O que você precisa saber?

Como Evitar a Barba Inflamada

A foliculite da barba ou pseudofoliculite é um problema surge na maioria dos casos depois de cortar a barba, tratando-se de uma pequena inflamação dos folículos do pêlo. Esta inflamação surge geralmente no rosto ou pescoço e provoca alguns sintomas desagradáveis como vermelhidão, coceira e pequenas bolinhas vermelhas no rosto, que podem infeccionar e causar abcessos com pus. 

Na maioria dos casos a foliculite da barba acaba por desaparecer com o tempo e com alguns cuidados básicos, que incluem lavar regularmente a região afetada com água fria ou passar um creme calmante próprio para barbear, por exemplo. Porém, em alguns casos podem surgir bolhas com pus, sendo nestes casos necessário realizar um tratamento indicado por um dermatologista. 

Como Evitar a Barba Inflamada

Como saber se é Foliculite da Barba

A Foliculite da barba surge geralmente após fazer a barba e em regiões como pescoço ou rosto e provoca sintomas como: 

  • Vermelhidão na região da barba;
  • Coceira intensa sensibilidade na pele; 
  • Pequenas 'bolinhas' no rosto, vermelhas e inflamadas, parecidas com acne.

Além disso, nos casos mais graves podem surgir também pequenas bolinhas vermelhas infectadas e com pus, que provocam dor e incômodo.

A foliculite da barba é geralmente causada por pêlos encravados e por isso surge geralmente após fazer a barba, porém ela também pode ser causada pela presença de Staphyloccos Aureus ou outras bactérias ou fungos na pele.

Como é feito o tratamento

Na maioria dos casos a foliculite da barba acaba por curar com o passar dos dias, porém quando os sintomas permanecem durante vários dias ou quando as bolinhas vermelhas infeccionam e provocam dor é necessário procurar um dermatologista. 

Como Evitar a Barba Inflamada

O tratamento indicado pelo médico depende da intensidade dos sintomas e pode incluir a utilização de sabonete anti-séptico ou de pomadas de corticoides ou antibióticas. Geralmente é indicado lavar o rosto com o sabonete 2 vezes por dia, passando em seguida a pomada indicada pelo médico. 

Além disso, a depilação a laser também pode ser uma boa opção de tratamento para quem sofre com foliculite da barba regularmente, uma vez que o laser usado na depilação emite um comprimento de onda que danifica o pelo, diminuindo assim o surgimento de inflamações e pêlos encravados. 

Como prevenir o seu aparecimento

Para prevenir o surgimento de  foliculite da barba existem algumas dicas que podem fazer toda a diferença, como: 

  • Fazer a barba apenas 1 vez por semana;
  • Usar uma lâmina nova cada vez que fizer a barba;
  • Cortar sempre a barba no sentido do crescimento dos pelos.
  • Evitar passar a lâmina no mesmo local 2 vezes;
  • Passar um creme hidratante após fazer a barba;
  • Em caso de inflamação, evitar estourar a bolha que se forma, não sendo indicado tentar arrancar o pelo.

Além disso, a esfoliação também pode ajudar a prevenir o surgimento de pêlos encravados, veja como fazer em Remédio caseiro para pelos encravados.

A pseudofoliculite também pode surgir em mulheres, especialmente em regiões com pêlos mais fortes e grossos onde foi feita a depilação com gilete, como virilha e axilas. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...