10 sintomas de hepatite (e como se pega)

Atualizado em julho 2023

A hepatite é, na maioria dos casos, silenciosa, ou seja, não há sintomas. Porém, à medida que acontece a inflamação do fígado, podem ser notados alguns sintomas, como pele e olhos amarelados, urina escura, febre baixa constante, perda de apetite, enjoos, cansaço frequente e barriga inchada, por exemplo.

Na presença de sinais e sintomas possivelmente indicativos de hepatite, é importante que o clínico geral, hepatologista ou infectologista seja consultado, pois assim é possível que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento mais adequado, que normalmente envolve o repouso, dieta leve e uso de medicamentos antivirais, em alguns casos.

A hepatite é a inflamação do fígado causada principalmente por vírus que podem ser transmitidos por meio da relação sexual desprotegida, compartilhamento de seringas e agulhas ou consumo de água ou alimentos contaminados com o vírus. Além disso, a inflamação do fígado também pode ser consequência do uso excessivo ou sem recomendação de medicamentos, consumo de bebidas alcoólicas ou ser consequência de doenças autoimunes. Conheça mais sobre a hepatite.

Imagem ilustrativa número 2

Principais sintomas

Os principais sintomas de hepatite são:

  1. Pele e olhos amarelados;
  2. Fezes amareladas, cinzentas e esbranquiçadas;
  3. Urina escura;
  4. Dor na região superior da barriga;
  5. Febre baixa constante;
  6. Perda de apetite;
  7. Enjoos ou tonturas frequentes;
  8. Cansaço frequente;
  9. Barriga inchada.
  10. Dor nas articulações.

Os sintomas de hepatite costumam surgir entre 15 a 45 dias após o contato com o vírus da hepatite, no caso das hepatites virais, ou à medida que há a inflamação do fígado, no caso da hepatite provocada pelo uso de medicamentos, álcool ou doenças autoimunes.

É importante consultar um médico quando surgem mais do que um destes sintomas, especialmente se tiver pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras, inchaço na barriga e dor abdominal superior direita. Nestes casos, o médico pode solicitar a realização de exames de sangue, ultrassonografia ou tomografia computadorizada com o objetivo de avaliar o funcionamento do fígado e verificar se há sinais de alteração. Conheça mais sobre os exames que avaliam o fígado.

Marque uma consulta com o médico mais próximo para que seja feita uma avaliação dos sintomas apresentados e iniciado o tratamento mais adequado, caso haja necessidade:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Gastroenterologistas Hepatológicos e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Teste de sintomas

Para saber o risco de estar com hepatite, selecione na calculadora a seguir os sintomas que apresenta:

  1. 1. Dor na região superior direita da barriga
  2. 2. Cor amarelada nos olhos ou na pele
  3. 3. Fezes amareladas, cinzentas ou esbranquiçadas
  4. 4. Urina escura
  5. 5. Febre baixa constante
  6. 6. Dor nas articulações
  7. 7. Perda de apetite
  8. 8. Enjoos ou tonturas frequentes
  9. 9. Cansaço fácil e sem razão aparente
  10. 10. Barriga inchada

O teste de sintomas é apenas uma ferramenta de orientação, não servindo como diagnóstico e nem substituir a consulta com o hepatologista, infectologista ou clínico geral.

Como se pega hepatite

A hepatite pode ser transmitida de diversas formas e as principais formas de contágio incluem:

  • Contato com sangue contaminado;
  • Contato com fezes com o vírus;
  • Relação sexual desprotegida;
  • Consumo de água e alimentos contaminados;
  • Uso de materiais não esterilizados para fazer tatuagens, piercings ou para fazer a unha por exemplo.

Além disso, a hepatite pode também ser consequência do abuso de álcool, drogas ilícitas e medicamentos ou ser consequência de doenças autoimunes. Assim, o tratamento pode variar de acordo com a causa da hepatite, gravidade dos sintomas e forma de contágio, podendo ser indicado pelo médico que a pessoa fique em repouso, beba bastante água e tenha uma alimentação equilibrada e com pouca gordura. Veja mais detalhes do tratamento para cada tipo de hepatite.

Assista ao vídeo seguinte, em que a nutricionista Tatiana Zanin conversa com o Dr. Drauzio Varella sobre como prevenir e tratar a hepatite A, B e C:

youtube image - HEPATITE A, B e C: Principais sintomas e tratamento | com Drauzio Varella