Sódio: o que é, para que serve e porque pode estar baixo ou alto

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
outubro 2022
  1. Para que serve
  2. Alimentos
  3. Recomendação
  4. Sódio alto ou baixo

O sódio é um mineral fundamental para as funções do organismo, pois equilibra a quantidade e a distribuição da água no corpo, ajudando, assim, a regular a pressão arterial.

Além disso, o sódio também é essencial para os impulsos elétricos no sistema nervoso, a contração muscular, o equilíbrio do pH do sangue e a absorção de nutrientes, como vitaminas, glicose e aminoácidos.

O sódio é encontrado principalmente no cloreto de sódio, conhecido como sal de cozinha. Além disso, esse mineral também pode estar presente em alimentos industrializados, como carnes processadas, conservas e molhos prontos. Veja outros alimentos processados ricos em sódio.

Para que serve

O sódio é essencial para a manutenção das funções do organismo, sendo as principais:

  • Regular a pressão arterial, já que equilibra a quantidade e distribuição de água que entra e que sai das células;
  • Promover a absorção de nutrientes, porque permite a entrada de glicose, vitaminas e aminoácidos para dentro das células;
  • Estimular os impulsos nervosos, permitindo a transmissão de informações entre as células do sistema nervoso e todo o corpo;
  • Ajudar na contração muscular, já que grande quantidade de sódio é transportada para o interior das células musculares, estimulando a contração dos músculos e do coração;
  • Equilibrar o pH do sangue, que é fundamental para o bom funcionamento das células do corpo.

Embora seja um mineral essencial para o organismo, o consumo excessivo de sódio é prejudicial à saúde e pode causar doenças como pressão alta, infarto e AVC.

Alimentos fonte de sódio

O cloreto de sódio, ou sal de cozinha, é o alimento que contém maiores quantidades de sódio. Esse mineral também pode ser encontrado, em menores quantidades, em alimentos como carnes, ovos, leite e derivados, peixes e frutos do mar, algas e beterraba.

Além disso, o sódio também pode ser encontrado em grandes quantidades nos produtos processados, como carnes defumadas, refrigerantes, sorvetes, molhos prontos, temperos em cubos, biscoitos, vegetais em conserva e refeições do tipo fast-food, por exemplo. Conheça outros alimentos processados que contêm sódio.

Ingestão diária recomendada

A ingestão diária recomendada de sódio por dia varia de acordo com a idade da pessoa, como explicado a seguir:

  • De 0 a 6 meses: 110 mg;
  • De 7 meses a 1 ano: 370 mg;
  • De 1 a 3 anos: 800mg;
  • De 4 a 8 anos: 1000mg;
  • De 9 a 13 anos: 1200mg;
  • De 14 anos em diante: 1500 mg.

Além disso, a Organização Mundial da Saúde recomenda a ingestão máxima de 5g de sal por dia, o que equivale a aproximadamente 2g de sódio, para ajudar a prevenir o surgimento de doenças cardiovasculares, como pressão alta, infarto e AVC.

Quando o sódio fica alto ou baixo

Algumas situações, como vômitos, diarreia, suor excessivo ou insuficiência renal podem alterar os níveis de sódio no sangue.

Os valores ideais de sódio variam entre 135 a 145 mEq/L, que podem ser verificados através de um exame de sangue para a dosagem desse mineral.

Sódio alto

O sódio alto no sangue, conhecido como hipernatremia, é uma condição que pode acontecer devido à situações que causam a perda de água pelo corpo como diarreia, vômitos, suor excessivo e doenças que aumentam o volume de urina, como diabetes insipidus ou problemas renais.

Na maioria dos casos, o sódio alto no sangue não causa sintomas. Entretanto, quando a alteração é muito grave, alguns sintomas podem surgir como aumento da sede, sonolência, aumento nas contrações musculares e convulsões.

Sódio baixo

O sódio baixo, ou hiponatremia, é a diminuição de sódio no sangue que pode ser causada por situações que reduzem a eliminação de água pelo corpo ou que aumentam o volume de água no sangue, como excesso de açúcar no sangue, insuficiência renal, uso de alguns remédios e consumo excessivo de líquidos.

O sódio baixo no sangue pode causar sintomas como dor de cabeça, enjoo e sonolência. Além disso, se não for tratado, o excesso de sódio no sangue também pode causar convulsões e coma.

Dicas para evitar o excesso de sódio

A ingestão excessiva de sódio pode causar alguns problemas de saúde como pressão alta, AVC, insuficiência cardíaca e infarto, por exemplo. Por isso, algumas dicas para evitar o consumo excessivo de sódio na alimentação são:

  • Evitar refrigerantes e sucos de caixinha ou garrafa;
  • Diminuir a quantidade de sal adicionado às refeições;
  • Evitar carnes processadas, como linguiça, presunto, mortadela e carne seca;
  • Evitar temperos e molhos industrializados, como molho de salada, temperos em cubo e ketchup.

Além disso, é aconselhado também sempre ler os rótulos dos alimentos para verificar a quantidade de sódio de cada produto. Veja como verificar os rótulos dos alimentos.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em outubro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE: MEDLINEPLUS. Sodium in diet. Disponível em: <https://medlineplus.gov/ency/article/002415.htm>. Acesso em 16 set 2022
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Salt intake. Disponível em: <https://www.who.int/data/gho/indicator-metadata-registry/imr-details/3082>. Acesso em 16 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • EUROPEAN FOOD INFORMATION COUNCIL. Sodium: foods, functions, how much do you need and more. Disponível em: <https://www.eufic.org/en/vitamins-and-minerals/article/sodium-foods-functions-how-much-do-you-need-more>. Acesso em 16 set 2022
  • NATIONAL INSTITUTE OF HEALTH - OFFICE OF DIETARY SYPLEMENTS. Nutrient Recommendations: Dietary Reference Intakes (DRI). 2011. Disponível em: <https://ods.od.nih.gov/HealthInformation/Dietary_Reference_Intakes.aspx>. Acesso em 16 set 2022
  • ILSI BRASIL - INTERNATIONAL LIFE SCIENCES INSTITUTE DO BRASIL. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes - Sódio. 2017. Disponível em: <https://ilsibrasil.org/wp-content/uploads/sites/9/2017/07/Fasc%C3%ADculo-S%C3%93DIO.pdf>. Acesso em 16 set 2022
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.