Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas da doença do legionário

Os sintomas da pneumonia causada pela Legionella pneumophila são parecidos com os da gripe e podem demorar até 10 dias para se manifestar após a entrada desta bactéria no sistema respiratório.

Seus sintomas podem ser:

  • Dor no peito;
  • Febre alta;
  • Tosse seca, mas que pode conter sangue;
  • Dificuldade para respirar e falta de ar;
  • Calafrios;
  • Mal-estar;
  • Dor de cabeça;
  • Vômitos, dor abdominal e diarreia.

A legionella não se transmite de pessoa para pessoa e o seu diagnóstico pode ser feito pelo pneumologista através da observação dos sintomas e através dos exames de análise das secreções respiratórias, raio X do tórax, exame de urina e do hemograma, que pode evidenciar aumento dos glóbulos brancos.

Sintomas da doença do legionário

O que causa legionella

A legionella, ou doença do legionário, é uma infecção causada pela entrada da bactéria Legionella pneumophila no sistema respiratório. Este tipo de bactéria se multiplica facilmente em ambientes úmidos e quentes, como banheiras e ar condicionados, devendo-se, por isso, manter esses locais bem lavados ou com a revisão em dia.

A infecção por legionella é mais frequente em locais públicos, nos quais existem grandes sistemas de ar condicionado que não são devidamente inspecionados. Saiba mais sobre como acontece a contaminação por Legionella.

Quem tem maior risco de ter legionella

Embora a legionella possa afetar pessoas de qualquer idade, a infecção é mais frequente em pessoas com:

  • Mais de 50 anos;
  • Doenças crônicas do pulmão, como enfisema ou asma;
  • Sistema imune enfraquecido;
  • Doenças secundárias, como diabetes ou insuficiência hepática.

Além disso, fumantes também tem um risco aumentado de ter legionella.

Como tratar a legionella

O tratamento da pneumonia causada pela Legionella pode ser feito no hospital com o uso de antibióticos receitados pelo médico. Além dos antibióticos o médico poderá receitar o soro na veia e o uso de uma máscara de oxigênio para ajudar o indivíduo a respirar com mais facilidade.

O tempo de internamento hospitalar varia de acordo com a recuperação do paciente. Em alguns casos a doença pode ser curada em 10 dias, mas nos casos mais graves, que ocorre quando o paciente possui idade avançada, é fumante ou possui outras doenças respiratórias e o sistema imune enfraquecido, pode levar mais tempo para ficar curado. Saiba mais sobre o tratamento e os antibióticos utilizados

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...