Falta de cálcio: sintomas e como aumentar a absorção

A falta de cálcio no organismo, também chamada de hipocalcemia, normalmente não causa qualquer tipo de sintoma nas fases iniciais. No entanto, à medida que a condição se agrava, podem começar a surgir vários sinais e sintomas como debilidade dos ossos, problemas nos dentes ou palpitações cardíacas. Além disso, com a falta de cálcio, também podem começar a surgir doenças como osteopenia, osteoporose ou raquitismo, por exemplo.

O cálcio é um mineral fundamental para o bom funcionamento do organismo, principalmente para o funcionamento do sistema nervoso e saúde óssea, e está presente em vários alimentos como iogurte, leite, queijo, espinafre, tofu e brócolis, que devem ser consumidos diariamente para manter uma quantidade adequada de cálcio no organismo.

Falta de cálcio: sintomas e como aumentar a absorção

Sintomas de falta de cálcio

Os sintomas relacionado à deficiência desse nutriente no corpo são: 

  • Falta de memória;
  • Confusão;
  • Espasmos musculares;
  • Câimbras;
  • Formigamento nas mãos, nos pés e no rosto;
  • Depressão;
  • Alucinações;
  • Fraqueza dos ossos;
  • Irritabilidade, nervosismo e ansiedade;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Cáries e problemas frequentes nos dentes.

O diagnóstico da falta de cálcio no corpo é feito através de um exame de sangue convencional, no entanto, para saber se os ossos estão fracos, é necessário a realização de um exame que se chama de densitometria óssea. Veja como é feita a densitometria óssea.

Principais causas da falta de cálcio

As principais causas da falta de cálcio no corpo são a baixa ingestão de alimentos ricos neste mineral, alterações hormonais e o hipoparatireoidismo. No entanto, algumas situações que afetam a absorção de nutrientes também podem estar na deficiência de cálcio, como pancreatite e algumas síndromes genéticas.

Além disso, a falta de vitamina D também pode causar deficiência de cálcio, uma vez que esta vitamina é essencial para a absorção do cálcio a nível intestinal. Alguns medicamentos como a amilorida, por exemplo, que é um diurético usado em casos de pressão alta, também podem ter a falta de cálcio como efeito colateral.

Como aumentar a absorção de cálcio

Para aumentar a absorção de cálcio no intestino e a sua utilização pelo organismo, além de aumentar o consumo de alimentos ricos nesse nutriente também se deve aumentar o consumo de vitamina D, que está presente em alimentos como peixes, leite e ovos. Veja alguns exemplos de alimentos ricos em cálcio e alimentos ricos em vitamina D.

Além disso, para aumentar as concentrações de vitamina D no organismo, também é recomendado aumentar o tempo de exposição solar da pele ao sol, sem proteção solar. No entanto, o mais recomendado é fazer 15 minutos por dia, para evitar complicações graves, como câncer de pele.

A prática frequente de atividade física também aumenta a absorção e fixação de cálcio nos ossos, sendo importante ainda ter cuidado com alguns medicamentos que podem diminuir a absorção de cálcio, como antibióticos (fluoroquinolonas e tetraciclinas), diuréticos (hidroclorotiazida e furosemida) e antiácidos que contenham alumínio.

Em casos de deficiência comprovada de cálcio, em que a alimentação e os cuidados anteriores não são suficientes, o médico pode receitar o uso de um suplementos em cápsulas de carbonato de cálcio, de fosfato de cálcio ou de citrato de cálcio. Saiba mais sobre os suplementos de cálcio.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • COZZOLINO Silvia. Biodisponibilidade de nutrientes. 4º. Brasil: Manole Ltda, 2012. 579-606.
  • SHILS Maurice. Nutrición en Salud y Enfermedad. 9º. México: Mc Graw Hill, 2006. 165-182.
Mais sobre este assunto: