Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

10 sintomas de gripe H1N1 e como diferenciar da gripe comum

A gripe H1N1, também conhecida como gripe suína, é facilmente transmitida de pessoa para pessoa e está associada com complicações respiratórias, como a pneumonia, quando não identificada e tratada corretamente. Por isso, é importante que a pessoa esteja atenta aos sintomas de gripe H1N1 para que possa ser iniciado o tratamento logo em seguida. Os principais sintomas indicativos de gripe H1N1 são:

  1. Febre repentina que supera os 38° C;
  2. Tosse intensa;
  3. Dor de cabeça constante;
  4. Dor nas articulações e nos músculos;
  5. Falta de apetite;
  6. Calafrios frequentes;
  7. Nariz entupido, espirros e falta de ar;
  8. Náuseas e vômitos
  9. Diarreia;
  10. Mal estar geral.

De acordo com os sintomas apresentados pela pessoa, o clínico geral ou pneumologista pode indicar se é preciso fazer algum exame para identificar a doença e verificar a existência de complicações associadas e o tratamento mais indicado.

10 sintomas de gripe H1N1 e como diferenciar da gripe comum

Qual a diferença entre gripe H1N1 e gripe comum?

Apesar da gripe H1N1 e a gripe comum serem parecidas, no caso da gripe H1N1 é a dor de cabeça é mais intensa e pode haver também dor nas articulações e falta de ar. Além disso, a infecção pelo vírus responsável pela gripe H1N1 está associada a algumas complicações respiratórias, principalmente em crianças, idosos e pessoas que têm o sistema imunológico mais enfraquecido.

Por isso, é normalmente indicado pelo médico que a gripe H1N1 seja tratada com antivirais para que seja possível prevenir as complicações. Por outro lado, a gripe comum não necessita de tratamento específico, sendo apenas indicado o repouso e alimentação saudável, isso porque o sistema imunológico é capaz de combater a doença naturalmente, não havendo risco de complicações.

Diferentemente da gripe H1N1, a gripe comum não a presença dor nas articulações, a dor de cabeça é mais tolerável, não há falta de ar e há produção de grande quantidade de secreções.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da gripe H1N1 é feito principalmente através de um exame clínico feito pelo clínico geral, infectologista ou pneumologista em que são avaliados os sinais e sintomas apresentados pela pessoa.

Além disso, nos casos mais graves em que há comprometimento da capacidade respiratória, pode ser recomendada a realização da análise das secreções do nariz e da garganta para confirmar o tipo de vírus e, assim, ser indicado o tratamento mais adequado caso haja necessidade.

Gripe H1N1 em bebês e crianças

Em bebês e crianças, a gripe H1N1 leva ao aparecimento dos mesmos sintomas que nos adultos, no entanto é comum também que seja verificada a ocorrência dor de barriga e diarreia. Para identificar esta doença, deve-se estar atento ao aumento do choro e da irritabilidade nos bebês e desconfiar quando a criança disser que o corpo todo dói, pois pode ser sinal das dores de cabeça e musculares causadas por esta gripe.

Em casos de febre, tosse e irritabilidade persistente, deve-se entrar em contato com o pediatra para iniciar logo o tratamento adequado, pois os remédios para são mais eficazes quando utilizados nas primeiras 48 horas da doença.

O tratamento pode ser feito em casa, mas é importante evitar o contato com outros bebês e crianças para que não ocorra a transmissão da doença, sendo recomendado evitar a creche ou a escola por pelo menos 8 dias.

Saiba como a alimentação pode ajudar a curar a gripe H1N1 mais rápido no vídeo a seguir.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem