Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas dos principais tipos de Anemia

A anemia é uma doença caracterizada pela diminuição de hemoglobina na corrente sanguínea, o que pode ter diversas causas, desde uma alteração genética até a má alimentação. Elas, geralmente, produzem sintomas semelhantes como tontura, palidez, dor de cabeça, fraqueza, peles e mucosas ressecadas.

Para identificar e confirmar o diagnóstico de anemia, o médico geralmente pede uma análise de sangue para avaliar a quantidade de hemoglobina, sendo considerado anemia quando o valor é menor que 12 g/dL em mulheres ou 13 g/dL em homens. Depois, pode ser necessário fazer outros exames, como eletroforese da hemoglobina, contagem de reticulócitos ou exame de fezes, para identificar o tipo correto da anemia, e iniciar o tratamento adequado.

Seja qual for a anemia que o indivíduo possui, ela precisa de tratamento. Isso porque quando não tratadas, podem desenvolver complicações que resultam em danos cerebrais irreversíveis, como demência, AVC e problemas cardiovasculares, por exemplo. A talassemia também um tipo de anemia, mas é genética e não tem cura. Veja como identificar a talassemia.

Sintomas dos principais tipos de Anemia

1. Anemias macrocíticas

As anemias macrocíticas são aquelas em que as hemácias apresentam um tamanho maior do que o normal, sendo normalmente visto no exame VCM (Volume Corpuscular Médio) acima do valor de referência, que é entre 80 e 100 fl. Os principais tipos de anemias macrocíticas são:

Anemia megaloblástica

É um tipo de anemia caracterizado pelo tamanho anormal dos glóbulos vermelhos e diminuição dos glóbulos brancos e plaquetas, provocado pela baixa ingestão de vitamina B12, mais comum em vegetarianos. Além dos sintomas clássicos, pode surgir dor na barriga, queda de cabelo, cansaço e feridas na boca, por exemplo.

Como tratar: aumento da ingestão de alimentos com vitamina B12, como ostras, salmão e bife de fígado ou uso de suplementos de vitamina B12, comprados na farmácia. Entenda melhor como é feito o tratamento.

Anemia de Fanconi

É outro tipo de anemia genética caracterizado pelo tamanho anormal dos glóbulos vermelhos e diminuição dos glóbulos brancos e plaquetas, provocado pela deficiência de vitamina B12. Os sintomas incluem dor na barriga, queda de cabelo, cansaço e feridas na boca, por exemplo.

Como tratar: normalmente o tratamento é iniciado com o uso de corticoides, mas pode ser necessário realizar transfusões de sangue e até transplante de medula, nos casos mais graves. Saiba mais sobre os tipos de tratamento.

Anemia perniciosa

Este é um tipo de anemia megaloblástica que acontece quando a pessoa ingere vitamina B12, mas o corpo não consegue absorvê-la, podendo resultar em graves danos neurológicos, se não houver o tratamento adequado.

Como tratar: devido à dificuldade em absorver a vitamina B12, o tratamento deve ser feito com injeções da vitamina diretamente na veia ao longo do ano. Descubra como identificar e tratar a anemia perniciosa.

Saiba mais sobre a anemia perniciosa no vídeo a seguir:

2. Anemias microcíticas

As anemias microcíticas são aquelas em que as hemácias possuem tamanho menor que o normal, apresentando diminuição do VCM e da concentração de hemoglobina dentro das hemácias. As principais anemias microcíticas são:

Anemia ferropriva

É um dos tipos mais comuns de anemia, que é causado pela baixo consumo de alimentos com ferro, como carne vermelha, ovo ou espinafre. No entanto, este tipo de anemia também pode surgir após uma hemorragia ou menstruação severa, devido à perda de ferro pelo sangue.

Como tratar: geralmente é tratada com uma alimentação rica em alimentos com ferro e suplementação de ferro. Apenas nos casos mais graves é necessário fazer transfusão de sangue. Saiba mais sobre este tipo de anemia e como tratar.

Talassemia

A talassemia é um tipo de anemia microcítica causada por alterações genéticas que resultam em defeitos no processo de síntese da hemoglobina, podendo causar fadiga, irritabilidade, atraso no crescimento, falta de apetite e enfraquecimento do sistema imunológico, por exemplo.

A talassemia pode ser classificada em alguns tipos de acordo com a cadeia da hemoglobina que teve seu desenvolvimento prejudicado, podendo fazer com que os sintomas apresentados pela pessoa sejam menos ou mais graves. Saiba como identificar cada tipo de talassemia.

Como tratar: é importante identificar qual o tipo de talassemia para que seja iniciado o tratamento e, assim, possa-se evitar a progressão da doença. Além disso, é importante que seja feita uma dieta adequada para melhorar a qualidade de vida e garantir a sensação de bem-estar. Veja como fazer a alimentação para talassemia.

Sintomas dos principais tipos de Anemia

3. Anemias normocíticas

As anemias normocíticas são aquelas em que o tamanho das hemácias é normal, sendo o resultado do VCM e HCM próximos ao limite do normal ou apresentam pouca variação em relação aos valores normais. Os principais tipos de anemia normocítica são:

Anemia hemolítica

Este tipo de anemia produz anticorpos que destroem as células sanguíneas. Ela é mais comum em mulheres do que em homens e gera sintomas como palidez, tontura, marcas roxas na pele, pele e olhos secos e outros. Veja outros sintomas deste tipo de anemia.

Como tratar: felizmente, esta anemia tem cura e esta pode ser alcançada com o uso de corticoides ou remédios imunossupressores. Em alguns casos, pode ser necessário fazer cirurgia para remover uma parte do baço.

Anemia falciforme

É uma anemia genética causada pela destruição das células vermelhas do sangue o que gera sintomas como icterícia, inchaço nas mãos e nos pés e dor em todo o corpo.

Como tratar: o tratamento é feito com remédios para aliviar os sintomas de cada pessoa, uma vez que não existe um tratamento capaz de curar este tipo de anemia. Saiba mais sobre a anemia falciforme e os diferentes tratamentos usados.

Anemia aplástica

É uma doença auto-imune onde a medula óssea diminui a produção de células sanguíneas, causando sintomas como manchas roxas na pele, hematomas frequentes e sangramentos que demoram muito para parar. Entenda melhor este tipo de anemia, o diagnóstico e o tratamento.

Como tratar: seu tratamento é feito com transplante de medula óssea e transfusão de sangue, quando não é devidamente tratada, pode levar à morte em menos de 1 ano.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem