Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como aliviar a sensação de tontura e vertigem em casa

Durante uma crise de tontura ou vertigem o que se deve fazer é manter os olhos abertos e olhar fixamente num ponto parado à frente. Essa é uma excelente estratégia para combater tonturas ou vertigens em poucos minutos.

No entanto, quem sofre com crises de tontura ou vertigem de forma constante deve consultar um clínico geral para tentar entender se existe alguma causa para esse sintoma, de forma a iniciar um tratamento mais específico, que pode incluir o uso de remédios, sessões de fisioterapia ou exercícios diários que podem ser feitos em casa.

Estes exercícios e técnicas podem ser indicados para tratar a sensação de tonturas ou vertigem causada por problemas como labirintite, síndrome de Menière ou vertigem paroxística benigna. Veja as 7 principais causas de tontura constante.

Como aliviar a sensação de tontura e vertigem em casa

Exercícios para aliviar a tontura/vertigem em casa 

Ótimos exemplos de exercícios que podem ser realizados em casa, todos os dias, para prevenir o aparecimento de crises de tonturas e vertigens são os de perseguição ocular, como por exemplo:

1. Movimento da cabeça para os lados: sentar e segurar um objeto com uma mão, posicionando-o à frente dos olhos com o braço esticado. A seguir deve-se abrir o braço para o lado, e seguir o movimento com os olhos e com a cabeça. Repetir 10 vezes só para um lado e depois repetir o exercício para o outro lado;

2. Movimento da cabeça para cima e para baixo: sentar e segurar um objeto com uma mão e posicionar à frente dos olhos com o braço esticado. A seguir deve-se movimentar o objeto para cima e para baixo, por 10 vezes, seguindo o movimento com a cabeça;

3. Movimento dos olhos para os lados: segurar um objeto com uma mão, posicionando-o à frente dos olhos. Depois, movimentar o braço para o lado e, com a cabeça parada, seguir o objeto somente com os olhos. Repetir 10 vezes para cada lado;

4. Movimento dos olhos para longe e perto: esticar o braço à frente dos olhos, segurando um objeto. Depois, fixar o objeto com os olhos e, lentamente, trazer o objeto para mais perto dos olhos até ficar a 1 palmo de distância. Afastar e aproximar o objeto por 10 vezes. 

Confira estas e outras dicas no vídeo seguinte:

Técnica de fisioterapia para tontura/vertigem 

Existem ainda algumas técnicas que podem ser realizadas pelo fisioterapeuta para reposicionar os cristais de cálcio dentro do ouvido interno, que contribuem para alívio das crises de tontura ou vertigem, cessando a sensação de mal-estar em poucos minutos. 

Uma das técnicas mais utilizadas é a manobra de Apley, que consiste em:

  1. A pessoa deitar de barriga para cima e com a cabeça para fora da cama, fazendo uma extensão de aproximadamente 45º e manter assim por 30 segundos;
  2. Rodar a cabeça para o lado e manter a posição por mais 30 segundos;
  3. A pessoa deve virar o corpo para o mesmo lado em que está posicionada a cabeça e permanecer por 30 segundos;
  4. A seguir a pessoa deve levantar o corpo da cama, mas manter a cabeça virada para o mesmo lado por mais 30 segundos;
  5. Por último a pessoa deve virar a cabeça para frente, e permanecer parada com os olhos abertos por mais alguns segundos.  

Essa manobra não deve ser realizada em caso de hérnia de disco cervical, por exemplo. E não é recomendado fazer esses movimentos sozinho, porque a movimentação da cabeça deve ser realizada de forma passiva, ou seja, por outra pessoa. O ideal é que esse tratamento seja feito por um profissional como o fisioterapeuta ou fonoaudiólogo, porque esses profissionais estão habilitados para realizar esse tipo de tratamento. 

Quanto tomar remédios para tontura/vertigem 

O clínico geral, o neurologista ou o otorrinolaringologista podem indicar a toma de remédios para vertigem, de acordo com a sua causa. Em caso de labirintite, por exemplo, pode ser preciso tomar Cloridrato de Flunarizina, Cinarizina ou Cloridrato de Meclizina. Já em caso de síndrome de Menière pode ser indicado o uso de remédios que diminuem a vertigem, como Dimenidrato, Betaístina ou Hidroclorotiazida. Quando a causa é somente a vertigem paroxística benigna não é necessária a toma de medicamentos. 

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem