Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Durante uma viagem de avião, o corpo pode sofrer alterações que estão relacionadas com a baixa pressão do ar no interior do avião, levando à diminuição da umidade do ambiente e da oxigenação do organismo.

Estes fatores podem provocar sintomas como dor de ouvidos, inchaço nas pernas, alteração do paladar, desidratação, entre outros, que podem ser aliviados seguindo algumas dicas.

1. O corpo fica desidratado

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

A umidade do ar dentro do avião é de menos de metade do valor ideal, o que leva a que a água da pele se evapore mais facilmente, ressecando assim a pele, a mucosa da boca, nariz e garganta e os olhos. Além disso, a baixa umidade pode ainda desencadear crises em pessoas com asma ou bronquite crônica.

Por isso, é recomendado beber bastante água durante o voo e hidratar os lábios e a pele assim que possível.

2. As pernas e os pés incham

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Estar muito tempo sentado durante um voo faz com que o sangue se acumule nas pernas e nos pés, provocando inchaço, podendo aumentar o risco de trombose.

Assim, recomenda-se a estimulação da circulação movendo os pés para cima e para baixo, dar uma caminhada pelo avião ou mesmo vestir umas meias de compressão antes do voo.

3. O corpo é exposto a radiação

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Durante um voo de cerca de 7 horas, o corpo é exposto a uma dose de radiação cósmica muito semelhante à radiação de um raio-X. Já existem aplicativos que conseguem medir a quantidades de radiação a que a pessoa é exposta durante o voo.

4. O paladar fica alterado

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

As condições existentes dentro da cabine do avião como a baixa pressão e o ar seco, provocam alterações no olfato e paladar, diminuindo assim a perceção do doce e do salgado, o que explica o sabor desagradável normalmente relatado em relação à comida de avião.

No entanto, para combater a perda destes sentidos, algumas companhias aéreas já condimentam mais a comida, para tornar as refeições mais saborosas.

5. O ouvido dói

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

A dor no ouvido ao andar de avião surge devido à mudança de pressão que ocorre quando o avião decola ou pousa. 

Para evitar ou reduzir a dor de ouvidos durante o voo pode-se mastigar uma chiclete ou algum alimento, usar um spray nasal para reequilibrar a pressão interna ou bocejar propositadamente de forma a movimentar os ossos e os músculos do rosto, favorecendo a regulação da pressão. Saiba mais dicas para evitar a dor de ouvido no avião.

6. A barriga incha 

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Durante uma viagem de avião, o metabolismo fica mais lento porque a pessoa fica muito tempo sentada, e a mudança de pressão provoca gases que circulam pelo corpo, causando dor e inchaço da barriga.

Para reduzir o desconforto, o ideal é tentar caminhar pelo avião e comer pouco durante o voo ou mesmo fazer uma refeição mais leve na véspera da viagem. Saiba quais os alimentos que causam gases.

7. O oxigénio no sangue diminui

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Quando o avião atinge a altura máxima, faz com que o oxigênio disponível no ar seja menor, fazendo com que o sangue absorva menos oxigênio, podendo causar tonturas, sonolência e prejudicar a agilidade mental.

Em pessoas jovens e saudáveis, esta diminuição não se sente tanto porque o corpo compensa esta redução do oxigênio com o aumento da frequência cardíaca, respiratória, e da quantidade de ar inspirado. No entanto, pessoas com doenças cardíacas ou pulmonares devem consultar o médico antes de fazer uma viagem de avião.

8. O risco de doenças aumenta

O que acontece no corpo durante uma viagem de avião

Por ser um ambiente fechado, pressurizado e receber pessoas de todas as partes do mundo que ficam fechadas no mesmo local por várias horas, existe o risco aumentado de transmissão de doenças, em que o contágio acontece no voo, mas os sintomas só surgem mais tarde.

Para prevenir que haja contágio, deve-se evitar beber água sem ser em embalagem lacrada e lavar bem as mãos com frequência durante o voo e antes de comer.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...