10 sintomas de anemia e como confirmar

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
dezembro 2021
  1. Teste online
  2. Exames
  3. Tratamento

Os sintomas iniciais da anemia geralmente são leves e nem sempre são percebidos, e acontecem devido à diminuição dos níveis de hemoglobina no sangue, um componente dos glóbulos vermelhos que tem como principal função transportar oxigênio por todo o organismo.

Assim os principais sintomas da anemia incluem:

  1. Cansaço frequente;
  2. Palidez da pele, gengivas e parte interna do olho;
  3. Falta de disposição;
  4. Dor de cabeça constante;
  5. Unhas e cabelos fracos;
  6. Falta de apetite;
  7. Problemas de memória ou dificuldade de concentração;
  8. Vontade de comer coisas que não são comestíveis, como tijolo ou terra, por exemplo;
  9. Tonturas;
  10. Alteração do batimento cardíaco, em alguns casos.

A anemia pode acontecer devido à diminuição dos níveis de hemoglobina, que pode ser causada por alguns fatores, como alimentação pobre em ferro, dificuldade de absorção de ferro ou menstruação excessiva. Conheça as principais causas e veja como evitar a anemia.

Teste de sintomas

Se acha que pode estar com anemia, selecione os sinais e sintomas a seguir para saber o seu risco:

  1. 1.Falta de energia e cansaço excessivo
  2. 2.Pele pálida
  3. 3.Falta de disposição e baixa produtividade
  4. 4.Dor de cabeça constante
  5. 5.Irritabilidade fácil
  6. 6.Vontade inexplicável de comer algo estranho como tijolo ou barro
  7. 7.Perda de memória ou dificuldade para se concentrar

Na presença de sinais e sintomas de anemia, é importante passar por uma consulta com o clínico geral para que sejam realizados exames de sangue que ajudem a identificar a possível causa da anemia e seja indicado o tratamento mais adequado para aliviar os sintomas e prevenir complicações. Conheça os principais tratamentos para anemia.

Como confirmar a anemia

Para confirmar a anemia é necessário fazer um exame de sangue para avaliar os níveis de hemoglobina. Além disso, o médico também pode indicar exames para avaliar os níveis de ferro, vitamina B12 e ácido fólico no sangue, além de exames que ajudam a avaliar o funcionamento do fígado e dos rins. Conheça todos os exames indicados para confirmar a anemia.

Os valores de hemoglobina que indicam anemia variam de acordo com a idade e se a mulher está grávida ou não. É considerada anemia quando os níveis de hemoglobina no sangue são menores que 12 g/dL em mulheres, menor que 13 g/dL em homens e abaixo de 11g/dL em mulheres grávidas.

Como combater a anemia

O tratamento da anemia normalmente é feito com o aumento do consumo de alimentos ricos em ferro, como carnes vermelhas, feijão e beterraba, e , em casos mais graves, o médico também pode recomendar o uso de suplementos de ferro ou a transfusão de sangue.

O que comer

Para combater a anemia é importante comer mais alimentos fonte de ferro, como carnes vermelhas, miúdos, como fígado e coração, frango, peixes, frutos do mar, espinafre, brócolis e sementes de abóbora. Saiba como comer mais alimentos fonte de ferro.

Além disso, é recomendado também comer, de preferência na mesma refeição, alimentos fonte de vitamina C, como caju, acerola, abacaxi e goiaba, que ajudam a aumentar a absorção de ferro no organismo. Veja uma lista de alimentos ricos em vitamina C.

Suplemento de ferro

Para o tratamento da anemia moderada ou grave o médico pode recomendar o uso de suplemento de ferro elementar, como sulfato ferroso, gluconato ferroso ou hidróxido de ferro da seguinte forma:

  • Crianças menores de 5 anos: 3 mg de ferro / Kg de peso corporal por dia, por 3 meses;
  • Adultos: 120 mg de ferro por dia, por 3 meses;
  • Gestantes: 60 mg de ferro, 2 vezes ao dia, até a normalização dos níveis de hemoglobina.

Para melhor absorção do ferro, o suplemento deve ser tomado junto do almoço ou jantar, preferencialmente com uma fruta cítrica, como laranja, limão ou tangerina.

Veja no vídeo a seguir outras sugestões para melhorar a absorção de ferro e combater a anemia mais rápido:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em dezembro de 2021. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em dezembro de 2021.

Bibliografia

  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Haemoglobin concentrations for the diagnosis of anaemia and assessment of severity. 2011. Disponível em: <https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/85839/WHO_NMH_NHD_MNM_11.1_eng.pdf?sequence=22&isAllowed=y>. Acesso em 21 dez 2021
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE E DA SEGURANÇA SOCIAL - UNICEF. Protocolo de suplementação em ferro e ácido fólico, vitamina "A" e fortificação com vitaferro. 2019. Disponível em: <https://www.minsaude.gov.cv/index.php/documentosite/direcao-nacional-de-saude/programa-nacional-de-nutricao-saude-oral-e-escolas-promotoras-da-saude/540-protocolo-de-suplmentacao-em-ferro-folico-vitamina-a-e-fortificacao-com-vitaferro/file>. Acesso em 21 dez 2021
Mostrar bibliografia completa
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Programa Nacional de Suplementação de Ferro Manual de Condutas Gerais. 2013. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_suplementacao_ferro_condutas_gerais.pdf>. Acesso em 21 dez 2021
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 3 dicas simples para curar a ANEMIA rápido

    05:57 | 429366 visualizações
  • Tratamento para Anemia

    03:04 | 1295215 visualizações