Dor de garganta: o que pode ser (e o que fazer)

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
junho 2022

A dor de garganta é um sintoma muito comum, que pode localizar na faringe, laringe ou nas amígdalas, causada por gripe, resfriado, COVID-19, alergia, ar seco, ou exposição a irritantes, e que pode ser aliviada com medidas simples como beber bastante líquido, fazer repouso ou evitar substâncias irritantes, por exemplo.

Na maior parte dos casos, a dor de garganta pode estar acompanhada de outros sintomas, como dor de cabeça, dor no corpo, mal estar, febre, espirros, nariz entupido ou escorrendo, ou olhos lacrimejando.

É importante consultar o otorrinolaringologista ou o clínico geral, sempre que surgir dor de garganta, especialmente se estiver acompanhada de outros sintomas, para que possa ser identificada sua causa e iniciado o tratamento mais adequado.

As principais causas de dor de garganta são:

1. Gripe e resfriado

A gripe e o resfriado são as causas mais comuns da dor de garganta, isto porque a principal entrada para os vírus é o nariz, que acabam por se acumular e multiplicar na mucosa da garganta, causando dor. Outros sintomas que podem ocorrer são tosse, febre, espirros e dor de cabeça e no corpo.

O que fazer: Para ajudar a aliviar os sintomas, o médico pode recomendar analgésicos e anti-inflamatórios para a dor e febre, anti-histamínicos para a coriza e os espirros e xaropes para acalmar a tosse. Em alguns casos, se surgir uma infecção bacteriana, pode ser necessário tomar antibiótico. Saiba como distinguir gripe de resfriado.

2. Infecção por bactérias

A dor de garganta pode também ser causa por bactérias, sendo a mais comum a infecção por Streptococcus pyogenes, que é uma bactéria naturalmente presente na mucosa da garganta, sem causar doenças. No entanto, devido a alguma situação, pode haver desequilíbrio entre as espécies de microrganismos na região e consequente proliferação desse tipo de bactéria, dando origem a uma infecção. Além disso, IST's como a gonorreia ou clamídia, também podem causar infecção e dor na garganta.

O que fazer: Geralmente, o tratamento consiste na administração de antibióticos, que devem ser prescritos pelo médico, que pode ainda receitar analgésicos para aliviar a dor de garganta.

3. Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico consiste no retorno do conteúdo do estômago para o esôfago e boca, o que pode causar dor e inflamação na garganta, devido à presença de ácido que é secretado no estômago. Saiba mais sobre refluxo gastroesofágico.

O que fazer: Para evitar a dor de garganta causada pelo refluxo do conteúdo gástrico, o médico pode recomendar a administração de remédios inibidores da produção de ácido, antiácidos ou protetores de estômago.

4. Ar seco e ar condicionado

Quando o ar está mais seco, a mucosa do nariz e da garganta tendem a perder umidade, e a garganta tende a ficar mais seca e irritada.

O que fazer: O ideal é evitar o ar condicionado e a exposição a ambientes secos. Além disso, é aconselhado beber muita água e aplicar soluções de hidratação das mucosas, como soro fisiológico no nariz.

5. Alergia

Por vezes, quando ocorre uma reação alérgica, a garganta pode ficar irritada e, além disso, podem ainda surgir sintomas como coriza, olhos lacrimejando ou espirros, por exemplo.

O que fazer: O médico pode recomendar a administração de anti-histamínicos para atenuar os sintomas alérgicos.

6. Fumo do cigarro e poluição do ar

O fumo do cigarro e a poluição do ar causada por incêndios, emissão de veículos automóveis ou atividades industriais, por exemplo, também são responsáveis por causar irritação na garganta.

O que fazer: Deve-se evitar locais fechados com excesso de fumo de cigarro e preferir sair para espaços verdes em que o ar esteja menos poluído.

7. COVID-19

A COVID-19 é uma infecção respiratória em que os primeiros sintomas que podem surgir são dor de garganta, tosse seca, febre ou cansaço excessivo.

Além disso, a COVID-19 pode causar outros sintomas como dor no corpo, dor de cabeça, perda do paladar ou olfato, nariz escorrendo ou entupido, por exemplo. Nos casos mais graves, também podem surgir dificuldade para respirar ou falta de ar. Veja todos os sintomas da COVID-19.

O que fazer: é importante fazer o isolamento, e o teste rápido de COVID, ou o exame de RT-PCR indicado pelo clínico geral, para confirmar a infecção, e se necessário o médico pode receitar o uso de medicamentos que ajudem a aliviar os sintomas. Entenda como é feito o tratamento da COVID-19.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em junho de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em outubro de 2019.

Bibliografia

  • ZOE COVID STUDY. What are the new top 5 COVID symptoms?. 2021. Disponível em: <https://covid.joinzoe.com/post/new-top-5-covid-symptoms>. Acesso em 29 jun 2022
  • KENEALY, T. Sore throat. BMJ Clin Evid. 2014. 1509, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • EL-BOGDADLY, K.; et al. Postoperative sore throat: a systematic review. Anaesthesia. 71. 6; 706-17, 2016
  • BATHALA, S.; ECCLES, R. A review on the mechanism of sore throat in tonsillitis. J Laryngol Otol. 127. 3; 227-32, 2013
  • THE COLLEGE OF FAMILY PHYSICIANS OF CANADA. Sore Throat - Easing the pain of a sore throat. Disponível em: <https://www.cfpc.ca/uploadedFiles/Resources/Resource_Items/Patients/SoreThroat_EN.pdf>. Acesso em 22 out 2019
  • Leonardo, Rita de Sá Morais Rodrigues. Aconselhamento farmacêutico em otorrinolaringologia. Monografia - Licenciatura em Ciências farmacêuticas, 2009. Universidade Fernando Pessoa - Faculdade de Ciências da Saúde.
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • 5 remédios caseiros para acabar com a DOR DE GARGANTA

    23:04 | 235935 visualizações
  • 7 Remédios Caseiros para a DOR DE GARGANTA

    01:37 | 782556 visualizações
  • CURAR A DOR DE GARGANTA com remédios naturais incríveis

    05:41 | 1152835 visualizações