Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Remédios para dor de barriga: o que tomar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
janeiro 2023

Alguns remédios para dor de barriga, como a butilescopolamina, a loperamida ou a mebeverina, ajudam a diminuir os movimentos do intestino e, por isso, podem ser utilizados para ajudar a aliviar a dor de barriga, especialmente quando associada a diarreia. Além disso, outras opções são a simeticona ou o carvão vegetal que ajudam a eliminar o excesso de gases que pode causar dor de barriga.

No entanto, é sempre importante que se descubra a causa da dor de barriga e da diarreia já que, se forem sintomas de infecção intestinal, o ideal é permitir que a diarreia continue para que o corpo consiga eliminar a infecção através das fezes. Nestas situações, o objetivo em vez de ser usar remédios para parar a diarreia deve ser de manter o organismo corretamente hidratado, o que pode ser feito com a ingestão de soro caseiro ao longo do dia. Confira a receita para fazer soro caseiro em casa.

Embora existam vários remédios que podem ser usados para tratar a dor de barriga, isso não significa que sejam todos utilizados ao mesmo tempo, já que nem todos se adequam a cada caso. Dessa forma, é sempre importante consultar o gastroenterologista, especialmente se a dor demorar mais de 2 dias para melhorar, ou caso se intensifique.

Imagem ilustrativa número 1

Lista de remédios para dor de barriga

Os principais remédios que podem ser indicados pelo médico para dor de barriga são:

1. Simeticona

A simeticona pode ser indicada para a dor de barriga causada pelo excesso de gases no estômago ou no intestino que causam dor ou desconforto abdominal, cólica intestinal, excesso de arrotos provocados pela má digestão ou dilatação do estômago.

Isto porque esse remédio age rompendo as bolhas que retêm os gases facilitando a sua eliminação e ajudando a aliviar o desconforto, a dor e a pressão causada pelo excesso de gases.

A simeticona pode ser comprada em farmácias ou drogarias com os nomes comerciais com Luftal, Flatex, Flagass ou Gastroflat, ou como genérico. Veja como tomar a simeticona.

Esse remédio não deve ser usado no caso de alergia aos componentes da fórmula e nos casos de obstrução ou perfuração intestinal. Além disso, durante a gravidez ou amamentação, a simeticona deve ser usada somente se tiver recomendação médica.

2. Carvão vegetal ativado

O carvão vegetal ativado também é uma boa opção para reduzir a dor de barriga causada por gases intestinais, pois age absorvendo as partículas de gases no estômago ou no intestino.

Além disso, esse remédio tem propriedades antidiarreicas, por impedir a ativação de toxinas e a ação de microorganismos no trato gastrointestinal, ajudando a aliviar a dor de barriga nos casos de diarreia. Saiba como tomar o carvão vegetal corretamente.

O carvão vegetal ativado não deve ser usado por crianças com menos de 2 anos ou por pessoas que tenham alergia a qualquer componente da fórmula. Além disso, também não deve ser usado por crianças no caso de diarreia aguda ou persistente. Durante a gravidez ou amamentação, o carvão vegetal ativado deve ser usado somente se tiver recomendação médica.

3. Escopolamina

A escopolamina, ou butilbrometo de escopolamina, é um antiespasmódico indicado para aliviar as contrações intestinais que causam cólicas, aliviando o desconforto da dor de barriga.

Esse remédio pode ser encontrado contendo somente a escopolamina, com o nome Buscopan, ou contendo butilbrometo de escopolamina e dipirona, com o nome Buscopan Composto, tendo forte ação analgésica no alívio da dor de barriga. Veja como tomar o Buscopan.

A escopolamina não deve ser usada por por crianças que estejam com diarréia aguda ou persistente, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham miastenia gravis, dilatação ou estreitamento do intestino, ou que sejam alérgicas à escopolamina, dipirona ou qualquer outro componente da fórmula.

Além disso, o Buscopan composto, por conter dipirona, não deve ser usado por pessoas com porfiria hepática aguda intermitente ou deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase ou que sofram de asma causada por qualquer outro anti-inflamatório não esteroide, como paracetamol, ácido acetilsalicílico, ibuprofeno ou naproxeno, por exemplo.

4. Mebeverina

A mebeverina é um antiespasmódico indicado para a dor de barriga causada pela síndrome do intestino irritável, pois age reduzindo as contrações e os espasmos intestinais, ajudando a aliviar as cólicas, inchaço, gases, diarreia e prisão de ventre.

Esse remédio pode ser encontrado na forma de comprimidos, contendo 200 mg de cloridrato de mebeverina, com os nomes Duspatalin ou Rubenti.

A mebeverina deve ser usada somente com indicação médica, sendo contraindicada para crianças, mulheres grávidas ou em amamentação ou por pessoas que tenham alergia aos componentes da fórmula.

5. Loperamida

A loperamida é um remédio indicado nos casos de dor de barriga causada por diarreia aguda ou crônica, desde que a pessoa não tenha uma infecção associada.

Esse remédio age reduzindo os movimentos intestinais, aumentando o tempo do trânsito intestinal e fazendo com que as fezes permaneçam mais tempo no intestino, proporcionando assim a absorção de uma maior quantidade de água, deixando as fezes menos líquidas.

Além disso, a loperamida também aumenta o tônus do esfíncter anal, reduzindo a sensação de urgência e incontinência fecal.

A loperamida pode ser encontrada em farmácias ou drogarias com os nomes comerciais Diasec, Intestin, Imosec ou Kaosec, por exemplo, e deve ser usada somente com indicação médica, sendo contraindicada para crianças, grávida, lactantes ou pessoas com infecção intestinal. Saiba como tomar a loperamida.

6. Racecadotrila

A racecadotrila é um antidiarreico indicado para a dor de barriga causada por diarreia, pois age deixando as fezes mais sólidas por reduzir a secreção excessiva de água e eletrólitos pelo intestino, ajudando a parar a diarreia. Esse remédio não interfere nos movimentos intestinais, mas permite melhorar a diarreia aguda.

Alguns medicamentos com racecadotrila na composição são o Avide e o Tiorfan, por exemplo, podendo ser encontrados em farmácias ou drogarias, vendido apenas mediante apresentação de receita médica. Saiba como usar a racecadotrila.

A racecadotrila não deve ser usada nos casos de diarreia com sangue, febre e na diarreia causada pelo uso de antibióticos. Esse remédio também não deve ser usado por pessoas que tenham alergia a qualquer componente da fórmula.

7. Amoxicilina

A amoxicilina é um antibiótico indicado pelo médico nos casos em que a dor de barriga é causada por infecções intestinais bacterianas, pois ajuda a eliminar bactérias sensíveis a esse medicamento, aliviando a diarreia e a dor de barriga. Veja como tomar amoxicilina.

Esse remédio não deve ser usado por pessoas com alergia à amoxicilina, bem como a penicilinas ou cefalosporinas. Além disso, mulheres grávidas ou em amamentação, pessoas com problemas nos rins ou que estejam em tratamento com outros medicamentos, devem conversar com o médico antes de iniciar o tratamento com a amoxicilina.

Além da amoxicilina, o médico pode recomendar o uso de outros antibióticos de acordo com o agente infeccioso responsável pela infecção intestinal, podendo ser indicado o uso de ciprofloxacina, doxiciclina ou metronidazol, por exemplo. Conheça outros remédios indicados para infecção intestinal.

8. Mesalazina

A mesalazina é um anti-inflamatório intestinal, indicado pelo médico principalmente para aliviar a dor de barriga causada por doenças inflamatórias intestinais, como colite ulcerativa, doença diverticular do cólon ou doença de Chron, por exemplo, pois age reduzindo a inflamação para prevenir e reduzir as crises.

Esse remédio pode ser encontrado com os nomes comerciais Mesacol ou Pentasa, ou como genérico “mesalasina”.

A mesalazina não deve ser usada crianças, grávidas, lactantes ou por pessoas que tenham insuficiência hepática e renal graves, úlcera no estômago ou intestino, risco aumentado de sangramento intestinal ou alergia aos salicilatos ou qualquer componente da fórmula.

9. Lactase

A lactase é uma enzima que promove a quebra da lactose, que é um tipo de açúcar presente no leite e nos produtos lácteos, ajudando principalmente a prevenir a dor de barriga e o excesso de gases intestinais causados pela intolerância à lactose.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias com os nomes Lacday, Perlatte, Lactosil ou Sensilatte, e deve ser usado com orientação do gastroenterologista ou nutricionista.

A lactase não deve ser usada por mulheres grávidas, lactantes ou por pessoas que tenham diabetes ou galactosemia. Além disso, é contraindicada para pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Opções naturais para aliviar a dor

Quando se está no primeiro dia, ou quando o médico não receitou qualquer tipo de medicamento, por se tratar de um caso leve, por exemplo, existem algumas opções naturais que podem ajudar:

  • Fazer uma papa de banana e alfarroba: estes alimentos são ricos em pectina, que ajudam a solidificar as fezes líquidas da diarreia, melhorando a dor;
  • Fazer soro caseiro, pois é uma das melhores formas de se manter hidratado em situações de diarreia intensa;
  • Preparar um suco de maçã: pois a maçã ajuda a acalmar e a melhorar o funcionamento do intestino.

Assista ao vídeo para saber como fazer soro caseiro:

Remédios para bebês e crianças

Geralmente, para tratar a dor de barriga de bebês ou crianças o pediatra pode indicar o uso de alguns remédios que são também indicados para adultos, o que vai depender da idade da criança e peso, sendo geralmente utilizados sob a forma de xarope ou gotas. Remédios com loperamida, carvão vegetal ativado, mebeverina, por exemplo, não são indicados para crianças de qualquer idade.

Além disso, o risco de desidratação é mais elevado e, por isso, é fundamental aumentar a ingestão de líquidos como sucos, chás, água ou soro caseiro, além de fazer uma alimentação leve. Saiba mais sobre o que a criança deve comer em situações de diarreia.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A. Carverol (carvão vegetal ativado). Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/2680.pdf>. Acesso em 18 jan 2023
  • MOOLLA, M.; et al. Simethicone decreases bloating and improves bowel preparation effectiveness: a systematic review and meta-analysis. Surg Endosc. 33. 12; 3899-3909, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • INGOLD, C. J.; AKHONDI, H. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Simethicone. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK555997/>. Acesso em 18 jan 2023
  • TYTGAT, G. N. Hyoscine butylbromide: a review of its use in the treatment of abdominal cramping and pain. Drugs. 67. 9; 1343-57, 2007
  • EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A. Perlatte. Disponível em: <https://eurofarma.com.br/produtos/bulas/patient/bula-perlatte.pdf>. Acesso em 18 jan 2023
  • EBERLIN, M.; et al. Racecadotril in the treatment of acute diarrhea in children: a systematic, comprehensive review and meta-analysis of randomized controlled trials. BMC Pediatr. 18. 1; 124, 2018
  • TYTGAT, G. N. Hyoscine butylbromide - a review on its parenteral use in acute abdominal spasm and as an aid in abdominal diagnostic and therapeutic procedures. Curr Med Res Opin. 24. 11; 3159-73, 2008
  • RENNER, U. D.; OERTEL, R.; KIRCH, W. Pharmacokinetics and pharmacodynamics in clinical use of scopolamine. Ther Drug Monit. 27. 5; 655-65, 2005
  • RIDDLE, Mark S. et al.. ACG Clinical Guideline: Diagnosis, Treatment, and Prevention of Acute Diarrheal Infections in Adults. The American Journal of Gastroenterology. 2016
  • BARR, W.; SMITH, A. Acute diarrhea. Am Fam Physician. 89. 3; 180-9, 2014
  • WU, P. E.; JUURLINK, D. N. Clinical Review: Loperamide Toxicity. Ann Emerg Med. 70. 2; 245-252, 2017
  • DANILIK, J.; et al. The Efficacy of Mebeverine in the Treatment of Irritable Bowel Syndrome-A Systematic Review. J Clin Med. 11. 4; 1044, 2022
  • ANVISA. Duspatalin - mebeverina. 2021. Disponível em: <https://consultas.anvisa.gov.br/#/bulario/q/?nomeProduto=duspatalin>. Acesso em 18 jan 2023
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • 7 DICAS PARA ACALMAR O SEU INTESTINO IRRITÁVEL

    12:24 | 18817 visualizações
  • 6 principais causas de DIARREIA CONSTANTE

    05:01 | 42574 visualizações
  • Como PARAR a DIARREIA mais rápido

    17:10 | 357764 visualizações
  • O que comer se tem intolerância à lactose

    03:33 | 222858 visualizações
  • COMO FAZER SORO CASEIRO

    02:34 | 2666391 visualizações