Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Teste da orelhinha: o que é, para que serve e quando fazer

O teste da orelhinha é um teste obrigatório por lei que deve ser feito ainda na maternidade, nos bebês para avaliar a audição e detectar precocemente algum grau de surdez no bebê.

Este teste é gratuito, fácil e não machuca o bebê e é normalmente realizado durante o sono entre o 2º e 3º dia de vida do bebê. Em alguns casos, pode ser recomendado que o teste seja repetido após 30 dias, principalmente quando há maior risco de alterações auditivas, como no caso de recém-nascidos prematuros, com baixo peso ou cuja mãe teve alguma infecção durante a gravidez que não foi devidamente tratada.

Teste da orelhinha: o que é, para que serve e quando fazer

Para que serve

O teste da orelhinha tem como objetivo identificar alterações na capacidade auditiva do bebê, e, por isso, é um teste importante para o diagnóstico precoce de surdez, por exemplo. Além disso, esse teste permite identificar pequenas alterações auditivas e que poderiam interferir no processo de desenvolvimento da fala.

Assim, por meio do teste da orelhinha, o fonoaudiólogo e o pediatra podem avaliar a capacidade auditiva do bebê e, caso seja necessário, indicar o início de tratamento específico.

Como é feito o teste da orelhinha

O teste da orelhinha é um teste simples e que não causa dor ou desconforto para o bebê. Nesse teste, o médico coloca um aparelho na orelha do bebê que emite estímulo sonoro e mede o seu retorno através de uma pequena sonda que também é inserida na orelha no bebê.

Assim, em cerca de 5 a 10 minutos, o médico pode verificar se existem alterações que devem ser investigadas e tratadas. No caso de ter sido verificada alteração durante o teste da orelhinha, o bebê deve ser encaminhado para a realização de um exame de audição mais completo, para que possa ser concluído o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado.

Quando fazer

O teste da orelhinha é um teste obrigatório e é indicado logo nos primeiros dias de vida ainda na maternidade, sendo normalmente realizado entre o 2º e o 3º dia de vida. Apesar de ser indicado para todos os recém-nascidos, alguns bebês possuem maior chance de desenvolver problemas auditivos, sendo, por isso, o teste da orelhinha muito importante. Assim, o risco do bebê ter o teste da orelhinha alterado é maior quando:

  • Nascimento prematuro;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Caso de surdez na família;
  • Mal formação dos ossos da face ou que envolva a orelha;
  • A  mulher teve alguma infecção durante a gravidez, como a toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes, sífilis ou HIV;
  • Fizeram uso de antibióticos após o nascimento.

Nesses casos é importante que, independente do resultado, o teste seja repetido após 30 dias.

O que fazer se o teste da orelhinha der alterado

O teste pode dar alterado em apenas uma orelha, quando o bebê apresenta líquido no ouvido, que pode ser o líquido amniótico. Nesse caso, deve-se repetir o teste após 1 mês.

Quando o médico identifica alguma alteração nas duas orelhas, poderá indicar imediatamente que os pais levem o bebê ao otorrinolaringologista ou fonoaudiologista para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento. Além disso pode ser preciso observar o desenvolvimento do bebê, tentando perceber se ele ouve bem. Aos 7 e 12 meses de idade, o pediatra pode realizar novamente o teste da orelhinha para avaliar como está a audição do bebê.

A tabela a seguir indica como se dá o desenvolvimento auditivo da criança:

Idade do bebêO que ele deve fazer
Recém nascidoSe assusta com sons fortes
0 a 3 mesesSe acalma com sons moderadamente fortes e músicas
3 a 4 mesesPresta atenção nos sons e tenta imitar sons
6 a 8 mesesTenta descobrir de onde vem o som; fala coisas como 'dada'
12 mesescomeça a falar as primeiras palavras, como mamã e entende ordens claras, como' dá tchau'
18 mesesfala, pelo menos, 6 palavras
2 anosfala frases usando 2 palavras como ' qué água'
3 anosfala frases com mais de 3 palavras e quer dar ordens

A melhor forma de saber se o bebê não escuta bem é levá-lo ao médico para realizar exames. No consultório médico o pediatra poderá realizar alguns testes que evidenciam que a criança possui alguma deficiência auditiva e se esta for confirmada, poderá indicar o uso de um aparelho auditivo que pode ser feito sob medida.

Veja outros testes que o bebê deve fazer logo após o nascimento.

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Teste da orelhinha. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/cuidados-com-o-bebe/teste-da-orelhinha/>. Acesso em 24 Abr 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem