Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ovolactovegetarianismo: o que é e seus benefícios

O ovolactovegetarianismo é um tipo de dieta vegetariana em que, além dos alimentos vegetais, também é permitido comer apenas ovos e leite e derivados como alimentos de origem animal. Assim, peixes, carnes e seus derivados são excluídos da alimentação como em qualquer outro tipo de vegetarianismo.

Quando inserida numa alimentação saudável, a dieta ovolactovegetariana traz benefícios como ajudar a diminuir o colesterol e prevenir problemas como doenças cardíacas e câncer, mas também pode levar ao aumento de peso e a problemas de saúde quando ocorre consumo excessivo de alimentos ricos em açúcares e cereais refinados, como a farinha de trigo. Veja todas as diferenças e as vantagens e desavantagens de cada tipo de vegetarianismo.

Ovolactovegetarianismo: o que é e seus benefícios

Exemplo de Cardápio

No cardápio da dieta ovolactovegetariana estão permitidos todos os alimentos de origem vegetal, como os cereais, farelos, flocos, grãos, legumes e frutas, e alimentos com ovos, leites e derivados, como mostrado a seguir:

Dia 1

  • Café da manhã: 240 ml de leite com granola + 1 maçã;
  • Lanche da manhã: 1 iogurte + 1 colher de chá de linhaça;
  • Almoço: 1 omelete com queijo e salsinha + 4 col. sopa de arroz + 2 col. sopa de feijão + salada de rúcula, tomate e cenoura temperada com azeite e vinagre + 1 laranja de sobremesa;
  • Lanche da tarde: 1 copo de suco de abacaxi com hortelã + 1 pão integral com requeijão e 1 fatia de queijo.

Dia 2

  • Café da manhã: 1 copo de leite com café + pão integral com queijo, alface e tomate + 1 banana;
  • Lanche da manhã: 1 maçã + 2 castanhas;
  • Almoço/Jantar: Macarronada vegetariana com espaguete integral + queijo em cubos + rúcula + molho pesto + tomate em cubos + cenoura ralada + 2 col. de sopa de grão de bico + 1 col. chá de gergelim + 2 fatias finas de abacaxi de sobremesa;
  • Lanche da tarde: 1 iogurte + 1 col. de chá de chia + 6 biscoitos tipo Maria.

Dia 3

  • Café da manhã: 1 copo de vitamina de abacate + 3 torradas integrais com manteiga
  • Lanche da manhã: 1 copo de suco verde de couve + 4 biscoitos cream cracker;
  • Almoço/Jantar: 2 hambúrgueres de soja + 4 col. sopa de arroz com ervilha + salada de alface, pepino, berinjela e tomate + 8 morangos de sobremesa;
  • Lancha da tarde: 1 copo de café com leite + 2 tapiocas de queijo ou coco + 1 banana.

É importante lembrar que mesmo em uma dieta vegetariana deve-se evitar o consumo excessivo de alimentos industrializados, doces e gorduras, como bolos, frituras e biscoitos recheados.

Além disso, alguns nutrientes como ferro e vitamina B12 podem precisar de suplementação, sendo importante o acompanhamento com um nutricionista para garantir uma boa alimentação com todos os nutrientes diários necessários.

Almôndegas de soja

Ovolactovegetarianismo: o que é e seus benefícios

Ingredientes:

  • 4 colheres de de sopa de farinha de rosca
  • 1/2 colher de sopa de farinha de trigo
  • 1 xícaras de proteína de soja
  • 1/2 litro de água morna
  • Suco de 1/2 limão
  • 1 ovo batido
  • 1/2 cebola ralada
  • Coentro, salsa, sal, pimenta e manjericão a gosto

Modo de preparo:

Hidratar a proteína de soja na água morna com o suco de limão e deixar repousar por 30 minutos. Colocar a mistura em uma peneira e espremer bem até tirar toda água. Em seguida, misturar todos os ingredientes, amassando bem.

Colocar a massa no liquidificador ou no processador para uniformizar os ingredientes, formando as bolinhas no tamanho desejado, com ajuda da farinha de trigo para não grudar nas mãos. Cozinhar as almôndegas no forno ou em molho de tomate por cerca de 40 minutos.

Receita de batata recheada com cogumelos

Ingredientes:

  • 700 gramas de batatas
  • 300 gramas de cogumelos mistos
  • 4 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 dente de alho picado
  • Azeite
  • Salsinha picada
  • Farinha de rosca
  • Sal a gosto
  • 2 ovos

Modo de preparo:

Cozinhar as batatas e depois amassá-las como se fosse fazer um purê, e guardar numa tigela. Fazer um refogado com alho e azeite e depois juntar os cogumelos e deixar cozinhando por alguns instantes, em fogo alto, mexendo de vez em quando até ficarem bem macios. Antes de desligar o fogo, acrescentar bastante salsinha e acertar o sal.

Adicionar o ovo e a farinha de trigo e mexer bem até obter uma massa homogênea. Separar a mistura em pequenas porções e modelar em forma de batata, colocando no centro 1 colherada do refogado de cogumelos. Passar as batatas rapidamente na farinha de rosca e dispor em um refratário untado com óleo. Levar ao forno médio, pré aquecido por cerca de 20 minutos ou até que estejam douradas.

Veja outras receitas que podem ser utilizadas no neste tipo de vegetarianismo:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...