O que você precisa saber?

O que é e como tratar a Toxoplasmose

A toxoplasmose, conhecida popularmente como a doença do gato, é uma infecção causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. A doença é transmitida pela ingestão de alimentos contaminados ou pela transmissão mãe-filho, quando mulheres grávidas estão infectadas e não fazem o tratamento da doença.

A toxoplasmose não provoca sintomas na maior parte das pessoas, mas pode ter consequências graves como cegueira, convulsões e morte. No entanto, essa doença tem cura e seu tratamento é feito através do uso de antibióticos.

Transmissão da toxoplasmose

A transmissão da toxoplasmose pode ocorrer através do:

  • Consumo de carne crua ou mal cozida de animais contaminados, principalmente porco, boi e carneiro;
  • Consumo de alimentos crus e mal higienizados que estejam contaminados com fezes de gatos;
  • Ingestão de água contaminada;
  • Contaminação mãe-filho, quando a mulher grávida passa o protozoário para o bebê.

A toxoplasmose não é transmitida diretamente de pessoa para pessoa, e os primeiros sintomas aparecem  cerca de 5 a 20 dias após o contágio.

Sintomas da Toxoplasmose

A toxoplasmose normalmente não provoca sintomas na maioria das pessoas, mas podem ocorrer:

  • Ínguas pelo corpo, principalmente na região do pescoço;
  • Febre;
  • Dor muscular e nas articulações;
  • Cansaço;
  • Dor de cabeça e de garganta;
  • Manchas vermelhas pelo corpo;
  • Dificuldade para enxergar.

Em casos mais graves, a toxoplasmose pode prejudicar o funcionamento de órgãos como pulmões, coração, fígado e cérebro, e normalmente os sintomas da forma grave são cansaço forte, sonolência, delírios e diminuição da força e dos movimentos do corpo.

Tipos de toxoplasmose

Os tipos de toxoplasmose podem ser:

1. Toxoplasmose ocular

A toxoplasmose ocular é quando a infecção chega ao olho e afeta a retina, causando uma inflamação que pode levar à cegueira se não for tratada a tempo. Essa doença pode afetar os dois olhos, e os prejuízos na visão podem ser diferentes para cada olho.

Os principais sintomas da toxoplasmose ocular são diminuição da visão, vermelhidão e dor no olho, e visão com manchas pretas.

2. Toxoplasmose congênita

A toxoplasmose na gravidez provoca a toxoplasmose congênita, que é quando o bebê é infectado por essa doença ainda no útero da mãe. A toxoplasmose na gravidez pode levar a consequências graves, como:

  • Malformações do feto;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Parto prematuro;
  • Aborto;
  • Morte do bebê ao nascer.

O recém nascido com toxoplasmose congênita pode apresentar sintomas graves, que incluem:

  • Estrabismo, que é quando um dos olhos não fica na direção correta;
  • Inflamação dos olhos que evolui para a cegueira;
  • Icterícia intensa, que é a pele e os olhos amarelados;
  • Aumento do fígado;
  • Pneumonia;
  • Anemia;
  • Inflamação do coração;
  • Convulsões;
  • Surdez;
  • Retardo mental.

A gravidade das consequência da toxoplasmose para o bebê depende da época da gravidez em que houve o contágio e do início precoce do tratamento.

Tratamento para Toxoplasmose

A toxoplasmose tem cura e o seu tratamento é feito com o uso de antibióticos, que variam de acordo com o tipo e a gravidade da infecção. Os tratamento mais longos são indicados nos casos de gravidez, toxoplasmose congênita e indivíduos com deficiência do sistema imunológico, como pessoas com AIDS ou doença de Hodgkin.

O tratamento da toxoplasmose deve ser iniciado logo que a doença seja identificada, sendo o diagnóstico feito através de um exame de sangue que identifica a existência de anticorpos IgG e IgM no corpo, que são produzidos para combater o protozoário causador da doença.

Lavar bem os alimentosLavar bem os alimentos
Evitar comer carne mal passadaEvitar comer carne mal passada

Prevenção da toxoplasmose

A prevenção da toxoplasmose pode ser feita através de cuidados como:

  • Higienizar frutas e legumes que serão consumidos crus: deve-se utilizar água e água sanitária, na proporção de 1 colher de sopa de água sanitária para 1 litro de água. Os vegetais devem ficar mergulhados nessa mistura por 30 minutos e depois devem ser enxaguados em água corrente;
  • Consumir água potável;
  • Cozinhar bem as carnes e evitar o consumo de carnes mal passadas em restaurantes;
  • Evitar o contato com gatos e lavar bem as mãos se tocar em animais que não conhece.

Pessoas que têm animais domésticos devem levá-los ao veterinário para fazer exames que identifiquem a presença da toxoplasmose, evitando a transmissão dessa doença para humanos.

Saiba mais detalhes sobre essa doença em:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...