4 remédios caseiros para conjuntivite e como preparar

Outubro 2021

Os remédios caseiros para conjuntivite como aplicar compressas frias, usar solução de calêndula ou o chá de hidraste, são ótimas opções naturais para aliviar os sintomas da conjuntivite,  como vermelhidão, coceira, inchaço ou irritação do olho, por exemplo, pois possuem substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antissépticas e calmantes.

Para complementar estes remédios caseiros, deve-se também evitar coçar os olhos ou levar as mãos ao rosto, utilizar lenços ou compressas descartáveis para limpar os olhos, e lavar as mãos frequentemente e sempre que tocar no rosto, por exemplo. Confira outros cuidados durante o tratamento da conjuntivite

Embora não sirvam para substituir o tratamento médico, os remédios caseiros são uma boa opção para ajudar a aliviar os sintomas da conjuntivite, podendo ser usados para complementar o tratamento indicado pelo oftalmologista. 

4 remédios caseiros para conjuntivite e como preparar

Algumas opções de remédios caseiros para conjuntivite são:

1. Solução de calêndula

A solução de calêndula, preparada com a planta medicinal Calendula officinalis, possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a aliviar a coceira nos olhos e o desconforto causado pela conjuntivite alérgica ou conjuntivite folicular.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de calêndula seca;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar a calêndula na água fervente, cobrir e deixar repousar por cerca de 15 minutos. Em seguida, deve-se coar, esperar amornar, e mergulhar uma gaze limpa na solução de calêndula. Espremer a gaze ligeiramente para tirar o excesso da solução de calêndula e aplicar sobre o olho fechado, ou seja, na pálpebra, durante 15 minutos. Após esse tempo, remover a gaze e descartá-la. Pode-se utilizar a solução de calêndula até 6 vezes por dia.

Se os dois olhos estiverem afetados pela conjuntivite, deve-se utilizar uma gaze com a solução de calêndula para cada olho separadamente e descartar após o uso.

2. Chá de hidraste

O chá de hidraste, feito com a planta medicinal Hydrastis canadensis L., possui propriedades anti-inflamatórias e antissépticas, que ajudam a acalmar a irritação nos olhos e combater a inflamação causada pela conjuntivite.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de raiz de hidraste em pó;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar o hidraste em pó na água fervente, misturar, cobrir e deixar repousar por cerca de 15 minutos. Coar o chá em um filtro de café para remover todas as partículas do pó de hidraste. Em seguida, aguardar o chá de hidraste ficar morno e molhar uma gaze limpa com o chá. Espremer a gaze ligeiramente para tirar o excesso do chá e aplicar sobre o olho fechado, ou seja, na pálpebra, durante 5 a 10 minutos. Após esse tempo, remover a gaze e descartá-la. Deve-se utilizar o chá de hidraste até 3 vezes por dia.

3. Infusão de camomila

A infusão de camomila também pode ser usada na forma de compressas aplicadas sobre a pálpebra, para o tratamento da conjuntivite, devido às suas propriedades anti-inflamatórias e calmantes, que ajudam a aliviar a irritação e a inflamação no olho. 

Ingredientes

  • 20 a 30 g de flores frescas ou secas de camomila;
  • 500 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores frescas ou secas de camomila na água fervente e deixar em repouso por 15 minutos. Coar e deixar esfriar naturalmente ou colocar a infusão de camomila por 10 a 20 minutos na geladeira. Molhar uma gaze, e aplicar sobre o olho fechado durante 15 a 30 minutos, pelo menos 2 vezes por dia.

Outra opção é usar o saquinho de chá de camomila para preparar a infusão e aplicar o saquinho sobre o olho afetado, após ter esfriado em geladeira.

4. Compressa fria

A compressa fria é uma boa opção para diminuir o inchaço da pálpebra, a dor e o desconforto causados por qualquer tipo de conjuntivite.

Ingredientes

  • Gaze ou algodão;
  • 250 mL de água fria.

Modo de preparo

Molhar um pedaço de algodão ou uma gaze limpa em água fria e aplicar sobre a pálpebra no olho fechado, deixando atuar por alguns minutos até sentir melhora nos sintomas. Quando deixar de estar frio, trocar e colocar outra compressa fria.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • CALVO, M. I.; CAVERO, R. Y. Medicinal plants used for ophthalmological problems in Navarra (Spain). J Ethnopharmacol. 190. 212-8, 2016
  • VUKOVIC, Laurel. 1001 remédios naturais. 1ed. Porto, Portugal: Dorling Kindersley, 2003. p.17.
  • BILKHU, P. S.; et al. A review of non-pharmacological and pharmacological management of seasonal and perennial allergic conjunctivitis. Cont Lens Anterior Eye. 35. 1; 9-16, 2012
Mais sobre este assunto: