Periodontite: o que é, sintomas, causas e tratamento

junho 2022
  1. Sintomas
  2. Diagnóstico
  3. Causas
  4. Tratamento

A periodontite é uma inflamação e infecção crônica na gengiva, causada pelo acúmulo de placa ou tártaro entre os dentes e a gengiva, e proliferação excessiva de bactérias, que ao longo do tempo, resulta na destruição do tecido que sustenta o dente, podendo afetar um ou mais dentes. 

A periodontite pode ser percebida pelo inchaço na gengiva, que também pode estar vermelha e apresentar sangramento durante a escovação e alimentação. Além disso, quando observa-se que os dentes estão ficando tortos ou separados aos poucos, pode ser sinal de que os tecidos de sustentação dos dentes estão enfraquecidos.

É importante consultar o dentista sempre que surgirem os sintomas de periodontite para que seja feito o diagnóstico e indicado o tratamento mais adequado, que pode ser feito com remoção da placa bacteriana e tártaro, uso de antibióticos ou cirurgia.

Sintomas de periodontite

Os principais sintomas de periodontite são:

  • Mau hálito;
  • Gengivas muito vermelhas;
  • Gengivas inchadas;
  • Sangramento da gengiva após escovar os dentes ou comer;
  • Gengiva vermelha e inchada;
  • Dentes tortos;
  • Amolecimento dos dentes;
  • Aumento da sensibilidade dentária;
  • Perda dos dentes;
  • Aumento do espaço entre os dentes;
  • Acordar com sangue no travesseiro.

A periodontite pode ser localizada, afetando somente um ou outro dente, ou generalizada, quando afeta todos os dentes ao mesmo tempo. A mudança na aparência dos dentes é o que mais chama a atenção da pessoa, ou de pessoa próximas.

A maioria das pessoas sofre com um episódio de inflamação na gengiva pelo menos 1 vez na vida, sendo particularmente comum nas mulheres durante a gravidez, devido às alterações hormonais, mas nem todos terão a periodontite, que apesar de ter como sintoma a gengivite, é uma doença mais grave, que pode necessitar até mesmo de uma raspagem profunda da gengiva e cirurgia dentária.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da periodontite pode ser feito pelo dentista ao observar os dentes e a gengiva da pessoa, e avaliação do histórico de saúde, para identificar hábitos de vida ou uso de remédios que podem estar levando ao surgimento dos sintomas.

Além disso, para confirmar a periodontite, o dentista deve solicitar um exame de imagem, como raio X panorâmico, de forma a avaliar a perda óssea na região afetada. Saiba como é feito o raio X panorâmico

Possíveis causas

A principal causa da periodontite é a formação de placas bacterianas e tártaro nos dentes e entre os dentes e a gengiva, provocando inflamação crônica na gengiva, e desenvolvimento de bolsas contendo bactérias, placas e tártaro, entre as gengivas e o dentes, podendo levar a infecções profundas e perda de tecido ósseo.

Alguns fatores podem aumentar o risco de desenvolvimento da periodontite, como:

  • Má higiene oral;
  • Hábito de fumar ou mascar tabaco;
  • Alterações hormonais na gravidez ou menopausa;
  • Uso de cigarro eletrônico ou VAPE;
  • Deficiência de vitamina C;
  • Diabetes tipo 2;
  • Obesidade;
  • Artrite reumatóide;
  • Doença de Crohn;
  • Uso de anticoncepcionais orais;
  • Uso de remédios que reduzem a produção de saliva, como anti-histamínicos, antidepressivos ou anti-hipertensivos.

Além disso, fatores genéticos ou doenças que afetam o sistema imunológico, como infecção pelo HIV ou leucemia, também podem aumentar o risco de desenvolvimento da periodontite.

Tratamento da periodontite

O tratamento para acabar com a periodontite envolve raspagem da raiz do dente, em consultório e sob anestesia, para remoção da placa de tártaro e bactérias que estão destruindo a estrutura óssea que suporta o dente. O uso de antibiótico pode fazer parte do tratamento em alguns casos.

A manutenção no dentista periodicamente diminui a evolução dessa inflamação e ajuda a controlar a doença, diminuindo a perda óssea e evitando a queda de dentes. Além disso, não fumar, escovar os dentes diariamente e passar o fio dental são formas de controlar e curar a periodontite. Conheça as opções de tratamento da periodontite.

Teste seus conhecimentos

Para combater os sintomas da periodontite e prevenir o seu desenvolvimento é importante manter uma boa saúde bucal. Por isso, faça nosso teste online para avaliar seus conhecimentos:

Saúde bucal: você sabe cuidar dos seus dentes?

Começar o teste
Imagem ilustrativa do questionário
Imagem ilustrativa da questão
É importante consultar o dentista:
  • Cada 2 anos.
  • Cada 6 meses.
  • Cada 3 meses.
  • Quando tiver dor ou algum outro sintoma.
Imagem ilustrativa da questão
O fio dental deve ser usado todos os dias porque:
  • Evita o aparecimento de cáries entre os dentes.
  • Previne o desenvolvimento de mau hálito.
  • Evita a inflamação das gengivas.
  • Todas as anteriores.
Imagem ilustrativa da questão
Durante quanto tempo preciso escovar os dentes para garantir uma limpeza adequada?
  • 30 segundos.
  • 5 minutos.
  • Mínimo de 2 minutos.
  • Mínimo de 1 minuto.
Imagem ilustrativa da questão
O mau hálito pode ser causado por:
  • Presença de cáries.
  • Sangramento das gengivas.
  • Problemas gastrointestinais como azia ou refluxo.
  • Todas as anteriores.
Imagem ilustrativa da questão
Com que frequência é aconselhável trocar a escova de dente?
  • 1 vez por ano.
  • A cada 6 meses.
  • A cada 3 meses.
  • Apenas quando as cerdas estiverem estragadas ou com sujeira.
Imagem ilustrativa da questão
O que pode provocar problemas nos dentes e gengivas?
  • O acúmulo de placa bacteriana.
  • Ter uma dieta rica em açúcar.
  • Ter má higiene bucal.
  • Todas as anteriores.
Imagem ilustrativa da questão
A inflamação das gengivas geralmente é causada por:
  • Produção excessiva de saliva.
  • Acúmulo de placa bacteriana.
  • Acúmulo de tártaro nos dentes.
  • As opções B e C estão corretas.
Imagem ilustrativa da questão
Além dos dentes, outra parte muito importante e que nunca se deve esquecer de escovar é:
  • Língua.
  • Bochechas.
  • Céu da boca.
  • Lábio.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em junho de 2022. Revisão clínica por Cassiano Scapini - Dentista, em abril de 2019.

Bibliografia

  • RAFFAELLI, Marcelo P. Etiologia da Doença Periodontal: Revisão de Literatura. Tese de Mestrado, 2016. Universidade Fernando Pessoa - Faculdade de Ciências da Saúde.
  • ARAUJO, Ana Márcia M. S. Doença Periodontal: um fator de risco para gestantes. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização, 2011. Universidade Federal de Minas Gerais.
Revisão clínica:
Cassiano Scapini
Dentista
Cassiano Scapini, é dentista licenciado em odontologia pela universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1988, inscrito na Ordem do Médicos Dentistas

Tuasaude no Youtube

  • Como tratar gengivite e mau hálito

    07:48 | 148827 visualizações
  • Como economizar no dentista

    06:23 | 25712 visualizações
  • Como Aliviar a dor de dente

    06:45 | 286187 visualizações
  • ALIMENTOS QUE PREVINEM CÁRIES

    04:03 | 63021 visualizações
  • 3 DICAS PARA AUMENTAR A SAÚDE DOS DENTES

    02:00 | 28317 visualizações