Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

Junho 2020

Para cuidar do recém-nascido em casa, os pais precisam dedicar muito tempo ao bebê, pois ele é muito pequenino e frágil e precisa de muita atenção.

Os pais devem, por isso, ter alguns cuidados básicos para manter o conforto do recém-nascido e garantir que cresce forte e saudável como: alimentar corretamente, mudar a fralda frequentemente e dar banho pelo menos 3 vezes por semana.

A seguir estão explicados os 7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa da melhor forma possível:

1. Como preparar o quarto do bebê

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

O quarto do bebê deve ser simples e estar sempre limpo, para evitar a acumulação de pó e bactérias que são prejudiciais à saúde. Os equipamentos essenciais e recomendados para o quarto são:

  • 1 muda-fraldas para trocar a fralda e vestir e despir o bebê facilmente;
  • 1 cadeira ou cadeirão confortável para a mãe dar de mamar;
  • 1 armário para a roupa do bebê e para a roupa de cama;
  • 1 berço ou cama, que deve ter colchão impermeável e lençóis e cobertores de algodão e as grades com espaçamento menor que 6 cm.

Além disso, o quarto deve ser amplo e arejado, mantendo uma temperatura confortável, o que pode variar entre os 20º C e os 22º C. O chão não deve ter tapetes nem muitos brinquedos, principalmente de pelúcia, pois acumulam maior quantidade de pó, facilitando o aparecimento de alergias.

2. Como vestir o recém nascido adequadamente

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

A roupa do bebê deve ser de algodão, sem fitas, pêlos, elásticos ou botões e, se possível, deve-se vestir 2 peças separadas, como blusa e calças, pois é mais fácil vestir e mudar.

Para evitar a irritação da pele do bebê, deve-se cortar todas as etiquetas e deve-se vestir apenas mais uma peça de roupa que os pais estão vestindo, por exemplo, se os pais estão usando 2 blusas, o bebê deve ter 3. Noinverno a roupa exterior deve ser de lã, pois é mais quente e a roupa de verão deve ser toda de algodão, pois ajuda que a pele respire melhor.

​​Além disso, a roupa do bebê deve ser lavada à parte da roupa dos adultos e a secagem deve ser feita, idealmente, na maquina de secar porque isso a deixa mais suave. Caso se prefira deixar a roupa para secar naturalmente, a roupa do bebê deve secar no interior de casa, para eviar pegar a poluição do exterior. Veja mais algumas dicas sobre como vestir o bebê.

3. Como dar banho no bebê

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

O recém nascido deve tomar banho 3 vezes por semana e sempre que estiver sujo e o banho deve ser feito apenas com água durante os primeiros 15 dias. A partir daí, pode-se utilizar sabão com pH neutro e sem álcool e não é preciso usar champô, lavando o cabelo com o mesmo produto para o corpo.

Para realizar a sua higiene do recém-nascido é preciso:

  • Banheira, balde shantala ou ofuro com no máximo 20 cm de água a 37º;
  • Compressas e soro fisiológico para limpeza dos olhos e nariz;
  • Toalha suave e que não largue pêlo;
  • Tesoura com pontas redondas, caso seja necessário cortar as unhas;
  • Escova ou pente para o cabelo;
  • Muda de roupa, que deve ficar aberta e disposta pela ordem que vai ser vestida;
  • 1 fralda limpa para mudar;
  • Cremes, apenas em alguns casos, para pele seca ou para eritema da fralda, por exemplo.

O banho deve ser rápido, não excedendo os 10 minutos para não alterar a composição da pele do bebê e, pode ser dado a qualquer hora do dia exceto depois de mamar. Veja o passo-a-passo para dar banho ao bebê.

4. Como limpar o umbigo do bebê ou coto umbilical

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

O coto umbilical, que é o resto de cordão umbilical que fica no umbigo do bebê, deve ser desinfetado pelo menos 1 vez ao dia, após o banho. Para fazer a limpeza deve-se seguir o passo-a-passo:

  1. Colocar álcool a 70º numa compressa esterilizada;
  2. Segurar no clipe do coto com uma mão;
  3. Limpar o coto umbilical da região com pele para o clipe, passando a compressa apenas uma vez e jogando no lixo a seguir.

Após cair o cordão umbilical deve-se continuar a limpar com soro fisiológico até ficar totalmente seco e sem ferida e deve-se manter a fralda dobrada abaixo do umbigo, para evitar que a urina ou as fezes consigam chegar no umbigo e causar uma infeção.

5. Como deve ser a alimentação

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

O recém-nascido, normalmente, é alimentado através de leite materno que é o melhor alimento para o desenvolvimento saudável do bebê. No entanto, em alguns casos, o recém-nascido precisar ser alimentado com leite artificial:

Aleitamento materno

O bebê deve mamar sempre que quiser, por isso, não existe uma frequência definida para dar de mamar, porém, é comum o bebê ter fome a cada 2 ou 3 horas, durante o dia e, não deve passar mais de 4 horas sem comer, mesmo durante a noite.

Cada mamada demora em média 20 minutos, sendo no inicio mais rápida e depois mais lenta.

A mãe pode amamentar no peito sentada ou deitada, sendo que o importante é que a mãe se sinta confrotável e que o bebê consiga fazer uma pega adequada da mama. Confira como saber se o bebê está mamando corretamente e como amamentar.

Mamadeira com leite artificial

Quando a mulher não produz leite suficiente ou quando o bebê tem alguma outra necessidade específica, pode ser preciso dar formula artificial além do lete materno. No entanto, o uso do leite artificial só deve ser inciado após indicação do pediatra.

Para dar a mamadeira é preciso preparar o leite e, para isso deve-se:

  1. Ferver água durante 5 minutos;
  2. Deitar a água na mamadeira e deixar arrefecer até à temperatura ambiente;
  3. Deitar o leite em pó, sendo que 1 colher rasa corresponde a 30 ml de água;
  4. Agitar a mamadeira até ficar o liquido homogêneo;
  5. Dar o leite ao recém-nascido em copo ou em mamadeira e, para dar deve apoiar a cabeça e as costas no braço e manter o bebê numa posição semi-sentada e mantendo a tetina preenchida com leite.

No final, deve-se colocar o bebê a eructar, para liberar o excesso de ar que pode estar estômago. Para isso, é preciso colocá-lo na vertical e dar pequenas pancadinhas nas costas.

6. Como entender porque o bebê está chorando

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

Chorar é a principal forma que o bebê tem para alertar os pais de algum desconforto, como fralda suja, fome ou medo e, por isso, saber identificar o tipo de choro é importante para conseguir acalmar o bebê mais rapidamente.

Para perceber o choro deve-se estar atento ao som e aos movimentos do corpo do bebê, que normalmente ajudam a identificar a razão do choro.

Razão do choroDescrição do choro
Dor ou cólicaChoro agudo e curto mas muito alto, ficando alguns segundos sem chorar mas com a face vermelha e as mãos fechadas, que não para mesmo que se pegue no colo. A dor pode ser provocada por cólica, que é mais comum até aos 4 meses, especialmente em bebês que tomam leite artificial.
FomeChora aos soluços e mexe a cabeça para os lados, mantendo a boca aberta.
Medo ou tédioChoraminga mas acalma-se quando se fala para ele ou se pega no colo.
CansaçoÉ um choro tipico do final do dia e o recém-nascido chora, gemendo e franzindo as sobrancelhas e a testa.

Algumas formas que podem ajudar a acalmar o recém-nascido incluem procurar um ambiente calmo, fazer uma massagem, dar de mamar ou enrolá-lo numa mantar. Saiba mais técnicas em: 6 Maneiras de fazer o bebê parar de chorar.

7.  Como manter o recém nascido seguro

7 cuidados essenciais para cuidar do recém-nascido em casa

A melhor forma de manter o recém nascido seguro cosnsite em nunca o deixar sozinho, pois ainda é muito pequeno e frágil. No entatno, outras medidas de segurança importantes incluem:

  • Verificar sempre a temperatura de qualquer objeto ou alimento que entre em contato com o bebê, para evitar queimaduras;
  • Deitar o bebê sempre de barriga para cima, tocando com os pés no fundo da cama e mantendo a roupa da cama presa até à axila do bebê, para evitar asfixia;
  • Transportar o bebê em uma cadeirinha que pertença ao grupo 0+, que é adequada ao peso e tamanho do bebê.
  • Travar o carrinho ou ovo sempre que estiver parado e não o colocar em locais altos, para evitar quedas;
  • No carro, colocar a cadeirinha no banco de trás, preferencialmente no lugar do meio, de costas para o sentido do trânsito e no caso do automóvel ter apenas 2 lugares, a criança pode ser transportada à frente, porém é necessário desativar o sistema de airbag;
  • ​Evitar contactar com animais com pêlo, pois pode provocar alergias respiratórias.

Todos estes cuidados ajudam o recém-nascido a estar seguro e a crescer de um forma mais saudável, evitando o surgimento de complicações e até algumas doenças.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem