Remédios para intoxicação alimentar

Fevereiro 2021

Na maioria dos casos, a intoxicação alimentar é tratada com repouso e reidratação com água, chás, sucos de fruta natural, água de coco ou bebidas isotônicas sem a necessidade de se tomar nenhum remédio específico. Porém, caso os sintomas persistam ou piorem em 2 a 3 dias, é recomendado consultar o médico, assim como no caso de crianças, idosos ou grávidas, pois dessa forma é possível que seja feita uma avaliação geral e indicado o remédio mais adequado.

Os remédios indicados na intoxicação alimentar tem como objetivo promover o alívio dos sintomas, no entanto não são indicados remédios para parar a diarreia e os vômitos, pois podem agravar o quadro ao impedir a saída dos microrganismos.

Remédios para intoxicação alimentar

Os principais remédios indicados na intoxicação alimentar são:

1. Carvão vegetal ativado

O carvão vegetal ativado pode ser indicado no tratamento de intoxicação alimentar porque é capaz de adsorver as toxinas responsáveis pelos sintomas, reduzir a absorção gastrointestinal das toxinas e favorecer a sua eliminação.

A dose recomendada é de 1 cápsula, 2 vezes ao dia, mas caso o médico prescreva outros medicamentos, o carvão vegetal não deve ser ingerido, pois pode comprometer a absorção dos mesmos. Veja mais detalhes sobre como usar o carvão vegetal.

2. Analgésicos

Em alguns casos, o médico pode recomendar o uso de remédios analgésicos com o objetivo de promover a melhora das dores abdominais fortes e dores de cabeça.

3. Antibióticos

Nos casos mais graves, quando os sintomas são intensos devido à grande quantidade de toxinas circulantes, o médico pode indicar o uso de antibióticos de acordo com o microrganismo responsável pela intoxicação. Dessa forma, é possível promover a eliminação mais rápida das toxinas e agente infeccioso, que normalmente estão presentes nos casos graves, aliviando os sintomas.

4. Probióticos

Os probióticos podem ser recomendados com o objetivo de melhorar a microbiota intestinal, ajudando a diminuir os sintomas e fortalecer o sistema imunológico, podendo ser indicado em conjunto com os antibióticos, já que esses medicamentos podem enfraquecer a microbiota natural do intestino. Veja como tomar os probióticos.

Conheça mais sobre os probióticos no vídeo a seguir:

Remédio caseiro

Um ótimo remédio caseiro para intoxicação alimentar é beber o chá de amoreira e camomila, pois possui ação antidiarreica, reguladora intestinal, bactericida e calmante, ajudando a eliminar os microrganismos responsáveis pela intoxicação alimentar e a aliviar os episódios de diarreia.

Para preparar, basta juntar 1 colher de chá de folhas secas e picadas de amoreira e 1 colher de chá de folhas de camomila em 1 xícara de água fervente, tapando e deixando repousar durante 5 a 10 minutos. Depois, deve-se coar e beber até 3 xícaras do chá por dia.

Outro excelente remédio caseiro para intoxicação alimentar é chupar ou mastigar um pedaço de gengibre, pois o gengibre é antiemético, ajudando a reduzir as náuseas e os vômitos. Confira outras opções de remédios caseiros para intoxicação alimentar.

Alimentação para intoxicação alimentar

A alimentação para intoxicação alimentar nos primeiros 2 dias deve ser feita com água, sucos de fruta natural ou chás, para repor a quantidade de líquidos perdidos nos vômitos e na diarreia. A água de coco, os sais de reidratação oral que podem ser comprados em farmácias ou as bebidas isotônicas também são outras opções para reidratar.

Quando o indivíduo já não tem ou tem poucos episódios de vômitos e diarreia, é importante fazer uma alimentação leve à base de saladas, frutas, legumes, vegetais cozidos e carnes magras para facilitar a digestão, evitando frituras, alimentos condimentados ou gordurosos. Saiba o que comer para tratar a intoxicação alimentar.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • BERNARDES, Nicole B et al. Intoxicação Alimentar um Problema de Saúde Pública. Id on Line Rev. Mult. Psic. Vol 12. 42 ed; 894-906, 2018
Mais sobre este assunto: