Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

10 Sintomas da Gripe H1N1

Os sintomas da gripe H1N1 são muito semelhantes aos da gripe comum, mas surgem de forma repentina e com maior intensidade, podendo aparecer febre alta, forte dor de cabeça e dificuldade para respirar.

Esta gripe é transmitida pelo contato com pessoas doentes, mas pode causar complicações como pneumonia se não for tratada adequadamente, por isso em caso de suspeita deve-se ir ao médico para saber como tratar e evitar transmitir a doença para outras pessoas.

10 Sintomas da Gripe H1N1

Os 10 sintomas mais importantes que esta gripe pode provocar, e que diferenciam esta doenças da gripe comum, são::

  1. Febre repentina que supera os 38° C;
  2. Tosse intensa;
  3. Dor de cabeça constante;
  4. Dor nas articulações e nos músculos;
  5. Falta de apetite;
  6. Calafrios frequentes;
  7. Nariz entupido, espirros e falta de ar;
  8. Náuseas e vômitos
  9. Diarreia;
  10. Mal estar geral.

O médico clínico geral pode indicar se é preciso fazer algum exame para identificar a doença e se existem complicações associadas e o tratamento mais indicado para cada pessoa, sendo que quem sofre com problemas respiratórios como Asma, Bronquite ou Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) deve ser avaliado por um pneumologista.

10 Sintomas da Gripe H1N1

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da gripe H1N1 é feito principalmente através de um exame clínico feito pelo médico dos sintomas apresentados. Além disso, a presença desta doença pode ser confirmada através da análise das secreções do nariz e da garganta do paciente para confirmar a presença do vírus, que deve ser feita nas primeiras 24 a 72 horas a partir do início dos sintomas. Saiba diferenciar os sintomas desta doença com a zika aqui.

Gripe H1N1 em bebês e crianças

Em bebês e crianças, esta gripe provoca os mesmo sintomas que nos adultos, mas é mais comum a ocorrência dor de barriga e diarreia. Para identificar esta doença, deve-se estar atento ao aumento do choro e da irritabilidade nos bebês e desconfiar quando a criança disser que o corpo todo dói, pois pode ser sinal das dores de cabeça e musculares causadas por esta gripe.

Em casos de febre, tosse e irritabilidade persistente, deve-se entrar em contato com o pediatra para iniciar logo o tratamento adequado, pois os remédios para são mais eficazes quando utilizados nas primeiras 48 horas da doença.

O tratamento pode ser feito em casa, mas é importante evitar o contato com outros bebês e crianças para que não ocorra a transmissão da doença, sendo recomendado evitar a creche ou a escola por pelo menos 8 dias.

Saiba como a alimentação pode ajudar a curar esta gripe mais rápido no vídeo a seguir.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...