Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 sinais que podem indicar parada cardíaca

Os sintomas clássicos de uma parada cardíaca são uma forte dor no peito que leva à perda da consciência e o desmaio, que faz com que a pessoa fique inanimada.

No entanto, antes disso, podem surgir outros sinais que alertam para uma possível parada cardíaca:

  1. Dor forte no peito que vai piorando ou que irradia para as costas, braços ou mandíbula;
  2. Falta de ar ou dificuldade em respirar;
  3. Dificuldade em falar de forma clara;
  4. Formigamento no braço esquerdo;
  5. Palidez e cansaço excessivo;
  6. Náuseas e tonturas frequentes;
  7. Suores frios.

Quando surgem vários destes sinais, existe um maior risco de acontecer uma parada cardíaca e, por isso, é importante ir imediatamente para o pronto-socorro ou chamar uma ambulância. Caso a pessoa desmaie é importante avaliar se está respirando. Se a pessoa não estiver respirando, deve-se iniciar a massagem cardíaca.

A parada cardíaca também pode ser conhecida como parada cardiorrespiratória ou parada cardíaca súbita e acontece quando o coração deixa de bater.

Primeiros socorros para parada cardíaca

Nos casos em que a pessoa apresenta sintomas de parada cardíaca e depois desmaia é aconselhado:

  1. Chamar uma ambulância, ligando para o 192;
  2. Avaliar se a pessoa está respirando, colocando o rosto perto do nariz e da boca para ouvir os sons da respiração e, ao mesmo tempo, olhando para o peito, para observar se está subindo e descendo:
    1. Se houver respiração: colocar a pessoa em posição lateral de segurança, esperar a chegada da ajuda médica e ir verificando regularmente a respiração;
    2. Se não houver respiração: virar a pessoa de barriga para cima numa superfície dura e iniciar a massagem cardíaca.
  3. Para fazer a massagem cardíaca:
    1. Colocar as duas mãos no centro do peito com os dedos entrelaçados, no ponto médio entre os mamilos;
    2. Fazer compressões mantendo os braços esticados e empurrando o peito para baixo até que as costelas desçam cerca de 5 cm;
    3. Manter as compressões até a chegada da ajuda médica num ritmo de 2 compressões por segundo.

A respiração boca a boca pode ser feita a cada 30 compressões, fazendo-se 2 inalações para o interior da boca da vítima. No entanto, esse passo não é necessário, podendo ser ignorado caso a vítima seja uma pessoa desconhecida ou não se sinta à vontade para fazer a respiração. No caso de não ser feita a respiração boca a boca, as compressões devem ser feitas continuamente até a chegada da equipe médica.

Veja um vídeo de como fazer a massagem cardíaca:

Quem tem maior risco de parada cardíaca

Embora possa acontecer sem causa aparente, a parada cardíaca é mais frequente em pessoas com doenças do coração, como:

  • Doença coronária;
  • Cardiomegalia;
  • Arritmia cardíaca maligna não tratada;
  • Problemas nas valvas cardíacas.

Além disso, o risco de parada cardíaca também é maior em pessoas que fumam, que têm um estilo de vida sedentário, que têm pressão alta descontrolada ou que fazem uso de substâncias ilícitas.

Veja como reduzir o seu risco de sofrer uma parada cardíaca.

Sequelas da parada cardíaca

A principal sequela da parada cardíaca é a morte, no entanto nem sempre uma parada cardíaca deixa sequelas, pois elas são mais frequentes nas vítimas que ficaram muito tempo na ausência de batimentos cardíacos, pois são os batimentos que levam o oxigênio através do sangue para todos os órgãos, inclusive o cérebro.

Assim, se a vítima for atendida rapidamente, há uma menor probabilidade de ocorrer sequelas, mas isso também vai depender da saúde em geral. Algumas vítimas de parada cardíaca podem ter sequelas como uma alteração neurológica, dificuldade na fala e alterações de memória.

Bibliografia >

  • HEART FOUNDATION. Cardiac arrest. Disponível em: <https://www.heartfoundation.org.nz/your-heart/heart-conditions/cardiac-arrest>. Acesso em 27 Nov 2020
  • NATIONAL HEART, LUNG AND BLOOD INSTITUTE. Sudden Cardiac Arrest. Disponível em: <https://www.nhlbi.nih.gov/health-topics/sudden-cardiac-arrest>. Acesso em 27 Nov 2020
  • STATPEARLS. Cardiac Arrest. 2020. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK534866/>. Acesso em 27 Nov 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem