Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

8 benefícios do uso de Astrágalo (Astragalus) para a saúde

Atualizado em Setembro 2019

O Astrágalo é uma planta medicinal que é muito utilizada para fortalecer o sistema imune, devido à presença de saponinas, que são substâncias ativas que fortalecem o organismo, além de diminuírem o risco de surgimento de várias doenças, como resfriados, problemas cardiovasculares e, até câncer. Além disso, esta planta pode ainda ser usada para melhorar a sensação de falta de energia, reduzir o cansaço e combater o estresse e o colesterol alto.

A parte do astrágalo utilizada para obter estes efeitos é sua raiz, que pode ser vendida seca para a preparação de chás ou sob a forma de tintura, cápsulas ou cremes, por exemplo.

O astrágalo pode ser comprado em lojas de produtos naturais e em alguns supermercados, sendo que seu preço varia de acordo com a forma de apresentação. No entanto, as cápsulas de 300 mg, que são as mais utilizadas, têm um valor médio de 60 reais, para uma caixa com 60 unidades.

Raíz seca de astrágalos
Raíz seca de astrágalos

Principais benefícios

O uso de astrágalo pode ter vários benefícios comprovados para a saúde, como:

  1. Fortalecer o sistema imune: contém substâncias capazes de controlar células do sistema imune a funcionarem com maior eficácia;
  2. Diminuir inflamações, como artrite e doenças cardíacas: devido à composição em saponinas e polissacarídeos, esta planta reduz a inflamação e até ajuda na cicatrização de vários tipos de lesões;
  3. Prevenir contra doenças cardiovasculares, como pressão alta ou infarto: por ser muito rico em antioxidantes, o astrágalo evita o acúmulo de placas de gordura nas artérias;
  4. Reduzir o risco de câncer: devido à sua ação antioxidante e ao facto de estimular o sistema imune;
  5. Controlar o açúcar no sangue: diminui a resistência à insulina, permitindo que o açúcar seja utilizado pelo corpo sem acumular no sangue;
  6. Diminuir o colesterol alto: com sua ação antioxidante evita o acúmulo de colesterol no corpo;
  7. Tratar gripes e resfriados: quando combinado com ginseng ou equinácea, tem potente ação antiviral que é capaz de eliminar os vírus responsáveis por estas doenças;
  8. Aliviar os efeitos colaterais da quimioterapia: tem sido usado para aliviar efeitos como náuseas, vômitos e diarreia.

Além disso, esta planta é ainda utilizada na medicina chinesa para tratar outros problemas como herpes, HIV, eczemas e até para eliminar o acúmulo de líquidos. No entanto, estes efeitos não estão comprovados cientificamente.

Como usar

Para obter os benefícios do astrágalo, a dose recomendada é de 500 mg, dividida em duas tomas diárias de 250 mg e, por isso, a forma mais confiável é utilizar as cápsulas. Porém, deve ser adaptada a cada pessoa e problema a tratar e, por isso, é importante consultar um médico ou um especialista em medicina tradicional chinesa, por exemplo.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos secundários desta planta medicinal são muito raros, especialmente quando utilizada dentro das dosagens recomendadas, no entanto, em alguns casos, pode surgir dor no estômago, diarreia ou sangramentos mais fáceis.

Quem não deve usar

O astrágalo é contra-indicado em pessoas com hipersensibilidade a esta planta medicinal. Além disso, deve ser usado apenas com indicação médica em pessoas com doenças autoimunes, como esclerose múltipla ou artrite reumatoide, e deve ser evitado em deve ser evitado por mulheres grávidas ou a amamentar. Veja outras plantas medicinais que devem ser evitadas na gravidez e quais podem ser usadas.

O uso desta planta pode ainda alterar o efeito de alguns remédios como a ciclofosfamida, o lítio e medicamentos imunossupressores.


Bibliografia

  • CHAVES, António J. Leal. Viva Melhor com as Plantas Medicinais. 7. Lisboa, Portugal: Edições UNE, 2008. 84.
  • WANG, Jia et. al.. Extraction, Structure, and Pharmacological Activities of Astragalus Polysaccharides. Appl. Sci. 122. 9; 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem