Cistoscopia: o que é, para que serve e como é feita

Revisão clínica: Rodolfo Favaretto
Urologista
janeiro 2022

A cistoscopia, ou uretrocistoscopia, é um procedimento médico realizado para identificar qualquer alteração na uretra e bexiga. Esse exame é simples e rápido, podendo ser feito no consultório médico sob anestesia local.

A cistoscopia pode ser recomendada pelo urologista ou ginecologista com o objetivo de investigar a causa de sangue na urina, de incontinência urinária ou de infecções, por exemplo, além de verificar a presença de qualquer alteração na bexiga. Caso seja observada qualquer irregularidade na bexiga ou na uretra, o médico pode realizar uma biópsia para concluir o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Para que serve

A cistoscopia é feita principalmente para investigar sintomas e identificar alterações na bexiga, podendo ser solicitado pelo médico para:

  • Diagnosticar tumores na bexiga ou na uretra;
  • Identificar infecção na uretra ou na bexiga;
  • Verificar a presença de corpos estranhos;
  • Avaliar o tamanho da próstata, no caso dos homens;
  • Identificar cálculos vesicais;
  • Ajudar na identificação da causa do desconforto ao urinar;
  • Investigar a causa de sangue na urina;
  • Verificar a causa de incontinência urinária.

Durante o exame, caso seja verificada qualquer alteração na bexiga ou na uretra, o médico pode coletar parte do tecido e encaminhar para a biópsia para que seja feito o diagnóstico e iniciar o tratamento caso haja necessidade. Entenda o que é e como é feita a biópsia.

Preparo para o exame

Para fazer o exame não é necessário qualquer tipo de preparo, podendo a pessoa beber e comer normalmente, quando o procedimento for realizado com anestesia local. Porém, antes da realização do exame é importante que a pessoa esvazie completamente a bexiga, sendo normalmente coletada a urina para análise com o objetivo de identificar infecções, por exemplo. Veja como é feito o exame de urina.

Quando o paciente opta pela realização de anestesia/ sedação, é necessária a presença de um anestesista no local do procedimento e a realização de jejum de pelo menos 8 horas. Também é recomendável que se suspenda o uso de medicamentos anticoagulantes que possa estar fazendo uso.

Como é feita a cistoscopia

A cistoscopia é um exame rápido, durando em média 15 a 20 minutos, e pode ser feito no consultório médico sob anestesia local. O aparelho utilizado na cistoscopia recebe o nome de cistoscópio e corresponde a um aparelho fino que possui uma microcâmera na sua extremidade e pode ser flexível ou rígido.

O tipo de cistoscópio utilizado varia de acordo com o objetivo do procedimento:

  • Cistoscópio flexível: é utilizado quando a cistoscopia é feita apenas para visualização da bexiga e da uretra, já que permite uma melhor visualização das estruturas urinárias devido a sua flexibilidade;
  • Cistoscópio rígido: é utilizado quando é necessária a coleta do material para a biópsia ou para injetar medicamentos na bexiga.

Para fazer o exame, o médico limpa a região e aplica um gel anestésico para que o paciente não sinta desconforto durante o exame. Quando a região já não se encontra sensível, o médico insere o cistoscópio e observa a uretra e a bexiga por meio da visualização das imagens captadas pela microcâmera presente da extremidade do aparelho.

Durante o exame o médico pode injetar soro fisiológico com o objetivo de dilatar a bexiga para visualizá-la melhor ou um medicamento que é absorvido pelas células cancerígenas, tornando-as fluorescentes, quando há suspeita de câncer de bexiga, por exemplo.

Após o exame a pessoa pode retornar às suas atividades normalmente, no entanto é comum que após o efeito da anestesia a região possa ficar um pouco dolorida, além de poder observar a presença de sangue na urina e ardor ao urinar, por exemplo. Esses sintomas geralmente passam após 48 horas, no entanto caso sejam persistentes, é importante relatar ao médico para que se possam tomar as medidas necessárias.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em janeiro de 2022. Revisão clínica por Rodolfo Favaretto - Urologista, em janeiro de 2022.
Revisão clínica:
Rodolfo Favaretto
Urologista
Médico formado pela Universidade de Ribeirão Preto com CRM-SP 133358 e especialista em Urologia desde 2016 pela Sociedade Brasileira de Urologia.