11 formas de aliviar a tontura e vertigem em casa

Atualizado em setembro 2023

Algumas formas de aliviar a tontura ou vertigem em casa são deitar em uma posição confortável, evitar movimentos bruscos com a cabeça e luzes fortes, além de não ingerir cafeína e fazer uma alimentação leve.

Essas medidas ajudam a aliviar a tontura ou prevenir crises de vertigem causadas por labirintite, síndrome de Ménière ou vertigem paroxística benigna, por exemplo, podendo acelerar a recuperação e complementar o tratamento médico.

No entanto, deve-se consultar o otorrinolaringologista ou clínico geral, para diagnosticar a causa da tontura ou vertigem, especialmente quando são constantes, e assim ser indicado o tratamento mais adequado. Veja outras causas de tontura.

Imagem ilustrativa número 1

11 formas de aliviar a tontura ou vertigem em casa

Algumas formas de aliviar a tontura ou a vertigem em casa são:

1. Sentar imediatamente

Ao sentir apresentar sintomas de tontura ou vertigem, é recomendado sentar-se imediatamente, de forma confortável, evitando movimentos bruscos que possam piorar a tontura.

Isto porque ao ter tonturas existe um risco aumentado de quedas, e desta forma evita-se machucados ou até fraturas ósseas.

Além disso, ao ficar em pé, é importante ter algo em que segurar ou apoiar, como uma bengala, por exemplo.

2. Deitar em uma posição confortável

Deitar em uma posição confortável e em um ambiente calmo e silencioso é muito importante para ajudar a aliviar a tontura.

De preferência, deve-se deitar de lado, pois a labirintite, síndrome de Ménière ou vertigem paroxística benigna, podem causar vômitos, que se aspirado, pode resultar em pneumonia por aspiração.

3. Evitar movimentos bruscos

Evitar movimentos bruscos ou mudanças de posição repentinas, também evita a piora da tontura ou vertigem.

Assim, é recomendado que ao se levantar da posição deitada, a pessoa primeiro sente-se na cama lentamente, e permaneça alguns minutos sentado para não piorar a tontura, e depois ficar de pé, apoiando-se em algum objeto ou bengala.

Ao mudar de posição na cama, também é importante observar se a tontura não vai piorar e caso piore, voltar à posição inicial pode aliviar a tontura.

4. Manter a cabeça parada

Manter a cabeça parada, nos primeiros dias de crise de tontura, ajudam a aliviar ou evitar que a tontura ou vertigem piorem.

Além disso, manter a cabeça parada também ajuda a reduzir as náuseas e vômitos.

5. Evitar luzes fortes

Para aliviar a tontura e a labirintite, também deve-se evitar luzes muito fortes, luz de TV, celular, computador ou tablet, pois podem piorar a tontura ou vertigem.

Além disso, também deve-se evitar a leitura, pois pode piorar os sintomas da labirintite. Saiba identificar todos os sintomas de labirintite.

6. Dormir bem

Dormir bem pode ajudar a aliviar a tontura ou vertigem mais rapidamente.

Além disso, dormir cerca de 8 horas por dia, ajuda a evitar novas crises de labirintite.

7. Parar de fumar

No caso de pessoas que têm o hábito de fumar, para aliviar a tontura e se recuperar mais rapidamente da labirintite, deve-se parar de fumar.

Além disso, durante as crises, fumar pode piorar as náuseas e vômitos. Parar de fumar também é importante para evitar crises de labirintite.

Caso a pessoa tenha dificuldade de interromper o uso de cigarros, deve-se consultar o clínico geral que pode indicar medidas para parar de fumar ou remédios, como bupropiona ou vareniclina. Veja os principais remédios para parar de fumar.

8. Evitar bebidas alcoólicas

Durante a crise de labirintite ou de vertigem por doença de Ménière, deve-se evitar consumir bebidas alcoólicas, pois podem piorar os sintomas de tontura, náuseas ou vômitos.

Assim, evitar bebidas alcoólicas ajuda a aliviar a tontura e se recuperar mais rapidamente.

9. Não ingerir cafeína

Para aliviar mais rapidamente a tontura, é importante não ingerir alimentos ou bebidas com cafeína, como café, chá preto, chá verde, coca-cola, guaraná ou chocolate, por exemplo.

Isso porque a cafeína é um estimulante e quando consumida durante a crise de labirintite ou doença de Ménière pode estimular o labirinto e piorar a tontura.

10. Evitar sal em excesso

Evitar consumir sal em excesso pode ajudar a aliviar a tontura mais rapidamente, porque o sal pode aumentar a pressão dos vasos sanguíneos, e afetar o labirinto, piorando a labirintite, doença de Ménière ou vertigem.

11. Fazer refeições leves

Fazer refeições leves, em pequenas quantidade e em intervalos mais curtos, ajudam a aliviar ou evitar que a tontura piore.

Desta forma, deve-se dar preferência para a ingestão de alimentos secos e de fácil digestão, como bolacha de água e sal, salada refogada, carnes brancas, frutas frescas ou pão integral, por exemplo.

Além disso, deve-se evitar comer doces, alimentos muito açucarados, frituras, alimentos engordurados, comidas apimentadas ou muito condimentadas, pois podem piorar os sintomas de tontura, náuseas e vômitos.

Exercícios para aliviar a tontura e vertigem em casa

Ótimos exemplos de exercícios que podem ser realizados em casa, todos os dias, para prevenir o aparecimento de crises de tonturas e vertigens são os de perseguição ocular, como por exemplo:

  1. Movimento da cabeça para os lados: sentar e segurar um objeto com uma mão, posicionando-o à frente dos olhos com o braço esticado. A seguir deve-se abrir o braço para o lado, e seguir o movimento com os olhos e com a cabeça. Repetir 10 vezes só para um lado e depois repetir o exercício para o outro lado;
  2. Movimento da cabeça para cima e para baixo: sentar e segurar um objeto com uma mão e posicionar à frente dos olhos com o braço esticado. A seguir deve-se movimentar o objeto para cima e para baixo, por 10 vezes, seguindo o movimento com a cabeça;
  3. Movimento dos olhos para os lados: segurar um objeto com uma mão, posicionando-o à frente dos olhos. Depois, movimentar o braço para o lado e, com a cabeça parada, seguir o objeto somente com os olhos. Repetir 10 vezes para cada lado;
  4. Movimento dos olhos para longe e perto: esticar o braço à frente dos olhos, segurando um objeto. Depois, fixar o objeto com os olhos e, lentamente, trazer o objeto para mais perto dos olhos até ficar a 1 palmo de distância. Afastar e aproximar o objeto por 10 vezes.

Confira estas e outras dicas no vídeo seguinte:

youtube image - COMO ACABAR COM AS TONTURAS (ou crises de vertigem)

Fisioterapia para tontura ou vertigem

Existem ainda algumas técnicas que podem ser realizadas pelo fisioterapeuta para reposicionar os cristais de cálcio dentro do ouvido interno, que contribuem para alívio das crises de tontura ou vertigem, cessando a sensação de mal-estar em poucos minutos.

Uma das técnicas mais utilizadas é a manobra de Epley, que consiste em:

  1. A pessoa deitar de barriga para cima e com a cabeça para fora da cama, fazendo uma extensão de aproximadamente 45º e manter assim por 30 segundos;
  2. Rodar a cabeça para o lado e manter a posição por mais 30 segundos;
  3. A pessoa deve virar o corpo para o mesmo lado em que está posicionada a cabeça e permanecer por 30 segundos;
  4. A seguir a pessoa deve levantar o corpo da cama, mas manter a cabeça virada para o mesmo lado por mais 30 segundos;
  5. Por último a pessoa deve virar a cabeça para frente, e permanecer parada com os olhos abertos por mais alguns segundos.

Essa manobra não deve ser realizada em caso de hérnia de disco cervical, por exemplo. E não é recomendado fazer esses movimentos sozinho, porque a movimentação da cabeça deve ser realizada de forma passiva, ou seja, por outra pessoa.

O ideal é que esse tratamento seja feito pelo médico ou fisioterapeuta, que são profissionais habilitados para realizar esse tipo de procedimento. Veja quando a manobra de Epley é indicada e como é feita.

Quando tomar remédios

O uso de remédios para tontura ou vertigem pode ser indicado pelo clínico geral, neurologista ou otorrinolaringologista, e variam de acordo com a sua causa.

No caso de labirintite, pode ser indicado o uso de flunarizina, cinarizina ou meclizina, por exemplo. Confira todos os remédios para labirintite.

Já no caso da síndrome de Ménière, pode ser indicado o uso de remédios que diminuam a vertigem, como dimenidrinato, betaistina ou hidroclorotiazida.

Quando a causa é somente a vertigem paroxística benigna não é necessária a toma de medicamentos.

Marque uma consulta com um otorrinolaringologista na região mais próxima:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Otorrinolaringologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender