4 remédios caseiros para aumentar a imunidade

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro

Ter um sistema imunológico bem fortalecido e funcionando corretamente é muito importante para evitar pegar infecções que podem ser causadas por vírus, fungos ou bactérias.

Embora a forma mais eficaz de manter a imunidade seja adotando hábitos de vida saudáveis como ter uma dieta equilibrada e fazer exercício físico regular, também existem algumas plantas medicinais que podem ser utilizadas para melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Confira as melhores formas de fortalecer o sistema imune.

Idealmente, as plantas medicinais devem ser utilizadas na forma de suplemento ou de extrato, já que é mais fácil saber exatamente qual a concentração das substâncias ativas nessas fórmulas, mas também podem ser preparadas sob a forma de chá, desde que ingeridas de forma moderada e, preferencialmente, sob a orientação de um fitoterapeuta ou outro profissional de saúde acostumado com o uso de plantas.

1. Chá de equinácea

A equinácea é uma das plantas mais conhecidas para fortalecer o sistema imunológico e, especialmente, para prevenir o surgimento de gripes ou para aliviar seus sintomas. Isso acontece porque, segundo alguns estudos, a equinácea parece possuir substâncias que são imunomoduladoras, ou seja, que regulam o sistema imune, fazendo com que funcione corretamente.

No entanto, também existem alguns outros estudos que indicam que a planta não tem um efeito tão forte na imunidade, ajudando apenas a aliviar os sintomas causados por infecções virais, como a gripe. De qualquer forma, o chá de equinácea é bastante seguro mesmo em grávidas e crianças com mais de 2 anos, podendo ser utilizado por quem deseja regular a imunidade.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de raiz ou folhas de equinácea;
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

Juntar os ingredientes na xícara e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber até 2 vezes por dia.

Caso se opte por utilizar o suplemento de equinácea, deve-se seguir as orientações do fabricante, mas sem ultrapassar a dose diária de 1500 mg.

2. Chá de astrágalo

O astrágalo, também conhecido pelo nome científico Astragalus membranaceus, é uma planta muito popular na medicina chinesa que, segundo algumas investigações, parece ser capaz de aumentar a produção das células brancas do sangue, especialmente linfócitos T e macrófagos, que são importantes para a resposta imunitária.

Quando utilizado em estudos com ratos de laboratório, o extrato de astrágalo também foi capaz de diminuir o tempo de duração de infecções por vírus e bactérias, podendo, por isso, ser um bom aliado para combater vários tipos de infecções.

Ingredientes

  • 10 gramas de raiz seca de astrágalo;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Deve-se juntar a raiz numa panela com a água e levar ao fogo para ferver durante 15 minutos. Depois, deve-se retirar a mistura do fogo, deixar amornar, coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

No caso de se optar pelo uso do suplemento de astrágalo em cápsulas é importante ficar atento nas indicações do fabricante em relação à dose, mas vários estudos mostram que a planta é segura em extrato seco até cerca de 30 g por dia. Idealmente, crianças e grávidas não devem fazer uso desta planta, especialmente sem supervisão de um profissional.

3. Chá de gengibre

O gengibre contém um importante substância ativa, conhecida como gingerol, que parece diminuir o risco de infecções no organismo, tendo efeito comprovado contra o crescimento de bactérias e desenvolvimento de vírus, especialmente no trato respiratório.

Além disso, as substâncias do gengibre também parecem diminuir a inflamação geral do corpo, o que facilita o funcionamento do sistema imunológico, melhorando a imunidade.

Ingredientes

  • 1 a 2 cm de raiz fresca de gengibre;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Esmagar o gengibre e depois colocar na xícara com a água fervente. Deixar repousar por 5 a 10 minutos, coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Na forma de suplemento, o gengibre deve ser ingerido numa dose de até 1 g por dia.

4. Chá de ginseng

Presente em alguns estudos sobre a imunidade, o ginseng, ou Panax ginseng, parece ser uma planta que ajuda a regular o sistema imunológico, sendo capaz de aumentar o número de linfócitos e ativar macrófagos, que são células importantes de defesa.

Além disso, o ginseng tem ainda forte ação antioxidante que ajuda a proteger as células do organismo contra os efeitos dos radicais livres e da radiação, que, se não forem combatidos, podem diminuir a imunidade.

Ingredientes

  • 5 gramas de raiz de ginseng;
  • 250 ml de água.

Modo de preparo

Colocar os ingredientes para ferver durante 15 minutos. Depois coar e deixar amornar. Beber 2 a 3 vezes por dia.

O ginseng pode também ser usado na forma de cápsulas, sendo que nesse caso é recomendado tomar 200 a 400 mg por dia, ou de acordo com a orientação do fabricante.

Assista o vídeo seguinte e veja também como preparar sucos que reforçam o sistema imune:

Cuidados ao usar as plantas medicinais

O uso de plantas medicinais deve ser sempre feito sob orientação de um profissional de saúde ou fitoterapeuta, já que a forma de utilização e a dose podem variar de uma pessoa para a outra.

No caso das plantas que regulam o sistema imunológico é ainda mais importante que essa supervisão seja feita para pessoas que têm algum tipo de câncer, estão fazendo tratamento para o câncer ou que têm uma doença autoimune, já que as plantas podem interferir com os resultados dos tratamentos médicos ou piorar os sintomas.

Além disso, o uso de chás também deve ser sempre regulado para grávidas, mulheres a amamentar e crianças com menos de 2 anos.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em março de 2021.

Bibliografia

  • CHANG, JS et al.. Fresh ginger (Zingiber officinale) has anti-viral activity against human respiratory syncytial virus in human respiratory tract cell lines. Journal of Ethnopharmacology. Vol.145, n.1. 145-151, 2013
  • GULL, Iram et al.. Inhibitory effect of Allium sativum and Zingiber officinale extracts on clinically important drug resistant pathogenic bacteria. Annals of Clinical Microbiology and Antimicrobials. Vol.11, n.8. 2012
Mostrar bibliografia completa
  • KANG, Soowon; MIN. Hyeyoung. Ginseng, the 'Immunity Boost': The Eff ects of Panax ginseng on Immune System. Journal of Ginseng Research. Vol.36, n.4. 354-368, 2012
  • LEE, Myong-Min; SON, Chang-Gue. Overview for Immune-related Efficacies and their Mechanisms of Ginseng. The Journal of Korean Oriental Medicine. Vol.29, n.5. 118-125, 2008
  • KARSCH-VOLK, M et al.. Echinacea for preventing and treating the common cold. Cochrane Library: Cochrane Reviews. Vol.20, n.2. 2014
  • SHAH, S. A. et al. Evaluation of echinacea for the prevention and treatment of the common cold: a meta-analysis. The Lancet Infectious Diseases. Vol.7, n.7. 2007
  • KEITH, I; BLOCK, MD; MEAD, N.. Immune System Effects of Echinacea, Ginseng, and Astragalus: A Review. Integrative cancer therapies. Vol.2, n.3. 247-267, 2003
  • HYUNG-RAN, Kim et al. Immune enhancing effects of Echinacea purpurea root extract by reducing regulatory T cell number and function. Natural Product Communications. Vol.9, n.4. 2014
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • 3 receitas gostosas para Aumentar a Imunidade naturalmente

    04:17 | 240787 visualizações
  • COMO FORTALECER O SISTEMA IMUNOLÓGICO

    04:24 | 201149 visualizações