Tratamento para pelo encravado: remédios e opções caseiras

O tratamento para pelo encravado tem como objetivo remover as células mortas e outras impurezas da pele, que vão facilitar o crescimento e a saída dos pelos e evitar a foliculite, uma inflamação que pode acontecer no folículo piloso, que é a estrutura na pele onde ficam os pelos.

Algumas opções para tratar o pelo encravado é lavar a pele com água morna diariamente e fazer esfoliações caseiras na pele 1 vez por semana com açúcar ou bicarbonato de sódio. Essas medidas vão ajudar os pelos a crescerem e saírem com mais facilidade. Veja uma receita natural para tratar pelos encravados.

Se o pelo encravado inflamar, o dermatologista pode prescrever o uso de remédios como cremes ou pomadas à base de antibiótico, retinoides ou anti-inflamatório e ainda antibióticos para ingestão oral.

Tratamento para pelo encravado: remédios e opções caseiras

Algumas opções de tratamento para pelo encravado são:

1. Lavar a pele com água morna

Lavar diariamente a pele com água morna e um sabonete neutro durante o banho, favorece a dilatação dos poros da pele, favorecendo a remoção do pelo encravado. Após o banho, pode-se usar uma agulha esterilizada para levantar os pelos encravados com cuidado.

2. Usar pomada, creme ou gel

Quando existe a inflamação do pelo encravado, o dermatologista pode prescrever o uso de pomada, loção ou gel com antibióticos, como neomicina, gentamicina ou mupirocina, que vão combater as bactérias e melhorar possíveis sintomas, como coceira e dor no local.

Além disso, o médico pode sugerir também o uso de retinoides, como a tretinoína, que vão fazer uma esfoliação na pele, ajudando a remoção do pelo e clareamento de manchas causadas pelos encravados. Normalmente, é indicado aplicar a pomada, gel ou creme 2 vezes por dia, por 5 a 7 dias, após os banhos. 

3. Esfoliar a pele 

Esfoliar a pele fazendo movimentos circulares ajuda a romper a camada mais superficial da pele, facilitando a saída do pelo. A esfoliação pode ser feita com uma mistura de óleo de amêndoas e açúcar, por exemplo. Conheça outros esfoliantes caseiros para tratar pelos encravados.

A esfoliação da pele é recomendada 1 vez por semana e só deve ser feita quando o pelo encravado não estiver com foliculite, porque pode piorar a inflamação.

4. Usar hidratante corporal

Usar hidratante corporal, como óleo de jojoba, coco ou de amêndoas nas regiões afetadas, evitam o ressecamento e amolecem o folículo piloso, facilitando a saída do pelo encravado. É importante passar o hidratante todos os dias, após o banho.

5. Fazer depilação a laser 

A depilação a laser ou a fotodepilação são opções muito interessantes para tratar pelos encravados. Este procedimento destrói o folículo piloso, impedindo os pelos de crescer e encravar, sendo uma ótima opção para quem sofre com este problema. 

A depilação a laser deve ser indicada por um dermatologista, que vai avaliar o melhor método para cada tipo de pele.

6. Tomar remédio

Em casos de infecções mais graves, o dermatologista pode prescrever o uso de antibióticos orais, como eritromicina ou cefalexina de 3 a 4 vezes ao dia, por até 10 dias, que vão ajudar no controle da infecção, diminuindo o vermelhidão e a formação de pus no folículo piloso, além de aliviar alguns sintomas, como dor e coceira na região do pelo encravado.

 Possíveis complicações

Normalmente, o surgimento de um pelo encravado não é uma situação grave, sendo simples de resolver em casa. No entanto, em alguns casos, podem surgir alguns sinais que podem indicar necessário realizar uma consulta com um dermatologista, como:

  • Aumento da dor e do inchaço da região do pelo encravado, o que pode indicar acúmulo de pus;
  • Febre, quando a temperatura corporal estiver acima de 38ºC, pois normalmente é um dos sinais de infecção;
  • Ter pelos encravados constantemente.

Nestes casos, é importante ir a um centro de saúde ou marcar uma consulta com um dermatologista para que seja indicado o melhor tratamento.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MAYO CLINIC. Ingrown hair. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/ingrown-hair/diagnosis-treatment/drc-20373898>. Acesso em 05 Ago 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Foliculite. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/foliculite/7/#tratamento>. Acesso em 05 Ago 2021
  • BRITISH ASSOCIATION OF DERMATOLOGISTS. Pseudofolliculitis. . Acesso em 05 Ago 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA SÃO PAULO. Foliculite: especialista explica a inflamação do pelo encravado. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/foliculite-especialista-explica-inflamacao-do-pelo-encravado/>. Acesso em 05 Ago 2021
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Dermatologia na Atenção Básica de Saúde. 2002. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guiafinal9.pdf>. Acesso em 05 Ago 2021
Mais sobre este assunto: