Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hepatite Autoimune

A hepatite autoimune é uma doença rara, na qual o sistema imune ataca as células do próprio fígado fazendo com que fique inflamado, provocando sintomas como dor abdominal, pele amarelada ou fortes náuseas, por exemplo.

Por ser uma doença provocada pelo sistema imune, não se pega hepatite autoimune e também é raro que a doença seja transmitida de pais para filhos.

Geralmente, a hepatite autoimune surgem antes dos 30 anos e é mais frequente em mulheres, podendo ser dividida em dois tipos:

  • Hepatite autoimune tipo 1: mais comum entre os 16 e os 30 anos, sendo caracterizada pelo surgimento de anticorpos FAN e AML no exame de sangue;
  • Hepatite autoimune tipo 2: surge, normalmente, em crianças com idade entre os 2 e os 14 anos e o anticorpo característico é o Anti-LKM1.

A hepatite autoimune tem cura através do transplante de fígado, no entanto a cirurgia apenas é utilizada nos casos mais graves, uma vez que a doença pode ser controlada com o uso de remédios corticoesteroides ou imunossupressores.

Tratamento para hepatite autoimune

O tratamento para hepatite autoimune pode ser feito em casa e é iniciado com a ingestão de remédios corticoesteroides receitados pelo hepatologista, como a Prednisona, ou imunossupressores, como a Azatioprina, que reduzem a inflamação aguda do fígado mantendo-a controlada ao longo dos anos.

Além disso, é recomendado que os pacientes com hepatite autoimune façam uma alimentação variada e equilibrada, evitando beber álcool ou ingerir alimentos muito gordurosos, como embutidos e salgadinhos. Saiba mais sobre a dieta para hepatite autoimune.

Nos casos mais graves, em que não é possível controlar a inflamação com o uso de remédios, pode ser utilizada cirurgia para transplante hepático, que consiste em substituir o fígado doente por outro saudável.

A hepatite autoimune na gravidez é menos grave porque a inflamação tem tendência para diminuir, por isso, muitas grávidas podem interromper o tratamento durante a gestação para evitar malformações no bebê, retomando o tratamento nas 2 semanas antes do parto.

Sintomas da hepatite autoimune

Os sintomas iniciais da hepatite autoimune são cansaço excessivo, perda de apetite e dores musculares, no entanto, outros sintomas incluem:

  • Dor abdominal constante;
  • Enjoos e vômitos;
  • Pele e olhos amarelados;
  • Coceira leve pelo corpo;
  • Dor nas articulações;
  • Barriga inchada;

Nem todos os pacientes apresentam sintomas de hepatite autoimune, sendo frequente que a doença seja descoberta durante um exame de sangue de rotina.

Confira outros tipos de hepatite e como tratá-los:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...