Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Toxoplasmose: o que é e como tratar

A toxoplasmose, conhecida popularmente como a doença do gato, é uma infecção causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. A doença é transmitida pela ingestão de alimentos contaminados, consumo de leite não pasteurizado, transfusão sanguínea ou pela transmissão mãe-filho, quando mulheres grávidas estão infectadas e não fazem o tratamento da doença.

Esta infecção não provoca sintomas na maior parte das pessoas, mas algumas pessoas podem desenvolver formas graves da doença, principalmente gestantes e pessoas com a imunidade comprometida, com consequências graves como cegueira, convulsões e morte. No entanto, a toxoplasmose tem cura e seu tratamento é feito através do uso de antibióticos.

Toxoplasmose: o que é e como tratar

Como ocorre a transmissão

A transmissão da toxoplasmose pode ocorrer através do:

  • Consumo de alimentos crus e mal higienizados que estejam contaminados com fezes de gatos;
  • Consumo de carne crua ou mal cozida de animais contaminados, principalmente porco, boi e carneiro;
  • Ingestão de água contaminada;
  • Contaminação mãe-filho, quando a mulher grávida passa o protozoário para o bebê.

A toxoplasmose não é transmitida diretamente de pessoa para pessoa, e os primeiros sintomas aparecem cerca de 5 a 20 dias após o contágio.

Principais sintomas

A toxoplasmose normalmente não provoca sintomas na maioria das pessoas, mas podem ocorrer:

  • Ínguas pelo corpo, principalmente na região do pescoço;
  • Febre;
  • Dor muscular e nas articulações;
  • Cansaço;
  • Dor de cabeça e de garganta;
  • Manchas vermelhas pelo corpo;
  • Dificuldade para enxergar.

Os sintomas surgem mais comumente naquelas pessoas com o sistema imune debilitado, como aquelas que fazem quimioterapia para o câncer, transplantados, HIV positivos, ou em mulheres que contraem a infecção durante a gravidez.

Em casos mais graves, a toxoplasmose pode prejudicar o funcionamento de órgãos como pulmões, coração, fígado e cérebro, e normalmente os sintomas da forma grave são cansaço forte, sonolência, delírios e diminuição da força e dos movimentos do corpo. Saiba mais sobre os sintomas e quando suspeitar de toxoplasmose

Toxoplasmose: o que é e como tratar

Tipos de toxoplasmose

A toxoplasmose pode se espalhar pela corrente sanguínea, acontecendo de forma disseminada ou localizada em gânglios linfáticos ou em alguns órgãos como olhos. Saiba as diferenças entre os principais tipos de toxoplasmose. Alguns dos principais tipos incluem:

1. Toxoplasmose ocular

A toxoplasmose ocular é quando a infecção chega ao olho e afeta a retina, causando uma inflamação que pode levar à cegueira se não for tratada a tempo. Essa doença pode afetar os dois olhos, e os prejuízos na visão podem ser diferentes para cada olho.

Os principais sintomas da toxoplasmose ocular são diminuição da visão, vermelhidão e dor no olho, e visão com manchas pretas.

2. Toxoplasmose congênita

A toxoplasmose na gravidez provoca a toxoplasmose congênita, que é quando o bebê é infectado por essa doença ainda no útero da mãe. A toxoplasmose na gravidez pode levar a consequências graves, como:

  • Malformações do feto;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Parto prematuro;
  • Aborto;
  • Morte do bebê ao nascer.

O recém nascido com toxoplasmose congênita pode apresentar sintomas graves, que incluem:

  • Estrabismo, que é quando um dos olhos não fica na direção correta;
  • Inflamação dos olhos que evolui para a cegueira;
  • Icterícia intensa, que é a pele e os olhos amarelados;
  • Aumento do fígado;
  • Pneumonia;
  • Anemia;
  • Inflamação do coração;
  • Convulsões;
  • Surdez;
  • Retardo mental.

A gravidade das consequência da toxoplasmose para o bebê depende da época da gravidez em que houve o contágio e do início precoce do tratamento. Saiba mais sobre os riscos da toxoplasmose na gravidez

Como é feito o tratamento

A toxoplasmose tem cura e o seu tratamento é feito com o uso de antibióticos, que variam de acordo com o tipo e a gravidade da infecção. Os tratamento mais longos são indicados nos casos de gravidez, toxoplasmose congênita e indivíduos com deficiência do sistema imunológico, como pessoas com AIDS ou doença de Hodgkin.

O tratamento da toxoplasmose deve ser iniciado logo que a doença seja identificada, sendo o diagnóstico feito através de um exame de sangue que identifica a existência de anticorpos IgG e IgM no corpo, que são produzidos para combater o protozoário causador da doença.

Lavar bem os alimentosLavar bem os alimentos
Evitar comer carne mal passadaEvitar comer carne mal passada

Prevenção da toxoplasmose

A prevenção da toxoplasmose pode ser feita através de cuidados como:

  • Higienizar frutas e legumes que serão consumidos crus: deve-se utilizar água e água sanitária, na proporção de 1 colher de sopa de água sanitária para 1 litro de água. Os vegetais devem ficar mergulhados nessa mistura por 30 minutos e depois devem ser enxaguados em água corrente;
  • Consumir água potável, filtrada ou mineral;
  • Cozinhar bem as carnes e evitar o consumo de carnes mal passadas em restaurantes;
  • Evitar o contato com gatos desconhecidos e lavar bem as mãos se tocar em animais que não conhece.

Pessoas que têm animais domésticos devem levá-los ao veterinário para fazer exames que identifiquem a presença da toxoplasmose, evitando a transmissão dessa doença para humanos. Saiba mais dicas do que fazer para se proteger

Mais sobre este assunto:


Carregando
...