por ser feito de glutamato monossódico, o ajinomoto é ligado a efeitos colaterais como:

  • Perda do controle da saciedade, por alterar a produção do hormônio GLP-1, ligado à sensação de saciedade após as refeições;
  • Estimular um maior consumo alimentar, pois é poderoso realçador de sabor, fazendo com que se tenha vontade de comer em maior quantidade;
  • Aumento da pressão arterial, por ser rico em sódio, o mineral que altera a pressão especialmente em pessoas sensíveis ou hipertensas;
  • Dor de cabeça e enxaqueca, problemas que são notados apenas em pessoas sensíveis a essa substância.

Como até o momento não há estudos suficientes comprovando os malefícios do ajinomoto, recomenda-se que ele seja utilizado com moderação e inserido em uma alimentação equilibrada, que também não tenha excesso de sal na preparação dos alimentos.

Como usar Ajinomoto sem fazer mal para a saúde

Para ser utilizado de forma segura, o ajinomoto deve ser adicionado em pequenas quantidades nas receitas em casa, sendo importante evitar o seu consumo junto com o uso excessivo de sal, pois isso fará com que a comida fique rica em sódio, mineral que aumenta a pressão arterial.

Além disso, é preciso evitar o consumo frequente de alimentos industrializados ricos neste tempero, como tempero em cubos, sopas enlatadas, biscoitos, carnes processadas, saladas prontas e refeições congeladas. Nos rótulos dos produtos industrializados, o glutamato monossódico pode aparecer com nomes como monoglutamato de sódio, extrato de levedura, proteína vegetal hidrolisada ou E621.

Assim, com esses cuidados é possível ter a segurança de que não se vai ultrapassar a quantidade limite de glutamato monossódico para a saúde. 

Para a ajudar a controlar a pressão e realçar naturalmente o sabor dos alimentos, veja como fazer um sal de ervas no vídeo abaixo.

Veja outras dicas para reduzir o consumo de sal e controlar a pressão.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...