O que tomar para acabar com a Dor no estômago

Para acabar com a dor no estômago, uma das recomendações é tomar medicamentos como omeprazol ou hidróxido de alumínio que vão melhorar o desconforto abdominal. Além disso, beber alguns chás caseiros, como dente-de-leão ou hortelã e manter uma dieta balanceada, evitando alimentos gordurosos e fritos, carnes processadas e refrigerantes, também ajuda a acabar com a dor no estômago.

Outros sintomas, como gases, queimação e sensação de estufamento podem acompanhar a dor no estômago, que tem como principais causas o refluxo, intolerância alimentar, a má digestão, a gastrite ou gastroenterite. A dor no estômago também pode acontecer devido ao uso de alguns remédios, como antibióticos ou anti-inflamatórios ou causada por problemas mais graves, como úlcera ou câncer. Conheça as principais causas da dor de estômago.

Se a dor de estômago persistir ou for acompanhada de outros sintomas, como vômitos recorrentes, perda de peso sem causa aparente, tontura ou desmaio, é importante realizar uma consulta com o gastroenterologista que poderá solicitar exames para investigar  as possíveis causas e indicar o tratamento adequado.

O que tomar para acabar com a Dor no estômago

Remédios caseiros

Alguns remédios caseiros que podem auxiliar no tratamento indicado pelo médico, aliviando a dor, desconforto, a azia e a sensação de estufamento são:

  • Chá de erva doce: A erva doce tem ação analgésica e anti dispéptica, por isso, beber 2 xícaras deste chá por dia ajuda no tratamento da má digestão, gastrite e inchaço abdominal. Veja os benefícios do chá de erva doce e como preparar;
  • Suco de batata crua: Consumir o suco da batata crua ralada, espremida e coada ajuda a neutralizar os ácidos do estômago, evitando a dor no estômago;
  • Chá de cúrcuma: tomar de 2 a 3 xícaras do chá de cúrcuma por dia ajuda a aliviar sintomas de gases, má digestão e estufamento, pois a raiz tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Veja como fazer o chá de cúrcuma;
  • Chá de espinheira-santa: A espinheira santa é uma erva rica em antioxidantes que ajudam a proteger a parede do estômago contra a ação dos ácidos. Beber 3 xícaras por dia de chá auxilia no combate à dor causada pela gastrite ou refluxo. Saiba como preparar o chá de espinheira santa.

Outra opção caseira e natural que pode auxiliar no tratamento da dor no estômago é beber de 2 a 3 xícaras do chá de boldo por dia, pois a planta é rica em antioxidantes e anti-inflamatórios que combatem a dor e melhoram a digestão. Entenda mais e veja como preparar o chá de boldo.

Remédios de farmácia

Se a dor de estômago persistir ou for acompanhada de vômitos, desmaios ou tonturas, é importante consultar um gastroenterologista, que poderá prescrever um ou mais dos medicamentos a seguir, orientando a dosagem e o tempo de tratamento de acordo os sintomas e o problema a ser tratado:

  • Analgésicos: Medicamentos como, aspirina, dipirona ou paracetamol são analgésicos que atuam no sistema nervoso central, indicados para melhorar a dor no estômago;
  • Protetores gástricos: O sucralfato ou sais de bismuto são protetores gástricos que formam uma barreira, impedindo que o ácido do estômago danifique a parede do estômago e do esôfago, prevenindo a dor no estômago;
  • Antiácidos: Alguns antiácidos, hidróxido de magnésio, carbonato de cálcio, bicarbonato de sódio, ou hidróxido de magnésio neutralizam a acidez do estômago, tratando a dor, que é comum em gastrites, refluxo e úlceras;
  • Inibidores da produção de ácidos: O pantoprazol, lansoprazol e omeprazol, são medicamentos que diminuem a produção dos ácidos no estômago, aliviando sintomas como a dor e o desconforto em casos de úlcera, refluxo, ou gastrite. Já a cimetidina e a ranitidina, inibem a produção de ácido, diminuindo a dor no estômago.

Além desses, alguns antibióticos, como claritromicina, amoxicilina e metronidazol combatem as bactérias responsáveis pela inflamação, podendo também ser prescritos para melhorar a dor no estômago causada por problemas como gastrite, úlcera ou infecção intestinal. Conheça outros remédios usados para combater a dor no estômago.

Como curar a dor de estômago

A dor de estômago pode ter diversas causas, que podem estar relacionadas com a alimentação ou alguma doença, mas também pode ser por causas emocionais, como ansiedade ou estresse, por exemplo.

De forma geral, para curar a dor de estômago, recomenda-se:

  • Evitar comer alimentos gordurosos, como frituras, salgadinhos ou sorvetes;
  • Não beber bebidas alcoólicas, como vinho ou cerveja;
  • Evitar beber refrigerantes;
  • Evitar doces, como sorvetes, bolos, balas, chocolates;
  • Não fumar;
  • Priorizar a consumo de alimentos saudáveis, como frutas frescas, cereais integrais, salada, vegetais frescos, leguminosas e carnes magras;
  • Evitar o estresse e a ansiedade;
  • Praticar atividade física regularmente.

Estas mudanças no estilo de vida são fundamentais para diminuir a acidez do estômago, que é um dos responsáveis pela dor no estômago. Saiba o que comer e o que evitar quando se tem dor no estômago.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Formulário de fitoterápicos: farmacopéia brasileira 2ª edição. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/farmacopeia/formulario-fitoterapico/arquivos/2021-fffb2-final-c-capa2.pdf>. Acesso em 19 Ago 2021
  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE GASTROENTEROLOGIA. Refluxo Gastroesofágico: Diagnóstico e Tratamento. 2003. Disponível em: <https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/refluxo-gastroesofagico-diagnostico-e-tratamento.pdf >. Acesso em 19 Ago 2021
  • GYAWALI, C, Prakash; FASS, Ronnie. Management of Gastroesophageal Reflux Disease. Gastroenterology. Vol.154. 2.ed; 302-318, 2018
  • UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS. Doenças do Esôfago e Estômago. Disponível em: <http://production.latec.ufms.br/new_pmm/u3a1.html>. Acesso em 19 Ago 2021
  • NATESAN, Sreeja et al. Evidence-Based Medicine Approach to Abdominal Pain. Emergency Medicine Clinics of North America . Vol.34. 2.ed; 165-190, 2016
Mais sobre este assunto: