Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como se pega o HPV e qual o melhor tratamento

O contato íntimo desprotegido é a forma mais comum de se "pegar HPV", mas esta não é a única forma de transmissão da doença. Outras formas de transmissão do HPV são:

  • Contato pele a pele com o indivíduo infectado com o vírus HPV, bastando que uma área ferida seja friccionada na área infectada do outro;
  • Transmissão vertical: Contaminação de bebês que nascem de parto normal, entrando em contato com a área infectada da mãe.
  • Uso de roupa íntima ou toalhas, mas isso só seria possível se a pessoa vestisse a roupa íntima da pessoa contaminada logo depois que ela a tenha tirado. Esta teoria ainda não é muito aceita entre a comunidade médica, pois carece de comprovação científica mas parece ser uma possibilidade.

Embora o uso do preservativo diminua muito as chances de contaminação com o HPV, se a área contaminada não estiver devidamente coberta pelo preservativo há risco de transmissão.

Ainda não se sabe todas as formas de transmissão do vírus HPV mas acredita-se que quando não há verrugas visíveis, mesmo que microscopicamente, não possa haver transmissão.

Como se pega o HPV e qual o melhor tratamento

O que fazer para não pegar HPV 

Para se proteger do vírus HPV, evitando a contaminação é recomendado:

  • Tomar a vacina do HPV;
  • Usar camisinha em todo contato íntimo, mesmo que a pessoa não tenha verrugas visíveis;
  • Não compartilhar roupa íntima que não tenha sido lavada;
  • Cada pessoa deve ter a sua própria toalha de banho;
  • Optar pela cesária, se as feridas puderem ser vistas à olho nu no final da gestação. 

Assista ao vídeo a seguir e entenda de forma simples Tudo sobre o HPV:

HPV - o que é e como se trata

580 mil visualizações

Como tratar o HPV para curar mais rápido

O tratamento para HPV é lento, mas é a única forma de eliminar as verrugas e evitar a transmissão da doença.  O tratamento é feito com o uso de medicamentos que devem ser aplicados pelo médico e em casa pelo próprio paciente, de acordo com as orientações médicas, por um período de aproximadamente 1 ano ou mais.

É comum que os sintomas da doença desapareçam antes deste período, sendo muito importante manter o tratamento também nesta fase e usar o preservativo para evitar contaminar outros. Somente o médico, após realizar alguns exames, poderá indicar quando o tratamento deve ser cessado, pelo risco de recidiva da doença.

Veja também se o HPV realmente pode ser eliminado em: HPV tem cura?

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem