Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Foliculite na virilha: o que é, sintomas, causas e tratamento

abril 2022

A foliculite na virilha é a inflamação no folículo piloso, que é é a estrutura na pele onde fica a raiz dos pêlos, dificultando o pêlo sair na superfície da pele, e levando ao surgimento de sintomas, como bolinhas vermelhas que podem conter pus, coceira ou sensação de queimação.

A foliculite na virilha, também conhecida como pêlo encravado, é uma situação relativamente comum, e geralmente é causada pelo atrito da pele ao usar roupas apertadas ou após raspar os pêlos com lâmina ou depilar com cera, mas também pode acontecer devido a uma infecção por bactérias ou fungos.

Geralmente, a foliculite na virilha pode ser tratada em casa fazendo a higienização da região com sabonete anti-séptico, mas também pode ser necessário o uso de cremes ou pomadas específicas, que devem ser recomendados pelo dermatologista. Confira os principais tratamentos para foliculite.

Imagem ilustrativa número 1

Sintomas de foliculite na virilha

Os principais sintomas da foliculite na virilha são:

  • Bolinhas vermelhas na pele;
  • Pequenas bolhas com pus, semelhante a espinhas;
  • Coceira;
  • Sensação de queimação;
  • Sensibilidade ou dor na região.

A foliculite na virilha pode surgir em um ou mais folículos pilosos, e ainda causar inchaço ou desconforto na região e aparecimento de manchas na virilha, em alguns casos.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da foliculite na virilha é feito pelo clínico geral ou dermatologista, através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde e exame físico da virilha.

Em alguns casos, para identificar a causa da foliculite na virilha, como infecção por fungos ou bactérias, o médico pode coletar uma amostra da bolinha na pele para ser analisada em laboratório.

Possíveis causas

A foliculite na virilha é causada por uma inflamação no folículo piloso que fica localizado na base da raiz do pêlo, e está na maioria dos casos associado à infecção pela bactéria Staphylococcus aureus, que pode ser encontrada naturalmente nas mucosas e na pele, ou ainda pode ser causada por uma infecção por fungos.

Alguns fatores podem contribuir para o desenvolvimento da foliculite na virilha, como:

  • Uso de roupas apertadas, que causam atrito com a pele;
  • Uso de roupas que causam abafamento da pele e aumento do suor na virilha;
  • Fazer depilação com cera ou lâminas;
  • Frequentar de forma regular ambientes com água, como piscinas ou banheiras de hidromassagem.

Além disso, a foliculite na virilha pode se desenvolver mais frequentemente em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido ou que tenham outras condições de saúde, como diabetes, infecções ou danos na pele, por exemplo.

Tratamento para foliculite na virilha

O tratamento da foliculite na virilha pode ser feito em casa com medidas simples, como aplicar uma compressa morna na região cerca de 3 vezes por dia, e lavar bem a região com água morna e sabonete anti-séptico durante o banho, pois favorece a dilatação dos poros da pele, e a limpeza da região.

Quando os sintomas de foliculite na virilha não melhoram após 1 a 2 semanas, com as medidas caseiras, é recomendado consultar o dermatologista que pode indicar o uso de pomadas, loções ou gel com antibióticos, como neomicina, gentamicina ou mupirocina, que ajudam a combater as bactérias e aliviar os sintomas.

Além disso, no caso de manchas na virilha causadas pela foliculite, o médico pode recomendar o uso de pomadas para clarear a pele, como hidroquinona, ácido kójico ou Vitamina C, por exemplo. Veja outras formas de clarear manchas na virilha.

Como prevenir a foliculite na virilha

Algumas medidas podem ajudar a prevenir o desenvolvimento da foliculite na virilha, como:

  • Evitar o uso de roupas apertadas;
  • Manter a virilha sempre seca;
  • Tomar banho com sabonete neutro logo após estar na piscina, banheira, spa ou outros locais públicos;
  • Lavar a virilha com sabonete neutro e água antes e após depilar com cera ou lâmina;
  • Raspar os pêlos da virilha na direção em que os pêlos crescem;
  • Fazer esfoliação na virilha, uma vez por semana, para ajudar a remover células mortas da pele;
  • Não compartilhar toalha ou roupas com outras pessoas.

Além disso, em alguns casos, como forma de prevenir o surgimento da foliculite na virilha, o médico pode recomendar a depilação a laser. Confira os benefícios e como funciona a depilação a laser.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em abril de 2022.

Bibliografia

  • CHILLER, K.; et al. Skin microflora and bacterial infections of the skin. J Investig Dermatol Symp Proc. 6. 3; 170-4, 2001
  • LOPEZ, F. A.; et al. Skin and soft tissue infections. Infect Dis Clin North Am. 20. 4; 759-72, 2006
Mostrar bibliografia completa
  • LUELMO-AGUILAR, J.; et al. Folliculitis: recognition and management. Am J Clin Dermatol. 5. 5; 301-10, 2004
  • WINTERS, R. D.; MITCHELL, M. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Folliculitis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK547754/>. Acesso em 27 abr 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Segredos para uma pele bonita e saudável | Tatiana Zanin

    07:21 | 60201 visualizações
  • Como ter uma PELE PERFEITA | com @depoisdosquinze

    14:28 | 68072 visualizações
  • Melhores Tratamentos para Manchas na Pele

    05:36 | 420840 visualizações
  • ACNE: O que comer para acabar com as espinhas

    02:41 | 671883 visualizações
  • 5 ALIMENTOS para ter uma PELE FIRME e HIDRATADA

    03:23 | 493106 visualizações