Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de angústia

A angústia é um sentimento que está relacionado com situações que acontecem na vida da pessoa e que trazem muitas preocupações, como saber o diagnóstico de uma doença, perder um familiar ou ter um desgosto amoroso, por exemplo e é uma manifestação emocional que perturba e incomoda e, normalmente, deriva de sentimentos de frustração, culpa, insegurança ou ingratidão, por exemplo.

Alguns dos sintomas de angústia incluem:

  • Dor no peito e na garganta, com sensação de aperto;
  • Batimentos do coração rápidos e descontrolados;
  • Sensação de sufocamento, com dificuldade em respirar;
  • Inquietação e desassossego constante;
  • Dor de cabeça permanente;
  • Pensamentos negativos;
  • Ataques de ansiedade. Saiba o que é uma crise de ansiedade.

Além destes sintomas comuns de angústia, a pessoa pode sentir outros, que podem ser confundidos com depressão e que perturbam o dia-a-dia, como apatia, falta de apetite, insônia, dificuldades de concentração, ter contraturas musculares, dores no corpo e cansaço constante.

Sintomas de angústia

Como tratar a angústia

Para tratar a angústia, é necessário resolver a causa que está na sua origem, de forma a eliminar todos os sintomas. Além de resolver a causa da angústia, existem formas de a atenuar, nos momentos em que os sintomas se manifestam.

Algumas das formas de atenuar a angústia é aprender a controlar a respiração, tentando respirar de forma profunda e lenta pelo nariz, levando o ar até ao abdômen e deitando o ar fora e suavemente através da boca e substituir pensamentos negativos por pensamentos positivos, registando ambos num papel.

Além disso, podem ainda ser praticados diariamente alguns hábitos que ajudam a pessoa a relaxar e a reduzir os períodos de angústia, como fazer exercícios de relaxamento,como meditar ou alongar, tomar um banho quente ou pedir para um familiar fazer uma massagem nas costas, descansar em um quarto escuro e sem ruído e beber um chá calmante, como de camomila, valeriana ou um suco de maracujá, por exemplo. Conheça outros chás relaxantes que ajudam a controlar a ansiedade e a dormir melhor.

Em alguns casos, principalmente quando a angustia é profunda e constante, pode ser necessário ir no médico ou psicólogo para avaliar a situação e adequar o tratamento, que geralmente inclui sessões de psicoterapia e, em alguns casos, pode ser também necessário o uso de remédios para diminuir a ansiedade.

Assista o vídeo seguinte e veja mais dicas que ajudam a controlar o estresse e ansiedade e a acabar com a angústia:

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar