Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para Verrugas Genitais

​O tratamento para verrugas genitais, que são lesões na pele causadas pelo HPV e que podem surgir tanto nos órgãos genitais do homem como da mulher, deve ser orientado por um dermatologista, ginecologista ou urologista.

Dependendo do caso e da gravidade da situação, o tratamento pode ser feito com uso de cremes, pomadas como Imiquimod ou Podofilox, por exemplo, ou através de cirurgia.

Para tratar eficazmente as verrugas genitais, também conhecidas por condiloma acuminado, deve-se aplicar na área infectada o remédio indicado pelo médico durante algumas semanas. Porém, a cura pode demorar de alguns meses ou até anos.

Tratamento para Verrugas Genitais

Tratamento para verrugas genitais femininas

O tratamento para verrugas genitais femininas deve ser orientado por um dermatologista ou ginecologista e, normalmente, é feito com pomadas para verrugas, como Imiquimod, Podofilina, Podofilox ou ácido tricloroacético, por exemplo, que devem ser aplicados na região afetada. Conheça outros remédios para HPV.

Deve-se aplicar uma pequena quantidade do remédio no local das verrugas que estão visíveis, evitando tocar com o medicamento na pele que está saudável, devido ao risco de irritar os tecidos saudáveis. Para que o tratamento seja mais eficaz, a mulher deve:

  • Evitar fazer a depilação na zona genital, especialmente usando lâmina para não ferir a pele;
  • Evitar usar calça justa, pois o calor pode levar à propagação das verrugas;
  • Evitar ir na piscina e em saunas, assim como evitar objetos molhados como cadeiras de praia, pois a umidade e o calor ajudam a aumentar as verrugas.

Além disso, durante o tratamento, a pessoa pode trabalhar, ir à escola ou fazer exercício sem restrições. É importante que o tratamento seja realizado conforme orientação do médico e que seja continuado mesmo que não existam mais sintomas para que a cura do HPV seja possível. Entenda quando o HPV tem cura.

Verrugas genitais masculinas

O tratamento para verrugas genitais masculinas deve ser orientado por um dermatologista ou urologista e, normalmente, é feito com a aplicação de pomadas para verrugas, como Podofilina, no pênis, no ânus ou na região próxima como virilhas ou testículos, de acordo com o local afetado.

Além disso, quando as verrugas são identificadas num indivíduo, o parceiro sexual deve também ser examinado e tratado e, a melhor maneira de evitar a contaminação é com o uso do preservativo no contacto íntimo. Veja como é feito o tratamento para HPV no homem.

Tratamento para Verrugas Genitais

Tratamento caseiro

O tratamento caseiro para verrugas genitais deve ser usado como complemento ao tratamento indicado pelo médico e consiste no consumo diário de alimentos que fortaleçam o sistema imunológico, favorecendo o combate ao vírus responsável pela doença. Dentre os alimentos recomendados estão os alimentos ricos em vitamina C, betacaroteno e ácido fólico, como tomate, rabanete, laranja, manga, abóbora ou chá de equinácea, por exemplo.

Outra opção de tratamento caseiro para verrugas genitais são os banhos de assento, pois também estimulam o sistema imune a agir contra o agente causador das verrugas, devendo ser feito com água e vinagre. Confira outras opções de remédio caseiro para verruga genital.

Sinais de melhora e piora

Os sinais de melhora das verrugas genitais geralmente surgem quando a pessoa cumpre o tratamento, o que faz com que as verrugas comecem a diminuir de tamanho e a ficar planas, acabando por cair.

No entanto, quando a pessoa não cumpre o tratamento recomendado pelo médico, é possível notar sintomas de piora, como aumento do número e tamanho das verrugas na região genital. Nesse caso, é necessário retornar ao médico para mudar o tratamento.

Complicações das verrugas genitais

As complicações das verrugas genitais surgem quando o tratamento indicado pelo médico não é cumprido e as principais complicações incluem o aumento do tamanho das verrugas e da extensão, além do elevado risco de contágio dos parceiros. Além disso, em alguns casos, pode evoluir para câncer, sendo preciso um tratamento mais especifico.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem