Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

10 mitos e verdades sobre o HPV

O papilomavírus humano, também conhecido por HPV, é um vírus que infecta a pele e as mucosas em homens e mulheres. Existem mais de 120 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 afetam preferencialmente os orgãos genitais, sendo os tipos 16 e 18 de alto risco, responsáveis por 75% das lesões mais graves, como câncer.

Geralmente, o HPV não apresenta sintomas, no entanto, alguns tipos podem provocar diversas doenças como verrugas genitais, câncer do colo do útero, vagina, vulva, ânus e pênis. Além disso, podem também provocar tumores na parte interna da boca e na garganta.

10 mitos e verdades sobre o HPV

1. HPV tem cura

VERDADE. Normalmente, as infecções por HPV são controladas pelo sistema imune e o vírus é normalmente eliminado pelo organismo. No entanto, enquanto o vírus não for eliminado, mesmo na ausência de sintomas, pode haver o risco de contagiar outras pessoas. Veja quando o HPV cura sozinho em quando acontece a remissão espontânea do HPV.

De qualquer forma, é importante que qualquer lesão provocada pelo HPV, seja regularmente avaliada pelo médico, de forma a tratar e prevenir doenças mais graves. Deve-se também fortalecer o sistema imune com suplementos de vitamina C, Zinco e equinácea, por exemplo.

2. O HPV é uma doença sexualmente transmissível

VERDADE. O HPV pode ser transmitido muito facilmente durante qualquer tipo de contacto sexual, genital ou oral, por isso, é muito importante o uso de preservativo. Saiba mais sobre como se pega HPV.

3. O uso de preservativo impede a transmissão do HPV

MITO. O uso de preservativo consegue prevenir cerca de 70% a 80% do contágio pelo HPV, no entanto o seu uso é recomendado uma vez que diminui o risco de contágio e pode também prevenir outras doenças como AIDS, alguns tipos de hepatite e sífilis.

4. O HPV pode pegar através de toalhas, roupas íntimas ou vaso sanitário

VERDADE. Embora muito mais rara do que o contato direto na relação sexual, a contaminação por objetos também pode acontecer, principalmente aqueles que entram em contacto com a pele. Por isso, deve-se evitar partilhar toalhas, roupas íntimas e ter cuidado no uso do vaso sanitário. Veja como usar o banheiro para não pegar doenças.

5. O HPV normalmente não apresenta sintomas

VERDADE. As pessoas podem ser portadoras do vírus e não apresentar qualquer sintoma, assim, a maioria das mulheres descobre que tem este vírus apenas no exame de papanicolau, por isso é muito importante fazer este exame regularmente. Veja em que consiste este exame.

10 mitos e verdades sobre o HPV

6. As verrugas genitais podem desaparecer sem tratamento

VERDADE. As verrugas podem desaparecer naturalmente, sem nenhum tipo de tratamento. No entanto, dependendo do tamanho e localização, existem várias formas de tratar, com aplicar um creme ou uma solução que as remove lentamente, por congelamento, cauterização ou laser, ou mesmo através de cirurgia.

Em alguns casos as verrugas poderão reaparecer mesmo depois do tratamento. Confira como tratar verrugas genitais.

7. A vacina do HPV protege contra todas as doenças causadas pelo vírus

MITO. As vacinas que estão disponíveis apenas protegem contra os tipos mais frequentes de HPV, por isso se a infecção for provocada por outro tipo de vírus, poderá dar origem a uma doença. Assim, é muito importante tomar outras medidas preventivas como o uso de preservativo, e no caso das mulheres, fazer o papanicolau para rastreamento do câncer do colo do útero. Saiba mais sobre a vacina contra o HPV.

10 mitos e verdades sobre o HPV

8. As verrugas genitais aparecem com muita frequência

VERDADE. Uma em cada 10 pessoas, sendo homens ou mulheres, terão verrugas genitais ao longo da vida, podendo aparecer semanas ou meses após o contato sexual com pessoas infectadas. Veja como identificar verrugas genitais.

9. O HPV não provoca doenças no homem

MITO. Assim como nas mulheres, nos homens infectados por HPV também poderão aparecer verrugas genitais. Além disso, o vírus pode ainda provocar câncer no pênis e no ânus. Veja mais sobre como identificar e tratar o HPV no homem.

10. Todas as mulheres infectadas por HPV têm câncer

MITO. Em maior parte dos casos o sistema imune elimina o vírus, no entanto, alguns tipos de HPV podem levar à formação de verrugas genitais ou alterações benignas no colo do útero. Por isso, é muito importante fortalecer o sistema imune, tomando vitamina C, por exemplo. Veja remédios caseiros que reforçam o sistema imune.

Caso estas células anormais não sejam tratadas, podem originar câncer, podendo demorar vários anos a desenvolver-se, por isso a deteção precoce é muito importante. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...