Sangue nas fezes: o que pode ser e o que fazer

outubro 2022

A presença de sangue nas fezes geralmente é causada por uma lesão situada em qualquer ponto do sistema digestivo, desde a boca até ao ânus. O sangue pode estar presente em quantidades muito pequenas e não ser visível ou ser bem aparente.

Normalmente, sangramentos que acontecem antes do intestino, ou seja, na boca, esôfago ou estômago, dão origem a fezes negras e muito mau cheirosas, conhecidas como melena, que resultam da digestão do sangue no estômago. Já as fezes que apresentam sangue vermelho vivo, podem indicar um sangramento no intestino, geralmente na porção mais final do intestino grosso ou ânus, chamada de hematoquezia.

Assista ao vídeo a seguir e entenda mais sobre como é o diagnóstico e as possíveis causas de sangue nas fezes:

Possíveis causas de sangue nas fezes

As possíveis causas de sangue nas fezes são:

1. Varizes gastroesofágicas

As varizes gastroesofágicas são varizes dilatadas no esôfago ou estômago, que surgem por alterações na circulação do sangue, geralmente devido a doenças como cirrose ou insuficiência cardíaca. 

Caso as varizes se rompam, pode ocorrer sangramento que pode ser notado pelas fezes, que podem ficar mais escuras, com mau cheiro e até sangue vivo. Neste caso, outros sintomas como fraqueza e vômito com sangue geralmente também ocorrem. Veja outros sintomas que podem indicar rompimento das varizes esofágicas.

O que fazer: na suspeita de varizes gastroesofágicas é importante consultar um gastroenterologista para uma avaliação e início do tratamento mais adequado, que pode envolver o uso de medicamentos para diminuir a pressão no interior dos vasos, melhora dos hábitos alimentares e, em alguns casos, cirurgia.

2. Úlceras gástricas

A úlcera gástrica é uma pequena ferida no revestimento do estômago, que provoca dor e queimação no abdome que tendem a piorar com a alimentação. 

Algumas vezes, as úlceras gástricas podem  sangrar e resultar em sintomas como fezes escuras e com mau cheiro, náusea, vômito com sangue e piora da dor abdominal. Confira outros sintomas de úlceras gástricas.

O que fazer: é importante identificar a causa da úlcera gástrica para que seja possível iniciar o tratamento mais adequado, podendo ser indicados exames, como endoscopia e teste para detectar a infecção por Helicobacter pylori, e o uso de medicamentos para controlar a acidez do estômago, como antiácidos e omeprazol.

3. Esofagite

A esofagite é a inflamação do esôfago que pode causar sintomas como azia, queimação no peito, principalmente após as refeições, dor para engolir e refluxo. Quando não tratada, a esofagite também pode causar sangramento, que pode ser notado pela presença de fezes mais escuras, com cheiro mais intenso ou mesmo sangue vivo.

O que fazer: é recomendado consultar um gastroenterologista, que pode indicar o uso de medicamentos para inibir a produção de ácidos, como omeprazol e antiácidos, e mudança de hábitos alimentares. Veja mais detalhes do tratamento para esofagite.

4. Hemorroidas e fissura anal

A hemorroida e a fissura anal são situações que podem levar ao aparecimento de sangue vivo nas fezes, e estão normalmente relacionadas com a prisão de ventre, em que as fezes ficam mais ressecadas, sendo necessário realizar maior esforço para serem eliminadas.

O que fazer: é importante aumentar o consumo de fibras e de água para tornar as fezes mais macias e favorecer o movimento intestinal, ajudando a prevenir o aparecimento de novas hemorroidas e/ ou fissuras. Além disso, para aliviar o desconforto, pode ser também indicado pelo médico o uso de pomada com propriedade anestésica e cicatrizante.

5. Divertículos

Os divertículos são alterações na parede do intestino grosso geralmente causadas pelo esforço excessivo ao evacuar. Normalmente, os divertículos não causam sintomas, mas podem facilitar a lesão de vasos na parede do intestino onde surgem, devido à passagem de fezes endurecidas, por exemplo, causando sangramentos. 

O que fazer: é importante consultar um gastroenterologista que pode indicar o tratamento mais apropriado para os divertículos, que geralmente envolve mudança de hábitos alimentares, ingestão de fibras e mais líquidos. 

6. Doença de Crohn

A doença de Crohn é uma inflamação crônica do revestimento do intestino, o que pode causar sintomas como dor abdominal, cansaço excessivo, perda de peso, diarreia e sangue nas fezes. Saiba reconhecer os sintomas da doença de Crohn.

O que fazer: em caso de suspeita de doença de Crohn é recomendado consultar um gastroenterologista para uma avaliação, que geralmente envolve exames nas fezes e colonoscopia. Caso confirmado o diagnóstico, medicamentos como imunomoduladores e alterações na dieta podem ser indicados. Veja como fazer a dieta para doença de Crohn.

7. Pólipo intestinal

Os pólipos intestinais normalmente não levam ao aparecimento de sinais ou sintomas, no entanto quando o pólipo já está mais desenvolvido pode haver dor abdominal, diarreia ou prisão de ventre e presença de sangue nas fezes. Conheça mais sobre o pólipo intestinal.

O que fazer: caso seja confirmada a presença de pólipo intestinal, o gastroenterologista pode indicar a remoção do pólipo durante a realização da colonoscopia.

8. Uso de medicamentos

Os principais medicamentos que podem causar sangue nas fezes são os anti-inflamatórios, como o diclofenaco ou o ibuprofeno, e os inibidores de agregação plaquetária, como ácido acetil salicílico (AAS) ou clopidogrel. No entanto, outros medicamentos que interferem na coagulação do sangue como varfarina, heparina e rivaroxabana também aumentam este risco. Entenda para que serve o AAS. 

O que fazer: é importante evitar o uso de medicamentos sem orientação médica. Além disso, quando há risco de sangramento devido ao uso de medicamentos, algumas vezes o uso de omeprazol, que tem efeito na proteção da mucosa do estômago, e o tratamento para infecção por Helicobacter pylori podem ser indicados para diminuir este risco. 

Em caso de sangue nas fezes causado por medicamentos, é importante consultar o médico responsável pelo acompanhamento, que pode indicar a suspensão do medicamento. No entanto, se o sangramento for intenso ou causar sintomas como pressão baixa ou sonolência é importante procurar uma emergência.

9. Câncer de intestino ou estômago

A presença de câncer no intestino ou no estômago pode causar o aparecimento de sangue nas fezes, além de perda de apetite, dor abdominal, cansaço excessivo e perda de peso sem causa aparente. Confira mais sintomas do câncer de intestino e como é feito o diagnóstico.

O que fazer: é importante que o gastroenterologista seja consultado para que sejam feitos exames que confirmem o diagnóstico e o estágio do câncer, assim como para indicar o melhor tratamento, que pode envolver a realização de quimio e/ou radioterapia e cirurgia, em alguns casos.

Quando ir ao hospital

É importante procurar uma emergência em caso de:

  • Sonolência;
  • Palidez;
  • Fraqueza;
  • Pressão baixa;
  • Vômito com sangue;
  • Sangue nas fezes persistente.

Nestes casos, o sangramento pode ser mais grave e necessitar ser mais rapidamente avaliado, para identificar o foco e parar o sangramento, o que geralmente é feito por meio de endoscopia ou colonoscopia e, alguns casos, cirurgia. Além disso, medicamentos como omeprazol e octreotide podem ser indicados de acordo com a causa identificada.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em outubro de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em fevereiro de 2020.

Bibliografia

  • STATPEARLS. Diverticulosis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430771/>. Acesso em 22 ago 2022
  • STATPEARLS. Crohn Disease. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK436021/>. Acesso em 22 ago 2022
Mostrar bibliografia completa
  • STATPEARLS. Gastric Ulcer. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK537128/>. Acesso em 22 ago 2022
  • STATPEARLS. Esophagitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK442012/>. Acesso em 22 ago 2022
  • STATPEARLS. Upper Gastrointestinal Bleeding. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470300/>. Acesso em 22 ago 2022
  • STATPEARLS. Esophageal Varices. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK448078/>. Acesso em 22 ago 2022
  • FISCHBACH, W. Drug-induced gastrointestinal bleeding. Internist (Berl). Vol.60, n.6. 597-607, 2019
  • STATPEARLS. Lower Gastrointestinal Bleeding. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK448126/>. Acesso em 22 ago 2022
  • PORTER, Robert S. et al . Manual Merck de diagnósticos médicos: um guia prático e sucinto de etiologia, avaliação e tratamento. 1 ed. São Paulo: Roca, 2012. p. 552-560.
  • GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew I. . Goldman-Cecil Medicine . 25,ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2018. 892-898.
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. Blood in Stool. Disponível em: <http://www.cancer.org/treatment/treatments-and-side-effects/physical-side-effects/stool-or-urine-changes/blood-in-stool.html>. Acesso em 07 fev 2020
  • NHS. Bleeding from the bottom (rectal bleeding). Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/bleeding-from-the-bottom-rectal-bleeding/>. Acesso em 07 fev 2020
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • EXAME DE FEZES: Para que serve e como coletar

    04:20 | 400630 visualizações