Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Marasmo: o que é, sinais e sintomas e como é feito o tratamento

O marasmo é um dos tipos de desnutrição energético-proteica caracterizada pela grande perda de peso e perda muscular e de gordura generalizada, o que pode influenciar negativamento o crescimento.

Esse tipo de desnutrição é caracterizada pela deficiência primária de carboidratos e gordura, o que obriga o organismo a consumir proteínas para gerar energia, o que leva à perda de e peso e de músculos, caracterizando, assim, o quadro de desnutrição geral. Veja quais são os perigos da desnutrição.

A desnutrição energética-proteica é comum em crianças entre 6 e 24 meses de idade que vivem em países subdesenvolvidos em que há escassez de alimentos. Além do fator socioeconômico, o marasmo pode ser influenciado pelo desmame precoce, ingestão inadequada de alimentos e condições precárias de saúde.

Marasmo: o que é, sinais e sintomas e como é feito o tratamento

Sinais e sintomas do marasmo

As crianças com marasmo apresentam sinais e sintomas característicos dese tipo de desnutrição, como:

  • Ausência de gordura subcutânea;
  • Perda muscular generalizada, permitindo a visualização dos ossos, por exemplo;
  • Quadril estreito em relação ao tórax;
  • Alteração do crescimento;
  • Peso muito abaixo do recomendado para a idade;
  • Fraqueza;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Fome constante;
  • Diarreia e vômito;
  • Aumento na concentração de cortisol, o que deixa a criança mal-humorada.

O diagnóstico do marasmo é feito através da avaliação dos sinais e sintomas clínicos, além disso, podem ser solicitados exames laboratoriais e outros que permitem a confirmação do diagnóstico, como IMC, medição do perímetro da cabeça e do braço e verificação das dobras cutâneas.

Qual a diferença de marasmo e Kwashiorkor?

Assim como o marasmo, o kwashiorkor é um tipo de desnutrição energético-proteica, no entanto é caracterizado pela deficiência extrema de proteínas que leva a sintomas como edema, pele seca, perda de cabelos, retardo no crescimento, inchaço abdominal e hepatomegalia, ou seja, aumento do fígado.

Como é feito o tratamento

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tratamento da desnutrição, incluindo o marasmo, é feito em etapas com o objetivo de aumentar gradualmente a quantidade de calorias ingeridas para evitar alterações intestinais, por exemplo:

  1. Estabilização, em que é a alimentação é introduzida gradualmente com o objetivo de reverter as alterações metabólicas;
  2. Reabilitação, em que a criança já se encontra mais estável e, por isso, a alimentação é intensificada para que haja recuperação do peso e estimulação do crescimento;
  3. Acompanhamento, na qual a criança é acompanhada periodicamente com o objetivo de prevenir recaída e garantir a continuidade do tratamento.

Além disso, é importante orientar o parente ou responsável pela criança sobre como é feito o tratamento e como deve ser a alimentação da criança, além de indicar os sinais de uma possível recaída, por exemplo. Saiba mais sobre a desnutrição e como é feito o tratamento.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar